Receba nossos e-mails incríveis
NOVO App Clube Superela!! ♥
Pergunte e converse anonimamente
Amor Sexo Autoestima Corpo Vida Carreira & Finanças Beleza Estilo Vídeos
Escreva seu texto
Receba nossos e-mails incríveis

Leia temas do seu interesse:

/ /

[+18] MÉNAGE À TROIS

Flavia Oliveira

Colunista Superela

Mais textos

LEIA AO SOM DE:

 

A água caia pelo meu corpo, quente e retirando as energias negativas e pesadas do meu dia no trabalho. Eu só queria relaxar, comer um bom prato francês, tomar vinho, quem sabe transar e voltar pra minha a minha solidão gostosa e aconchegante de casa.

Sai do chuveiro, entrei no meu quarto e o reflexo do meu corpo nu no espelho, me fez tocar suavemente meus seios, firmes e com os bicos já duros, acariciei minha barriga, e desci minha mão até o clitóris e me toquei gentilmente, ali em pé no espelho, olhando pra o meu outro eu, safado, sem pudor e louca pra dar. Eu queria sexo, e era isso que iria atrás e agora.

Enquanto colocava um vestido rosa que acentuava meus seios e bumbum, o som de John Newman cantando Love me again me fazia arrepiar e querer dançar loucamente.

Peguei um táxi, pois o vinho que tomei ao chegar em casa já havia subido a minha cabeça e fui jantar, eu queria transar, mas a fome pedia uma boa refeição antes, então fui a um restaurante francês, por sinal o meu favorito, sair sozinha tinha suas vantagens, já que chama a atenção masculina em qualquer lugar que fosse, sentei em uma mesa, fiz meu pedido, olhava o celular quando a minha taça de vinho chegou, e junto com ela o garçom me trouxe um papel escrito: Sozinha? Podemos acompanhar você no seu jantar? Estamos na mesa do canto, caso queira! Será um prazer.

Eu ri e olhei a mesa canto de soslaio, era dois homens atraentes sentados a mesa, um moreno de cabelos pretos brilhantes e olhar de um preto profundo, tipo de homem que faria qualquer mulher se jogar nos seus braços e se entregar, já o rapaz do lado, cabelo castanho claro, olhos azuis que mesmo à distância, mostrava um aspecto jovial e de um homem que conseguia sempre o que queria. Não tinha ideia de quem tinha mandado o bilhete, mesmo assim, sorri e acenei com a cabeça.

Ambos levantaram e vieram até minha mesa, levantei e estendi a mão ao moreno alto e musculoso.

– Oi, prazer, sou Alicia.

– Oi, eu sou Rick e esse é meu amigo Heitor.

– Prazer, Heitor.

– Podemos nos juntar a você? Perguntou Rick.

– Claro, acabei de pedir meu jantar.

Sentamos a mesa, e o garçom trouxe mais taças e um vinho que provavelmente eles estavam bebendo na outra mesa.

– Mas então quem mandou o bilhete?

– Bom, foi os dois, mas eu escrevi, não se deixa uma mulher linda como você sozinha em uma mesa. Heitor respondeu.

Eu ri e assenti

– Não me incomoda vir jantar sozinha, mas e os senhores pelo que aparenta estão comemorando algo.

– Estamos sim, fechamos um grande investimento hoje de um cliente.

Meu prato chegou, junto com aperitivos que eles haviam pedido.

– Ah, vocês são sócios então? A empresa de vocês atua em que ramo?

– Então nós somos advogados, temos uma sociedade. Disse Rick.

– Entendo, e vocês são daqui mesmo?

– Bom moramos em Boston, viemos somente fazer a representação do cliente em um acordo com uma empresa aqui da região.

Continuamos nossa conversa formal, eu estava a escolher com quem flertar, mas ambos flertavam comigo descaradamente e nenhum dos dois intimidou um ao outro. Eu tracei o corpo de ambos milimetricamente e os dois eram deliciosos.

PARTICIPE: Virgindade, como lidar com isso?
PARTICIPE: Meu prazer é muito rápido. Como prolongá-lo?

Heitor depois de muito papo informal e risadas sugeriu que fossemos para o bar do hotel em que estavam hospedados.

Saímos do restaurante e um carro luxuoso parou na porta, Heitor abriu a porta para mim e Rick entrou pela porta oposta. Sentei no banco entre os dois, Heitor tocou meu joelho e Rick começou a acariciar minha mão.

Entramos em uma recepção ampla e bem ambientada, pegamos o elevador e saímos em uma suíte 5 vezes maior que o apartamento que moro, eu olhei confusa, mas entendi milésimos de segundos depois que o bar o qual Heitor mencionou não era no lobby do hotel e sim dentro da suíte, era uma adega, com bons vinhos e uísque.

– Sinta-se à vontade, Alicia, quer me dar sua bolsa? Perguntou Rick.

Rick se aproximou de mim pegou a bolsa da minha mão, colocou em cima do balcão do bar, ficou em pé ao lado do banco em que eu estava sentada, enquanto Heitor preparava uma bebida para nós três, eu estava com sede e ainda não sabia se ficava com Rick ou Heitor.

Pegamos as bebidas e brindamos, com Heitor dizendo: A sua estonteante beleza, Alicia. Em seguida Heitor pediu licença e foi a suíte conjugada a que estávamos.

A sós, Rick me olhava profundamente e eu queria beijá-lo e assim fiz, nos beijamos docemente, ele mordia o meu lábio, transcorria a língua por toda a extensão da minha boca, e me fazia sugar a sua língua. Fiquei de pé, e ele me encostou no balcão, senti sua ereção, roçando em mim, e nós beijamos como se nossas bocas se conhecessem há anos. Ele subiu o meu vestido, até a cintura, e começou a apertar a minha bunda.

– Alicia, você é linda, gostosa! Nossa! Eu quero você, mas não quero fazer nada que você não queira, tudo bem?

Eu respondi com um beijo e tocando seu pau por cima da calça, eu o queria, abri sua calça, e ele tirou o meu vestido, fiquei de lingerie e de saltos enquanto lutava pra tirar sua camisa e arriar suas calças. Ele tirava os sapatos com os pés, me beijava e tocava meus seios por cima do sutiã, de repente senti alguém beijando o meu pescoço, e me roçando a minha bunda com um pau volumoso, eu virei de costas pra Rick e minha boca foi de encontro a de Heitor, que estava com o peito nu, com uma calção de moletom e com o pau duro roçando a minha barriga.

Rick tirou meu sutiã, enquanto Heitor tirou minha última peça de roupa a deixando abaixo dos meus saltos finos. Eu nunca imaginei estar com dois homens me tocando na vida, mas era uma sensação única, gostosa e eu estava me sentindo poderosa em ter os dois homens me desejando. Eu nunca tinha feito um ménage à trois antes.

Heitor ficou ajoelhado a minha frente, separou minhas pernas, olhou nos meus olhos e disse: Você tem uma buceta maravilhosa, Alicia, linda, rosada, é uma rosa entre as suas pernas. E a sua língua me invadiu, enquanto Rick roçava seu pau na minha bunda, e apertava os meus seios. Heitor chicoteava o meu clitóris com a língua e invadiu minha vagina com seus dedos, minhas pernas tremiam, e Rick me segurava para eu não cair.

Eu estava a ponto de explodir, mas Heitor parou suas chicotadas sobre o meu clitóris, ficou de pé, com o pau pra fora se masturbando , beijou minha boca, acariciou meus seios, e me puxou pela mão junto com Rick até a outra suíte. Uma cama enorme ocupava o ambiente.

Sentei-me na cama e cada um ficou a minha frente, o pau de ambos tinha praticamente o mesmo tamanho e formato e minha boca salivava pronta pra chupá-los. Segurei os dois paus cada um em uma mão e comecei a bater uma punheta vigorosa em cada um deles. Comecei chupando Rick, enquanto masturbava Heitor, dois paus deliciosos só pra mim, que delícia. Minutos depois comecei a chupar Heitor e masturbar Rick, eles se deliciavam assim como eu com a brincadeira de trocar a minha mão pela boca, revezando entre os dois.

– Deita, eu quero te foder. Disse Rick.

Eu deitei, abri as pernas e vi Rick abrir um preservativo enquanto Heitor sentou do meu lado e acariciou meu clitóris com os dedos e enfiou um em mim, Rick se posicionou entre as minhas pernas e juntou um dos dedos ao de Heitor e senti os dedos dos dois dentro de mim, entrando e saindo, entrando e saindo, entrando e saindo, Heitor tirou o dedo da minha vagina e comecei a massagear o meu clitóris, foi fatal, eu gozei feito uma louca, feito uma cadela no cio, gemia e me tremia inteira. Quando meu corpo voltava a si, o pau de Rick já havia me invadido. Ele me fodia com força, metia, metia, metia, enfiava seu pau até as bolas, parava dentro de mim, esfregava com as mãos o meu clitóris e voltava a dança, dentro, fora, dentro, fora, enfiava, e enfiava e Heitor abafava meus gemidos me beijando, apalpando meus seios, sua boca revezava entre os meus lábios e seios. Ele chupava o meu seio tão generosamente, tão gostoso, que eu tinha certeza que gozaria, só com ele ali, sugando meus peitos com a boca. Sentia meu orgasmo chegando, e as bombadas de Rick ficarem mais intensas, mais fortes e brutas, ele ia gozar, enquanto minha mão continuava masturbando Heitor, eu gozei novamente e senti Rick pulsando e gozando dentro de mim, e um grito leonino saiu da sua boca.

Rick saiu de mim e sentou ao meu lado da cama e beijou a minha boca.

– Maravilhosa você, linda!

Heitor, colocou uma camisinha e disse: Minha vez, prometo ser rápido, pois meu pau está quase explodindo de tesão.

Seu pau era mais grosso que o de Rick e minha vagina contraiu os músculos em torno do pênis dele, e Rick continuava ofegante com a cabeça no meu pescoço , tocava os meus seios, barriga, púbis, e beijava minha boca. Enquanto Heitor me fodia, ele metia fundo, saia e entrava, saia e entrava, enfiava, enfiava, enfiava, e suas investidas ficaram fortes, e de novo; metia, metia, metia, metia, e eu gemia.

– Que buceta gostosa do caralho, porra vou gozar.

Heitor gozou, e eu o suor de Rick, me fazia grudar, eu estava suando como se tivesse corrido uma maratona, lençóis molhadas, boca seca, e eu acordei, suada, com a mão entre as pernas e super molhada.

– Meu Deus, que sonho louco esse!

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Sexo

MAIS: 4 DICAS PARA VOCÊ NÃO DEIXAR O CALOR DO VERÃO ESFRIAR O SEXO
MAIS: [+18] MEU PRAZER É VER VOCÊ DELIRAR

Imagem: pinterest.com/superelaoficial


Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!

Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha

Flavia Oliveira

Colunista Superela

Mais textos

Leia temas do seu interesse:

/ /

Leia temas do seu interesse:

/ /

E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Um email por semana só com o melhor conteúdo do Superela
Você vai adorar ❤
Obrigada!

Recebemos seu pedido de cadastro e enviamos a você um email com o link para você confirmar o recebimento dos nossos emails.

Por favor, acesse seu email e click no link de confirmação.


Click aqui para voltar ao site.
Não perca mais nenhuma novidade!
PGlmcmFtZSBzcmM9Imh0dHBzOi8vd3d3LmZhY2Vib29rLmNvbS9wbHVnaW5zL3BhZ2UucGhwP2hyZWY9aHR0cHMlM0ElMkYlMkZ3d3cuZmFjZWJvb2suY29tJTJGU3VwZXJlbGFPZmljaWFsJTJGJnRhYnMmd2lkdGg9NTIwJmhlaWdodD0yMjAmc21hbGxfaGVhZGVyPWZhbHNlJmFkYXB0X2NvbnRhaW5lcl93aWR0aD10cnVlJmhpZGVfY292ZXI9ZmFsc2Umc2hvd19mYWNlcGlsZT10cnVlJmFwcElkPTE3MTExNDI3NjM4MDkzNiIgd2lkdGg9IjUyMCIgaGVpZ2h0PSIyMjAiIHN0eWxlPSJib3JkZXI6bm9uZTtvdmVyZmxvdzpoaWRkZW4iIHNjcm9sbGluZz0ibm8iIGZyYW1lYm9yZGVyPSIwIiBhbGxvd1RyYW5zcGFyZW5jeT0idHJ1ZSI+PC9pZnJhbWU+
Curta o Superela no Facebook ❤
teste
teste
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Obrigada!

Seu nome e email foram enviados com sucesso.

Desejamos boa sorte!


Click aqui para voltar ao site.
Queremos te enviar OS MELHORES conteúdos do Superela.
Você vai adorar ❤
Vamos ser amigas? :)