Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Fiz um bate papo com alguns rapazes de faixa etária entre 18 a 31 anos apenas para fazer aquele “tira-teima” naquela pulguinha que sempre fica atrás da nossa orelha. Para primeiros encontros, eles escolheram desde opções mais divertidas até um lugar que fosse mais tranquilo e calmo para conversar. Lugares que variam de shoppings, cinema, praia e até mesmo um barzinho ou um restaurante. Mas, acontece que muitas garotas acabam ficando nervosas no primeiro encontro, às vezes sobre não saber bem ao certo como agir, o que falar. “O que vestir? Cabelo solto ou preso?” São coisas que já vêm atormentando às vésperas do encontro, o que não facilita nada na hora de aliviar a TPE: Tensão Pré-Encontro. Então, aqui vai algumas dicas (vindas diretamente deles) para vocês, migx.

1. FALAR ALTO

Dependendo do tom em que você elevar a sua voz, chega até ser aceitável. Mas não vale gritar, né? Bom… ao menos não no primeiro encontro e fora de quatro paredes. Você tem todo o direito de estar animada com o encontro e ficar tão animada com todo o clima e conversa que estão tendo que pode se exaltar um pouco além da conta. Então, tome cuidado com isso, ok? Acho que você não quer (assim como ele também não) que todos em volta pense que você é meio biruta das ideias ou meio surda. Aliás, se você for surda de um ouvido é melhor avisar o gato, né? Porque aí ele vai compreender se no meio da conversa você soltar alguns gritos em formas de palavras.

2. SER MELOSA

E nesse tópico entra também o quesito “fofa”. Na verdade, a questão da fofura é mais aceitável para eles. E caso você não saiba, amiga, há levemente uma diferença entre ser fofa e melosa. O que mais varia de uma para a outra são as coisas que uma Fofa diz e as coisas que a Melosa diz. A Fofa vai falar que a noite (ou qualquer outro turno que desejar; vai que seu primeiro encontro é caminhando no Ibirapuera) está sendo bem agradável. A senhorita Melosa vai dizer que ama muito tudo isso e que quer repetir mais e mais vezes só que em um lugar em que eles possam ficar mais juntinhos. Percebe a diferença? A Melosa é um chiclete recém-mastigado no cabelo: gruda e fica foda pra soltar. Na maioria dos casos, só cortando. E convenhamos, amiga, você não quer ser cortada logo no primeiro encontro, não é mesmo?

Outra coisa que a maioria me disse (e olha, isso foi sem eu questionar) é sobre a questão do “eu te amo”. Eles me disseram que fugiriam, e vamos combinar que receber uma notícia dessas assim em um primeiro encontro é meio bombástica, não? Chega mais perto que eu vou te contar uma coisinha que aconteceu comigo uma vez. Eu resolvi sair com um cara e, papo vai, papo vem, ele diz que queria casar comigo. Mas amigo… Eu acabei de te conhecer, rapaz! Você consegue se imaginar em uma situação assim? Eu nunca tinha sequer tinha pensado em algo parecido antes na minha vida, então é claro que eu fiquei sem reação. Provavelmente franzi o cenho, mas eu sou bem gentil então não disse nada que cortasse a alegria do rapaz, só fiquei ouvindo. Mas no fim, é óbvio que eu desconversei e dei um jeito desse assunto não voltar. Ele te pareceu um maluco? Pois é, assim que eles te verão se você disser um eu te amo assim de cara.

3. DESVIAR O OLHAR POR MUITO TEMPO DURANTE A CONVERSA

Vocês estão conversando e ele começa a olhar pra garçonete. Ou para as mesas ao redor. Ou simplesmente ele está contando quantas linhas ele tem na palma da mão. Não importa. Acho que em qualquer uma dessas situações você não iria gostar, não é mesmo? Isso pode ser decifrado como falta de interesse. Então se você for meio avoada e distraída, provavelmente ficará “fora do ar” por um tempo, mas todo cuidado para esse tempo não ser longo demais e acabar demonstrando pro cara mais aquilo que não e real.

Alguns dos rapazes chegaram a denotar isso como “falta de educação e respeito”. Outros, disseram que não se importavam desde que a guria parecesse prestar atenção e responder. Já outros responderam que não se sentiriam muito a vontade se a garota só olhasse pra ele, assim direto. De qualquer modo, todos eles pontuaram de alguma maneira que essa falta de comunicação através do olhar pode gerar um incômodo, e não queremos nada disso, não é mesmo?

MAIS: 4 PERGUNTAS QUE VOCÊ DEVE FAZER ANTES DE DIZER: “EU AMO VOCÊ”
MAIS: 5 COISAS PRA TER EM MENTE ANTES DE SE RELACIONAR SÉRIO

4. CRIAR PLANOS

Quem sabe o dia de amanhã, não é mesmo? Se vocês estão saindo, significa que pode haver um algo aí então não vamos apressar as coisas e correr o risco de estragá-las, ok? Alguns caras me contaram que não gostam disso, que é como se elas já estivessem impondo algumas regras nesse relacionamento que nem ao menos começou. A maioria disse que fazer planos em um primeiro encontro não é muito legal, assim como dizer em namoro. A minoria (um ou dois, talvez) disseram que não ligariam. Que na verdade é até legal você estar com uma pessoa assim, com um foco.

Já eu, querida amiga com minhocas na cabeça, lhe dou a dica de não extrapolar na hora de falar sobre algo que você gostaria que acontecesse entre vocês. Quer fazer planos? Diga que quer vê-lo mais uma vez, pra ir em algum lugar com música ao vivo, quem sabe. Que aliás, esse foi um dos programas sugeridos por eles. Cuidado para você não acabar fazendo planos com ele para o resto de suas vidas, falar dos filhos que vocês terão e mencionar o quanto você torce para seu bebê puxar o cabelo dele. Pare, amiga! Você vai assustar o bofe desse jeito.

5. FALAR DO EX

Isso aqui é um assunto complicado. No início da conversa, juro que estava me surpreendendo com as respostas e até pensei que as mulheres eram os únicos seres paranoicos da Terra e que geralmente não querem saber das ex do cara. E então, houve uma reviravolta aqui. Muitos rapazes mencionaram essa questão sem eu ao menos pontuá-la e realmente não pareciam nada felizes com isso. Ao falar do ex, você dá a impressão de que queria que seu ex estivesse ali e não a sua atual companhia. Pode até dar a entender que ainda existe um sentimento pelo o outro cara. “Ficar falando do ex não dá, né? Melhor voltar pra ele logo.”, foi uma das respostas (mais sutis) que eu recebi.

Alguns disseram que não há problema, que é até melhor saber das coisas no início, como uma espécie de jogada limpa. Então, aqui vai uma dica: só fale do ex caso seja questionada. Se ele mostrar interesse de saber dos seus relacionamentos passados, converse. Mas cuidado para não exagerar e acabar tornando o seu ex o assunto da noite. Porque né, se ele ainda se faz tão presente em você, pode significar que ainda tem algo que não acabou.

6. FICAR BÊBADA

Isso foi praticamente unânime, havendo poucas exceções. Disseram que a mulher ficar bêbada no primeiro encontro é terrível. Que é embaraçoso e não muito divertido. Imagine a cena: você bebeu demais e já está falando alto (porque a audição de bêbado é terrível e com isso você já infringe o passo 1). Você provavelmente vai chegar naquele estágio do bêbado amável e vai acabar dizendo que ama o cara e que quer casar com ele (e aí você já aniquila o passo 2 e 4). E aí, amiga… Quando você pensar que você já fez de tudo e nada pior poderia te acontecer nessa noite (porque ou o bêbado é otimista demais ou depressivo demais) você vomita. E, bom… isso não é nada sexy. Ou higiênico. Ou agradável. E eu estou sendo legal porque nessa situação em que eu criei, você conseguiu ser mais rápida do que essa vontade insana de colocar essas cachaças pra fora e não vomitou em cima do rapaz. Alguns disseram que iam rir e ficar bêbado junto, mas lembrando que essa é uma minoria e você não quer arruinar tudo na primeira noite, não vamos arriscar, não é? Se você já sabe que é fraca pra bebidas procure evitar.

Você deve estar sentindo falta de algumas coisas, não é? Como por exemplo, a questão do sexo no primeiro encontro. Acontece que eu não listei como “coisas que você não deve fazer” porque na verdade isso se encaixaria como um bônus. Todos disseram que se acontecesse no primeiro encontro não se importariam: se rolar, rolou. Mas, se não rolasse tudo bem também. Que não se importavam de esperar. Em questão de palavrões, a minoria não gostava muito, mas a maioria disse que tudo bem. Desde que não fossem gritados, né amiga.

Espero que depois dessas dicas você fique um pouco mais relaxada da TPE e procure ser o mais natural possível, mostrar quem você é mas de um modo que não faça o rapaz fugir. Foram dicas vindas diretamente deles e que talvez, possam mudar a sua ideia sobre os primeiros encontros.

MAIS: 6 DICAS DE MAQUIAGEM PARA ARRASAR NAQUELE ENCONTRO ESPECIAL
MAIS: 5 SINAIS DE QUE ELE É O CARA CERTO

Foto: giphy.com

@ load more