Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Tá doendo muito este peito aí não é colega? Eu sei. A vida não escolhe quem atingir, ela atinge todo mundo, sabe? Já passei por isso também. E quando digo ninguém acredita. Você acredita? Pois é. É que de tanto tapa na cara e ralada no joelho, um dia, colega, a gente aprende. De tanto choro sem limite, sem controle, uma hora a gente deixa secar. Deixa congelar o canto do peito pra que nada possa te abalar novamente. E eu não posso dizer que é a única saída, mas, confesso que dá supercerto.

O choro veio esmagando tudo não foi? Essa é a parte que mais dói. O choro dói, maltrata e desconsola. Você pensou em desistir dos sonhos, de si mesma, da vida. É colega, te entendo. Mas acredita que passa? Passa. Pior que é verdade essa ladainha toda. É que, como disse, uma hora você cansa de prestar contas para o coração e decide parar de se entregar a dor. Decide parar de encontrar os dias ruins, parar de dar de cara com portas fechadas e, só então, decide superar.

É que ninguém escolhe sofrer, sabe? Mas, por incrível que pareça, escolhe, muitas das vezes, continuar sofrendo. A gente quebra as colunas do coração, descobre o quanto dói chorar, sente raiva de si mesma e do mundo inteiro, mas não imagina que isso possa passar. A gente grita com o espelho, briga com a esperança, arruma as malas e vai morar com a cama quente e o travesseiro encharcado de lágrimas amargas, mas não imagina que isso vai acabar. Porque a gente não escolhe sofrer, mas sempre preferimos – sem perceber – continuar sofrendo.

E eu não afirmo ser burrice, porque não é.

RESPONDA: Devo ser feliz e ganhar pouco ou ser infeliz e ganhar mais dinheiro?
RESPONDA: Não tenho prazer em nada q faço

É que quando estamos na fossa, sentir a dor de cada sofrimento dela é muito mais fácil, apesar de doloroso, que sair dela. Porque a gente não pensa que existem possibilidades dos dias ruins passarem, tudo parece ser eterno. Mas, colega, sofrimento nenhum é eterno. Entendeu? Nenhum mesmo. Mas eu sei que são coisas da vida. Só que foi depois de tanto sofrer, de tanto chorar e querer sumir que eu percebi que, continuar sofrendo, só dependia de mim.

Você já sabe aonde eu quero chegar, não é? Isto mesmo. Só depende de você. Eu sei que é difícil, sei que vai demorar, mas sei também que vai chegar. Vai chegar o dia em que você vai sofrer, mas vai se curar na mesma intensidade. Porque a vida dói. Porque viver é imprevisível, uma hora você chora, outra você sorri. Uma hora você quer lutar, outra desistir. Faz parte, não é mesmo? Sofrer também faz.

Agora limpa o rosto aí, e pare de se preocupar com o borrado da maquiagem. Preocupe-se, agora, em limpar a alma transtornada, dá pra ver daqui o quanto de bagunça tem pra você arrumar. Dá pra ver daqui o quanto de sofrimento tem pra você deixar de sofrer. O quanto de lágrima tem pra você deixar secar. O quanto de amor próprio tem pra você começar a usar. E o quanto, colega, de sorrisos tem por aí pra você viver. E existir. E se deliciar.

MAIS: ENTRE SONHOS E COCHILOS
MAIS: SEJA A MULHER QUE VOCÊ QUISER

Imagem: pinterest.com/superelaoficial

@ load more