Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

O amor consegue despertar em mim uma paixão arrebatadora e um ódio profundo ao mesmo tempo.

Ele vem em carne e osso, na forma do homem da minha vida.

Esse homem é o meu oposto.

Ele é organizado, eu adoro uma baguncinha. Ele é sério, eu sou alegre. Ele é a razão, eu sou a emoção. Ele é a calmaria, eu sou a ressaca, a tempestade, um turbilhão de sentimentos.

Ele é paciente, eu vivo querendo abraçar o mundo. Ele é tranquilo, eu sou agitada. Ele vive na realidade, com os pés no chão, e eu não sei viver sem sonhar, divagar, imaginar.

Ele é forte, eu sou suave. Ele não chora, eu me acabo como manteiga derretida. Ele é estável e equilibrado, eu sou uma mutante em constante transformação. Ele sabe esperar, eu quero fazer acontecer. Ele é insistente, eu sou maleável.

Às vezes, eu o detesto por ser uma fortaleza, uma muralha, imponente, porém, pacífica. Um poço de sabedoria e harmonia, compreensão e desapego.

E eu sou um inocente riacho, transparente, prateado, povoado de peixes coloridos, sereias, algas e flores, refletindo a luz da lua. Eu transbordo em dias de tempestade, me turvo em leito lamacento, esquento-me sob o sol quente.

PARTICIPE: Vale insistir?
PARTICIPE: Estou namorando e apaixonada por outro

Se meu caminho é muito estreito, aos poucos infiltro-me no terreno, vazando por todos os lados. Quando o lugar é espaçoso, esparramo minhas águas e formo lagos e cachoeiras.

Nada me detém, a não ser a muralha, a barragem que me contém contrapondo minha liberdade com sua certeza, ao mesmo tempo que me abraça e envolve provendo-me com tudo o que me falta e não faz parte de mim.

Algumas vezes quero ser como ele. É nessas horas que mais o detesto. Ele sempre será melhor, simplesmente por ser ele mesmo.

Como ele pode resolver as dificuldades com tamanha sabedoria enquanto eu quase me descabelo? Despede-se de mim todos os dias com tanta facilidade, e eu quase desabo.

E meu amor por ele vive espremido no meio da rotina que nos separa mais do que aproxima, corrói nossas almas, dilacera nossos sonhos, amassa nossos corações.

Mesmo assim, e por tudo isso, sei que ele é importante.

É no seu calor que me aqueço, no seu peito que me deito, no seu amor que encontro as forças, o apoio e o carinho que me alimentam. É nele que me completo, ainda que isso pareça doloroso.

Ele tem o que me falta e na soma de nós dois formamos três, pois separados somos inteiros e unidos transbordamos. Viver com ele é um convite ao crescimento, à expansão. É a oportunidade de olhar a vida com outros olhos e entender que existem tantas formas de amar quanto seres humanos na Terra.

Viver com ele é aprender a fazer laços com fitas diferentes e despregar os olhos de mim mesma para enxergar o que está ao lado. É ampliar meus sentidos, agregar competências, fortalecer fundamentos.

É o amor me estimulando ao movimento. O bem-querer me desafiando a querer mais e melhor. A ternura me provocando o desejo louco de me metamorfosear. Que nem camaleoa.

Ele é o meu lado errado, o meu risco torto. Eu sou o seu problema sem solução. Mas nós dois juntos somos o Universo.

Meu amor borbulhante, cheio de tudo, que se contradiz a cada instante. Imortal, mesmo sendo só chama suave, e infinito em todos os sentimentos e emoções que ele me provoca.

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Amor

MAIS: ELA ENFIM DISSE SIM AO AMOR
MAIS: NÃO VOU SER MAIS UM DOS SEUS CASOS

Imagem: pinterest.com/superelaoficial

@ load more