Receba nossos e-mails incríveis
Amor Sexo Autoestima Corpo Vida Carreira & Finanças Beleza Estilo Vídeos
Escreva seu texto

Leia temas do seu interesse:

/ / / /

30 NÃO É A IDADE DO SUCESSO

Tamara Pinho

Colunista Superela

Mais textos

Quando somos crianças fazemos planos para um futuro, que até então achamos que é algo que está longe, muitas vezes esses planos são induzidos por perguntas que temos que escutar desde novos. Quem nunca ouviu de algum adulto a tal pergunta “ o que você quer ser quando crescer?” Alguns mais engraçadinhos soltam o já batido “ vou ser grande”, mas também escutamos os desejos profissionais, quero ser médico, astronauta, piloto de avião…. Ou planos de vida, quero casar, ter filhos, casa, carro…

O planejamento da vida nos acompanha desde antes do nascimento, quando os nossos pais planejam por nós o que iremos fazer. Então, vamos crescendo e começamos a escolher e a planejar por nós mesmas. Planejamos a profissão, a vida amorosa e as viagens, porém, a maioria desses planos, têm de ser realizados até um determinado período e, em muitos casos, esse período é por volta dos 30. Já ouvi diversas vezes pessoas próximas a mim que diziam que aos 30 anos já seriam velhas e que, por isso, queriam já estar estabilizadas, em todos os sentidos, pois não teria mais muito tempo para planejar metas para o futuro.

Isso me lembra muito o filme “De repente 30”, em que a personagem deseja ter 30 anos, pois segundo uma revista essa é a idade do sucesso. Então, ela acorda com 30 anos e realmente é uma pessoa de sucesso, porém ela percebe que esse sucesso não é algo verdadeiro (e o resto vocês terão que ver o filme para saber).

RESPONDA: Meus pais me sufocam não to preparada pra vida
RESPONDA: Será que tem algo errado comigo?

Hoje vejo o quanto estávamos erradas. Mesmo que ainda me falte alguns anos para que eu chegue aos 30, vejo que essa não é mais aquela idade que todos “temiam” que chegasse. Tenho amigos que com menos que isso já se casaram, separam e casaram de novo, outros que já viajaram mais países do que cidades que eu conheço, outros estão se destacando em seu campo profissional. Assim como conheço pessoas com 30 ou mais que nunca casaram, nunca saíram da casa dos pais e que ainda estão estudando.

Quando planejamos o futuro, muitas vezes, esquecemos do que possa surgir em nosso caminho até a realização de tudo que queremos. Quando planejamos casar e ter filhos, esquecemos dos desamores que encontraremos durante a vida, quando planejamos uma carreira bem sucedida, esquecemos que podemos trocar de curso, fazer um intercâmbio e, até mesmo, desistir da faculdade. É claro que tudo pode ser realizado, porém não devemos apostar todas as fichas em um prazo de validade.

Acreditar que a idade possa ser uma maneira de nos ajudar a realizar as metas estabelecidas é muito bom, mas quando a idade se torna uma barreira para a realização de objetivos temos que avaliar se estamos fazendo a coisa certa. Não adianta ler todos os textos da sessão de autoajuda, não adianta procurar formulas mágicas, porque a verdade é que a idade do sucesso não existe!

O que existe, ou melhor, quem existe é você e só você é responsável pelo seu sucesso ou fracasso. Não importa se você tem 50 ou 23, se você acredita que pode fazer, que pode chegar aos seus objetivos, apenas faça com que isso seja possível, não se apegue a números, se apegue ao tempo e o aproveite da melhor maneira possível.

Receba no seu e-mail textos sobre Vida <3

MAIS: 4 MOTIVOS PARA VOCÊ NÃO QUERER VOLTAR NO TEMPO
MAIS: VOCÊ SE IMPORTA COM OS SEUS SONHOS?

Imagem: pinterest.com/superelaoficial

Tamara Pinho

Colunista Superela

Mais textos

Leia temas do seu interesse:

/ / / /

Leia temas do seu interesse:

/ / / /

E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!