Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Estava eu no ponto do ônibus outro dia (sim, muitos textos meus surgem de lá, acreditem!), quando o player do meu celular parou para fazer aquela bendita troca de música que, às vezes, parece uma eternidade. A próxima música começou tão baixa que, sem querer, ouvi sussurros sobre um assunto cabeludo ao meu lado. Duas garotas. Uma conversa dramática. Uma dor desesperadora. Um término de namo… sei lá o quê. E uma frase que me chamou, rusticamente, a atenção: “Mas e se eu não encontrar alguém?”. Tomada por uma baita curiosidade de fatigar o coração, pausei a droga da música que ainda melodiava apenas instrumentos e continuei, disfarçadamente, a tomar sabedoria sobre o determinado assunto.

Aqui, não esclarecerei nada sobre o que rolou e o que deixou de rolar, fiquem na curiosidade. Porém, o meu propósito é debater esta linda e maravilhosa frase. Confesso que, no mesmo instante, senti pena da coitada que estava tão deprimida e ansiosa por encontrar um outro alguém, mas, logo depois, meu cérebro começou a matutar e questionar o sentido – deprimente – que surgiu desta frase. Ora, quem é que precisa encontrar alguém, gente?

Ok. Entendo que você quer, que você sonha com o dia em que, através de um sorriso brilhante, ou uma esbarrada na escada (livro nenhum seu vai cair e um cara radiante vai pegá-lo pra você, tá?), vai te fazer encontrar um motivo a mais pra viver. É isto mesmo que você quer? Porque, se for, minha querida, o seu erro está aí. Vou lançar mão de toda minha indelicadeza e dizer, honestamente e objetivamente, que: VOCÊ NÃO PRECISA ENCONTRAR UM ALGUÉM PARA TE FAZER TER UM MOTIVO A MAIS PRA VIVER. Não! Não mesmo. E pode ser aí que se encontra o seu maior erro, gata.

MAIS: UM AMOR NÃO CURA OUTRO
MAIS: PARA QUEM SÓ VIVIA DE METADES…

“Ah, quanta hipocrisia! Como se você não precisasse de alguém…”. Você vai dizer.

Sim. Eu preciso. Você, a mãe, a avó, a tia, a Crotilde, a Zenfadélis precisa de alguém. Mas veja bem: precisamos, porque queremos precisar. Precisamos porque nos fazemos precisar. Precisamos, porque buscamos isso. Entretanto, esse alguém surge espontâneo e com vontade de caminhar junto com você e não deve se tornar o centro do seu universo. Não deve se tornar um motivo a mais pra você viver. Isto é opção e você não vai gostar nadinha em tê-la.

Chega de léro. Respondo:

Se você, meninona, não encontrar alguém, só vai sentir falta daquilo que não conseguir suprir em si mesma. Porque o alguém que você tanto procura pode estar de frente para um espelho agora te olhando de volta e refletindo toda a ausência que existe aí dentro deste peito. Porque o alguém que você precisa está, neste exato momento, lamentando pelas esquinas por um outro alguém que sequer encontrou ainda e que nem sabe se existe mesmo. Já se perguntou quem você tanto procura? Porque, minha amiga, se o alguém que você procura for você mesma, talvez você passe muito tempo ainda com esta questão em alta.

Não existem pessoas que escolhem demais, existem pessoas que não se completam pelo simples fato de estarem faltando muito dentro de si mesmas. E amor, acredite, é completude própria também.

Sabe quando todo mundo diz a você que é preciso se amar em primeiro lugar e você vira os olhos porque já está cansada de ouvir isso? É verdade mesmo. Eu já disse e digo de novo, quantas vezes forem preciso. Passe a precisar mais de você que não vai precisar de outro alguém como precisa tanto. Passe a suprir o que falta dentro deste buraco que você chama de alma e encontre em outras pessoas as coisas simples que farão você transbordar até. Não queira precisar de um outro alguém pra ter uma razão de viver, porque você precisa é viver por si mesma.

Você precisa acordar pra vida e abastecer sua energia. Encarar seus medos e desencravar seus sonhos. Precisa de amor próprio e não de um amor que te dê razão de vida. A felicidade não tem a ver com encontrar pessoas e sim em encontrar felicidade dentro dos nossos próprios propósitos pra vida, com ou sem alguém. E entenda que estar sozinha não é sinônimo de solidão, mas estar à procura de alguém pra suprir suas faltas é.

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Amor

PARTICIPE: Falta de autoestima.
PARTICIPE: Desabafo… vamos nos amar mais!!!

Imagem: pinterest.com/superelaoficial

@ load more