Receba nossos e-mails incríveis
NOVO App Clube Superela!! ♥
Pergunte e converse anonimamente
Amor Sexo Autoestima Corpo Vida Carreira & Finanças Beleza Estilo Vídeos
Escreva seu texto
Receba nossos e-mails incríveis

Leia temas do seu interesse:

/

[+18] SOBRE A MESA

Flavia Oliveira

Colunista Superela

Mais textos

Você pode ler ao som de:

 

Meu telefone vibrou, seu nome apareceu na tela e instantaneamente eu abri a mensagem que dizia: “Almoça comigo hoje?” Uma das coisas que eu mais adorava no meu namorado eram as surpresas. Mais cedo ele havia dito que seria impossível nos vermos hoje devido a quantidade de reuniões e assuntos a resolver, a agenda estava lotada.

Eu respondi dizendo: “Ok amor, às 13h?” E ele respondeu: “Sim, mas vamos almoçar no meu escritório.” 12h30 eu desci do prédio da empresa que trabalho, peguei meu carro e dirigi até o escritório dele. Peguei o elevador e falei com a secretária, que anunciou a minha chegada e caminhei adentro até a sua sala. Abri a porta e ele estava com a gravata afrouxada, em um terno azul escuro. Fiquei na entrada admirando os contornos e traços alemães que eu adorava e que demonstram bem sua naturalidade gaúcha, ele falava ao telefone de forma ríspida: “O processo é simples e eu quero uma apresentação pronta até amanhã” e desligou.

– Oi minha gata.
– Oi amor.

Nos beijamos, e era o suficiente pra me deixar molhada, o seu perfume, o seu sotaque gaúcho no meu ouvido, dizendo que estava com saudades.

– Já pedi o almoço e acho que vai demorar um pouco e eu tô morrendo de saudades de me perder dentro de você.
– Mas fizemos amor ontem!
– Eu não me canso da minha gostosa.

Ele começou a roçar a barba no meu pescoço apalpar meus seios por cima do meu vestido formal azul piscina, me encostou na quina da mesa, senti seu pau rígido e não me aguentei de tesão.

– Você é louco, estamos na sua sala.
– Sim, sou louco por ti, por essa tua boca gostosa e gulosa, por esse teu corpo delicioso que me leva pra o céu.

PARTICIPE: Surpresa para o boy…
PARTICIPE: Dar no primeiro encontro

Puxou a alça do meu vestido e desnudou um dos meus seios, ele apalpava e me dizia com o olhar: eu quero te comer nessa mesa e você sabe né? Beijou a minha boca, enquanto acariciava o meu mamilo e roçava o seu pau por cima do meu vestido na minha virilha e eu já estava mais que molhada.

Desceu a boca até o meu seio. Sugou, chupou, mordeu e lambeu. Desceu a outra alça do meu vestido e deixou meus seios à amostra, segurou os meus seios com as duas mãos e os lambeu generosamente, enquanto eu gemia sem pensar se alguém escutava ou não os meus gemidos de cadela no cio, doida pra dar.

Ele subiu o meu vestido até a cintura e viu minha calcinha minúscula apertando-me, ele adorava aquela calcinha e seus olhos flamejantes demonstraram a surpresa. Me virou de costas, abriu a calça e colocou aquele pau maravilhoso pra fora. Esfregou toda a sua masculinidade na minha bunda, segurou meu cabelo e mordeu o meu pescoço, ele sabia me deixar vadia, literalmente.

– Bah, eu quero fuder essa tua buceta inteira agora.
– Então me come, me fode.

Apertou a minha bunda forte, apalpava, sua respiração estava pesada. Me deu um tapa forte na bunda, colocou minha calcinha de lado e brincou na entrada da minha xoxota molhada. Ele esfregava o seu pau da entrada da minha buceta até o meu cu.

Deitei sobre a mesa e empinei a minha bunda, eu o queria assim.

– Amor, me come, eu não aguento mais.

De forma obediente ele me penetrou, e num vai e vêm ele me estocava sem nenhum pudor. Batia na minha bunda, enfiava cada vez mais fundo o seu pau em mim, eu gemia e falava: “mais forte amor, continua assim”. Eu sentia meu clímax chegar e a delícia de tê-lo dentro de mim. Como era gostoso aquele pau todo dentro de mim, me fudendo, me fazendo mulher.

– Porra, tu é muito gostosa, amor.
– Me fode, amor, vai, eu quero gozar.

Ele começou a meter com mais força, e senti aquele barulho extremamente safado da minha bunda indo de encontro ao seu pau, eu comecei a rebolar e fiz o meu ritmo na dança. Eu rebolava e gemia, minhas pernas começaram a tremer e tive convulsões de prazer sobre aquela mesa. Segundos depois senti seu gozo quente dentro de mim, e um grito de libertação vindo dele.

Beijou as minhas costas e disse: “Te amo”. Nos recompomos e com cara de paisagem recebemos o almoço. E ele disse depois que terminamos a refeição: “Incrível como a sobremesa antes do almoço me fez bem hoje”.

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Sexo

MAIS: REINVENTE O USO DAS SUAS CANGAS E FIQUE MARAVILHOSA!
MAIS: [+18] INVEJA FELINA

Imagem: pinterest.com/superelaoficial


Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!

Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha

Flavia Oliveira

Colunista Superela

Mais textos

Leia temas do seu interesse:

/

Leia temas do seu interesse:

/

E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada!

Recebemos seu pedido de cadastro e enviamos a você um email com o link para você confirmar o recebimento dos nossos emails.

Por favor, acesse seu email e click no link de confirmação.


Click aqui para voltar ao site.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES conteúdos do Superela.
Você vai adorar ❤
Vamos ser amigas? :)
Warning: Unknown: Failed to write session data (wincache). Please verify that the current setting of session.save_path is correct (D:\local\Temp) in Unknown on line 0