O que você procura?

Vivemos em um mundo “masculino” e machista, isso é inegável. Todos os dias, temos notícias de casos gritantes de violência. Porém, costumamos parar pra refletir apenas quando situações mais expressivas são relatadas pela mídia ou alguma mulher próxima da gente é vítima de agressões. E para desconstruir o machismo, é necessário agir não somente em casos mais graves, mas em toda e qualquer situação que haja diferenciação entre homem e mulher. Uma boa maneira de se combater o machismo é policiando a nossa fala, porque palavras, em maior ou menor grau, podem levar a determinadas ações. E seja você homem, mulher ou papagaio, é preciso pensar no que se diz. Um bom começo pra isso é abolir do seu vocabulário frases como:

1. FULANA É PUTA

O que faz de fulana uma puta? A quantidade de caras com que transou? O número de namorados com os quais se relacionou? O que seria um número exato? Existe diferença entre dar na primeira noite e enfileirar na micareta? Logo, percebe-se que são chamadas de puta mulheres que agem como os homens, mas a recíproca não é verdadeira. Puto é elogio, puto não ofende, não é desmoralizante. Puta é uma forma de tentar diminuir o valor da mulher. Já puto, é uma maneira de enaltecê-lo.

2. MULHER TEM QUE SE DAR AO RESPEITO

Pessoas, independentemente do sexo, merecem respeito. Não é preciso conquistá-lo e, se fosse, isso teria que valer para os dois lados. Mas homem não precisa, afinal subentende-se que o respeito já é dele por direito. Não, mulher não deve seguir cartilha para poder ser respeitada.

RESPONDA: Solteira sim, e daí?
RESPONDA: Ele parece ser O Cara, maaas é ruim de cama. E agora?

3. AS MULHERES CONFUNDIRAM O FEMINISMO, ESTÃO UTILIZANDO O MOVIMENTO PARA QUERER SE IGUALAR AO HOMEM

Isso é, no mínimo, risível. Mais uma prova de que toda e qualquer tentativa de equiparação de homem é mulher alvo de silenciamento e deboche. Não somos e não precisamos ser idênticas aos homens (isso é impossível). O que queremos, e lutamos incessantemente por isso, é liberdade de ser e fazer o que quisermos (sem ser alvo de julgamentos sexistas) e igualdade de direitos.

4. MULHER TEM QUE ESTAR SEMPRE ARRUMADA, BONITA E DEPILADA

O problema dessa afirmação reside no TEM QUE. Porque nós não “temos que” porra nenhuma, ou melhor, nós temos que ser valorizadas e amadas independentemente de uma superprodução, de uma roupa sexy ou do tamanho dos nossos pelos. O feminismo luta pela liberdade de escolha da mulher. Para ela se vestir e se portar da forma que melhor lhe convier, e não como socialmente é cobrada. Queremos o fim dessas imposições, porque afinal o corpo é DELA. Não somos troféus. Não somos bibelôs. Somos exclusivamente nossas. E ponto final.

E você, mulher, qual asneira machista já escutou? Você teve alguma reação ou ficou passada, como costuma acontecer comigo? Conte nos comentários, vamos dialogar, dar as mãos e nos unir, hahaha. Oremos!

MAIS: 5 SITUAÇÕES EM QUE A CULPA NÃO É SUA (UMA PERSPECTIVA FEMINISTA)
MAIS: 5 COISAS QUE NÓS, MULHERES, NÃO PRECISAMOS MAIS TOLERAR

Imagem: giphy.com


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual tema você gostaria de ver aqui?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)