O que você procura?

É tão estranho que a sociedade fale tanto de amor, grite ele aos quatro ventos fazendo com que esse sentimento pareça ser totalmente banal e superficial. E quanto ao assunto sexo é quase que proibido falar, como se fosse feio falar de sexo. Feio é falar de amor sem conhecê-lo em sua plenitude. Feio é falar de amor sem amar.

Por que toda essa censura? É a coisa mais natural existente (sempre existiu e sempre existirá) todos nós, aqui estamos, graças a ele. E se não fosse a coisa mais gostosa desse mundo, com certeza nossa espécie já estaria extinta há tempos. Você não estaria lendo esse texto e eu não teria escrito o mesmo.

Sexo é tão mais comum que o amor romântico. Transar qualquer um transa. No entanto, amar e ser amado é tão raro, é um privilégio para poucos. Então, por que ainda assim o amor é mais falado e mais escrito do que o sexo? Por que o amor é visto como um assunto clichê e piegas e o sexo como um enorme tabu?

Eu mesma escrevo tanto sobre o amor, afinal é ele que me move, é ele que me motiva a escrever e, principalmente, a viver. Confesso que sem ele, para mim, nada faria sentido. Qual seria o propósito da vida sem o amor? Não haveria propósito algum. No entanto, apesar desse sentimento ser o mais grandioso entre todos existentes, ele é muito pouco perceptível. Ao longo de nossas vidas, temos inúmeras definições do que afinal é o amor, a nossa definição de amor muda junto com a gente, definimos ele de acordo com o momento em que estamos vivendo. Uma criança interpreta e explica o amor de uma maneira, um adulto possui uma interpretação e uma explicação completamente diferente de uma criança. Já o sexo é o que é e ponto final. Ele não necessita de explicações e nem de definições.

MAIS: SE NÃO LHE DER SOSSEGO NÃO É AMOR: É APEGO!
MAIS: POR MAIS PESSOAS QUE CHEGUEM SIMPLES COMO UM TEMPORAL

Acho que deviríamos parar para fazer uma grande reflexão a respeito disso. Então nos daríamos conta de que não existe absolutamente nada de errado em pensar, falar, escrever e gostar de sexo (principalmente nós, mulheres). O grande foco do texto não é falar em diferença de gêneros, porém, é inegável que nós, mulheres, quando admitimos gostar, sim, de sexo tanto quanto os homens ou, então, se transamos sem sentimento envolvido, somos taxadas quase que automaticamente como vadias dentre muitos outros adjetivos ainda piores. Mas deixa esse assunto para um outro texto, pois ele daria pano pra manga.

Sexo é simples. Amor é complexo. Sexo é instinto e instinto todo mundo tem, já nascemos com ele. Já o amor, ah o amor… Levamos a vida inteira para conseguir de fato decifrá-lo. Como tão bem disse Rita Lee: “Sexo é escolha, amor é sorte’”.

Eu escolho tentar quebrar esse imenso tabu que inventaram para o sexo enquanto espero a sorte de talvez um dia viver um amor verdadeiro e recíproco. Afinal, sexo é urgente, já o amor é paciente. E você, vai escolher o que?

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Amor e Sexo

PARTICIPE: Será que ele está afim de mim ou sou apenas amiga?
PARTICIPE: Devo investir ou deixar que ele volte a me procurar?

Imagem: pinterest.com/superelaoficial


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)