Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Nasci mulher. E como toda mulher, nasci guerreira.

Aprendi que a vida nesse corpinho terreno um dia vai ter fim. Por isso, todas as manhãs quando acordo me pergunto ‘O que realmente importa? Que desejos fazem de mim quem eu sou? Que sonhos são meus e só meus?’.

Nós, mulheres, somos bichos criativos e intuitivos por natureza. Nascemos pra germinar.

Em nossas mãos e sob o nosso olhar cuidadoso, qualquer sonho semente vira árvore frondosa e cheia de frutos coloridos e saborosos. Por isso plantamos.

Somos fecundas. Somos alma, cabeça e coração.

Gostamos de nos envolver, de enlaçar outras vidas, de somar e misturar nossos caminhos com os das pessoas que amamos, como tinta que se mistura na paleta do pintor numa fusão tão perfeita que é difícil identificar cada uma das cores que se abraçaram.

Mas nosso coração bate todos os dias pra nos lembrar quem somos e que o tempo voa que nem passarinho no céu imenso e azul turquesa. Nosso coração rufa como tambor quando nos desviamos de quem somos.

Por isso, não importa se ‘estamos’ filhas, mães ou esposas, ou se temos 13, 25 ou 63 anos. Não importa. O ‘estar’ é passageiro. O ser, sim, é eterno.

MAIS: MULHER PODEROSA NÃO PERDE TEMPO COM JOGUINHOS
MAIS: QUIZ: QUE MULHER PODEROSA VOCÊ É?

Tanto faz se casamos cedo ou se preferimos ficar solteiras. Se parimos muitos filhos ou se adotamos um gatinho. Esses são apenas detalhes – que enobrecem ainda mais nossa condição feminina de poder escolher – mas que não modificam a nossa individualidade.

Ser mulher, ser guerreira, ser livre. Ser vocêzinha, leve e solta.

Podemos ser qualquer coisa que almejamos, pois se almejamos é porque queremos com a alma, sentimos em nossa essência. Autênticas. Fortes e completas em nós mesmas.

Mulheres, esse é o momento de ser!

Ser livre.
Ser feliz.
Ser bonita.
Ser borboleta.
Ser forte.
Ser cheia de vida.
Ser leve.
Ser brilhante.
Ser você.

Nunca é tarde quando se quer de verdade e enquanto se tem a vida pulsando quente nas veias.

Lá na frente, em nosso último suspiro, é muito mais provável que fiquemos desapontadas com as coisas que deixamos de ser e fazer do que com as que realizamos.

Então, vamos nessa, sem deixar nenhum sonho, nenhum plano, nenhuma carreira pra trás!

Vamos abrir as janelas e deixar o sol entrar em nossas vidas. Conhecer pessoas, fazer amigos, desenvolver uma personalidade cativante e amadurecer nossa individualidade. Lutar por nossos sonhos e nos afirmar como mulheres e profissionais de muito valor.

Vamos gritar em alto e bom som, com a boca bem aberta e cheia de dentes a plenos pulmões que não nos arrependemos de nada, nadica de nada do que vivemos e fizemos até agora. Sejam momentos bons, sejam tropeços, percalços ou arranhões. Nossos erros e acertos fizeram de nós a pessoa única e maravilhosa que somos hoje. Inteira, completa.

Vamos arregaçar as mangas e escrever nossa história recheada de grandes experiências, muita superação, cheia de alegrias e de um amor infinito pela vida que escolhemos viver.

Porque o céu é o limite e nós podemos!

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Vida

RESPONDA: Acho que merecia respeito e compreensão!
RESPONDA: Não consigo me apegar!

Imagem: pinterest.com/superelaoficial

@ load more