Receba nossos e-mails incríveis
Amor Sexo Autoestima Corpo Vida Carreira & Finanças Beleza Estilo Vídeos
Escreva seu texto

Leia temas do seu interesse:

/ / /

7 CONSIDERAÇÕES SOBRE O ABORTO (POR QUE PRECISAMOS FALAR SOBRE ISSO)

Ju Umbelino

Colunista Superela

Mais textos

Há algum tempo tem uma campanha no Facebook que “desafia” as mulheres a postarem suas fotos grávidas, como justificativa para serem contra o aborto. Ora, ora, acontece que mulheres grávidas e que tem filhos podem ser a favor do aborto, o que leva a campanha a perder todo o seu sentido. O aborto é um assunto sério, uma questão de saúde pública que devia ser levada mais a sério, já que é um dos motivos de altas taxas de mortalidade entre as mulheres. Eduardo Cunha soltou a máxima que “aborto só por cima do cadáver” dele, mas se esquece que diariamente passamos por cima dos cadáveres de várias mulheres que fizeram um aborto com complicações. E isso tudo acontece por questões de opiniões, e não pelos direitos das mulheres de realizarem um procedimento seguro.

1. VÁRIAS MULHERES CONTINUAM FAZENDO ABORTOS CLANDESTINOS

Pouco importa a opinião. Seja contra ou a favor da legalização do aborto, esse tipo de procedimento vai continuar acontecendo. É preciso olhar além das nossas próprias questões morais próprias ou impostas (seja pela família, religião, circúlo de convivência) e pensar na quantidade de mulher que morre ao realizar procedimentos sem a mínima higiene e profissionalismo.

2. RICAS ABORTARÃO EM CLÍNICAS, POBRES CONTINUAM CORRENDO RISCO DE MORTE

Além do mais, apesar de várias pessoas acharem lindo gritar “sou a favor da vida e contra o aborto, que é um crime”, é a mesma coisa que ser coerente com uma seletividade maior de quem vai viver ou morrer em decorrência de abortos. Quem tem dinheiro consegue facilmente uma clínica melhor equipada, enquanto quem não tem dinheiro pode recorrer ao desespero de enfiar objetos pontiagudos dentro de si, ingerir bebidas super duvidosas… cadáveres são separados por classe social, nesses casos. E continuamos passando por cima deles.

3. EM 9 ANOS, APROXIMADAMENTE 9 MILHÕES DE MULHERES ABORTARAM NO BRASIL

As estimativas indicam que entre 7,5 milhões e 9,3 milhões de mulheres interromperam a gestação no Brasil entre 2004 e 2013. A situação afeta milhões de mulheres. É difícil não conhecer alguém que tenha passado por isso. Primas, irmãs, mães, tias, filhas… várias mulheres que enfrentam a dor de interromper uma gravidez ainda lidam com o medo por ser um procedimento contra lei. Deveria ser ilegal decidir algo tão importante como levar uma gestação adianta ou não? Deveria ser uma escolha pessoal, já que o corpo não pertence a ninguém além da própria mulher?

MAIS: 7 CONSELHOS PARA SER UMA DIVA QUANDO SUA VONTADE É QUEBRAR TUDO
MAIS: 5 BAGAGENS EMOCIONAIS QUE DEVEMOS DEIXAR PRA LÁ

4. SILENCIAMOS MULHERES QUE SOFRERAM ABORTOS

O fato de existirem campanhas que mostram barrigões e sorrisos como se fossem o auge de vida, ainda desmerece quem fez ou faria um aborto caso fosse necessário. Com esse tipo de campanha, somada a falas do nível de Eduardo Cunha, silenciamos e tratamos como criminosas mulheres comuns, que tiveram seus motivos para tomar a decisão de interromper uma gestação. E assim o aborto continua um assunto tabu, driblado nas campanhas políticas, desprezado como se não matasse, em silêncio, milhares de mulheres todos os anos.

5. CHAMAMOS AS MULHERES DE VÁRIOS NOMES, MAS NÃO PENSAMOS O QUANTO DEVE SER DIFÍCIL PASSAR POR ISSO

É muito fácil dizer que não precisava ter transado, que a camisinha esta aí por isso, etc, etc, etc. Nós todos sabemos disso, assim como sabemos que nenhum método é 100% eficaz e que há muitas situações na vida que se aprende com o erro. Ficamos no nosso canto defendendo a vida, mas esquecemos o quão valiosa é a vida de uma mulher já em formação, como um filho muda toda a estrutura de vida. Antes de xingar, de arrumar motivos para odiar o aborto, seria interessante pensar nas dores, na tristeza e no arrependimento que toda mulher que precisa recorrer a esse procedimento deve passar. Não me parece fácil decidir, passar por isso e seguir adiante. Muito menos ser tratada como uma criminosa por escolher ter um filho.

6. O ARGUMENTO “COLOCA PRA ADOÇÃO” É UTÓPICO

Não é difícil ver nas discussões alguém falar para a mulher ter um pouco de coração, ter o filho e entregar em um orfanato. Primeiro que no Brasil isso não é nada comum, uma mulher engravidar e pouco depois aparecer sem o filho dizendo “ops, coloquei pra adoção, não era a hora de ter um filho”. Segundo, que orfanato não é o lugar mais feliz para se crescer e chega a ser cruel com a criança. Isso não é ser pró-vida, já que não há tantas pessoas assim ajudando efetivamente as criaças nessas instituições, inclusive dando carinho para as mesmas. Além do mais, crianças mais velhas e negras possuem muito mais dificuldades de encontrar um lar, e muitas vezes não encontram mesmo.

7. NÃO VAI VIRAR FESTA SE FOR LEGALIZADO

Muitas pessoas falam que todo mundo vai sair abortando loucamente por aí. Mas eu acho que existe uma diferença entre realizar um aborto e pedir um pão na padaria. “Oi, vim fazer meu aborto do mês!” – não, isso não existe. Caso seja legalizado, será necessária uma implantação de campanha de prevenção bem abrangente. Não adianta falar que a mulher não devia ter feito sexo (devia sim, assim como todo mundo), que devia ter se prevenido melhor… métodos contraceptivos falham e erros acontecem, muitas vezes as pessoas não tem condições de bancá-los emocionalmente e financeiramente.

Depois de tudo isso, fica a pergunta: por que temos a audácia de achar que nossa opinião passa por cima do direito de escolha do outro?

Responda: será errado eu querer uma mãe postiça
Responda: Descrente dos humanos

Ilustração: Carol Rossetti

Ju Umbelino

Colunista Superela

Mais textos

Leia temas do seu interesse:

/ / /

Leia temas do seu interesse:

/ / /

E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Um email por semana só com o melhor conteúdo do Superela
Você vai adorar ❤
Obrigada!

Recebemos seu pedido de cadastro e enviamos a você um email com o link para você confirmar o recebimento dos nossos emails.

Por favor, acesse seu email e click no link de confirmação.


Click aqui para voltar ao site.
Não perca mais nenhuma novidade!
PGlmcmFtZSBzcmM9Imh0dHBzOi8vd3d3LmZhY2Vib29rLmNvbS9wbHVnaW5zL3BhZ2UucGhwP2hyZWY9aHR0cHMlM0ElMkYlMkZ3d3cuZmFjZWJvb2suY29tJTJGU3VwZXJlbGFPZmljaWFsJTJGJnRhYnMmd2lkdGg9NTIwJmhlaWdodD0yMjAmc21hbGxfaGVhZGVyPWZhbHNlJmFkYXB0X2NvbnRhaW5lcl93aWR0aD10cnVlJmhpZGVfY292ZXI9ZmFsc2Umc2hvd19mYWNlcGlsZT10cnVlJmFwcElkPTE3MTExNDI3NjM4MDkzNiIgd2lkdGg9IjUyMCIgaGVpZ2h0PSIyMjAiIHN0eWxlPSJib3JkZXI6bm9uZTtvdmVyZmxvdzpoaWRkZW4iIHNjcm9sbGluZz0ibm8iIGZyYW1lYm9yZGVyPSIwIiBhbGxvd1RyYW5zcGFyZW5jeT0idHJ1ZSI+PC9pZnJhbWU+
Curta o Superela no Facebook ❤
teste
teste