Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Ela, Emanuela, habitante da Grande São Paulo, trabalha como contadora num escritório na Zona Sul. Constantemente agitada, relógio no pulso, horário de almoço, volta ao trabalho, fim de expediente. Retorna pra casa, próxima parada: Vila Madalena. Emanuela leva trabalho pra casa, vive estressada e há um bom tempo não sabe o que é delirar de prazer com alguém, entre quatro paredes. Teve dois namorados, um aos 17, outro aos 22 anos.

Encontrou com alguns caras que conheceu no Tinder: cinema, happy hour e a famosa pergunta: ”Vamos a algum lugar mais reservado?”. Emanuela disse sim a tal pergunta, nos momentos em que teve vontade, e foi na expectativa de voltar pra casa só no dia seguinte, às 10h, em estado de êxtase. Só que isso, na maioria das vezes, não aconteceu.

Há um ano sem sexo, Manu tenta compensar tal carência praticando lutas, jazz e tecido acrobático. Também adora a companhia de sua melhor amiga, Alessandra. Esta, bissexual assumida, diz preferir se relacionar com mulheres, mas não dispensa, em último caso, um cara bacana. Certo dia, quando as amigas conversaram bastante sobre sexo, numa mesa de bar, Manu confessou que nunca teve um orgasmo com um homem e que ainda lhe resta esperanças de encontrar “O cara”. Alessandra sorriu, balançou a cabeça de um lado pro outro, mordendo os lábios inferiores e disse à amiga: “E se eu te garantir que, hoje à noite, você verá estrelinhas?”. Manu, rindo dessa pergunta, e sem entender as intenções de Alessandra, respondeu: “Amiga, sua louca, onde você vai encontrar “O cara” a essas horas? Não estou vendo nenhum ao meu redor que pareça estar interessado em me conhecer”.

Inocente Manu. Mal sabe ela que…

Então, Alessandra a encarou, e retrucou: ”Eu não preciso ser um homem pra te fazer delirar! Garçom, por favor, a conta”. Emanuela, ruborizada, estremeceu. Desceram as escadas do bar, entraram no carro.

– ”Vamos embora, miga. Ufa, vou chegar em casa, tomar um banho e dormir rapidinho”, disse Manu.

Mas a motorista era Alessandra, ligar o carro naquele momento era decisão dela.

– ”Embora, é?” Alessandra dizia, enquanto deslizava a mão direita, suavemente, pela coxa esquerda da amiga.

Inesperadamente, Manu aproximou-se de Alessandra e falou: ”Me beija, pelo amor de Deus!”.

Olha só, quem dera, Emanuela beijando uma mulher, não uma desconhecida, e sim sua melhor amiga. Noventa e nove por cento hétero, mas aquele um por cento de Manu, Alessandra sempre desconfiava que era ”curioso”.

Após alguns minutos se beijando, Alessandra interrompeu o clima e disse: ”Agora vamos pro meu apê, que hoje você será toda minha”.

PARTICIPE: Sexo com “desconhecido”
PARTICIPE: Medo de ficar mal falada.

Os segundos no elevador cheio de gente, até o nono andar, pareciam eternos. O tesão se fazia presente na calcinha de ambas. Ao entrarem no apê, Alessandra ligou o som, o qual começou a reproduzir o CD acústico MTV, da banda Engenheiros do Hawaii. ”Teus lábios são labirintos que atraem os meus instintos mais sacanas” – Refrão de bolero ao fundo- enquanto isso, Ale imobilizava Manu na parede da sala e a beijava com tanta volúpia, que parecia que seus dias de vida na Terra estavam prestes a acabar. Alessandra descia uma de suas mãos pelos seios de Manu e os apertava, ao mesmo tempo em que lambia a nuca e o lóbulo da orelha esquerda de dela.

-”Geme mais, geme”. Alessandra sussurrava baixinho no ouvido de Manu.

– ”Faz o que quiser de mim,” Manu rendia-se. Alessandra começava a agachar-se, percorrendo sua língua suave e molhada pelo abdômen da amiga. Ao ficar ajoelhada diante desta, Ale retirou a saia de Manu com os próprios dentes e, em seguida, ficou a apreciar e a lamber a boceta da amiga por cima da calcinha branca de renda.

– ”Que delícia, você quer que eu chupe ela todinha, quer, safada?” Então Alessandra arrancou a calcinha de Manu, percorrendo a língua por toda a boceta dela. Clitóris, grandes e pequenos lábios. Ela lambia todo o ”mel” de Menu. Alessandra não parava de chupá-la, metia dois dedos dentro da amiga e os provava de um jeito sexy, agachada, olhando pra Manu, que estava em pé, contorcendo-se na parede. Voltava a chupar, sem parar.

– ”Não para, continua assim”, Manu suplicava, gemia alto e rebolava na boca de Alessandra.

– ”Gostosa! Isso, danada. Pede mais, vai. Rebola mais, que eu quero ver você gozando na minha boca”.

Um… dois… três. Manu vibrou, seus músculos pélvicos dançaram dentro dela. Respiração extremamente ofegante, olhos fechados. Uma corrente elétrica percorreu seu corpo todo durante cerca de trinta segundos. Em seguida, voltou àquela sala.

Manu não sabia o que era ter um orgasmo múltiplo. Gozou deliciosamente na boca de sua melhor amiga. Ainda sem fôlego, ajoelhou e abraçou Alessandra. Esta, feliz por ter satisfeito a amiga – e disposta a dar mais horas de prazer a ela, ainda naquela noite-, sorriu e disse:

-”Acho que você encontrou ”O cara” pelo qual tanto procurava. Isso foi só o começo, minha linda. Que tesão me dá ver você delirar!”

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Sexo

MAIS: [+18] A RUIVA DO METRÔ
MAIS: [+18] O DIA QUE DEIXEI ROLAR

Imagem: pinterest.com/superelaoficial

Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!
Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha

@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual conteúdo você gostaria de ver no Superela?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)