Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

A palavra gratidão parece ter entrado definitivamente na moda, não sei ao certo se o termo veio só do Yoga, mas a # (hashtag) com a tal palavrinha vem pipocando nas redes sociais como uma febre, como se todos fossem imensamente agradecidos a algo ou alguém, num surto dos sonhos a caminho do desprendimento da vaidade e da valorização verdadeira da fraternidade.

umbrella

Mas ao que/quem este povo é tão grato, meu Deus? És tu? Você é o Pai por aquelas bandas também? Ou será que a “gratidão” pronunciada tão incansavelmente não está sendo usada de forma exagerada, ou da boca para fora?

namastê

PARTICIPE: Como posso ajudar alguém que sofre de depressão?
PARTICIPE: Vocês tem vergonha de pedir dinheiro para o pai de vocês?

Pensando bem, eu também seria extremamente agradecida caso fosse um desses seres evoluídos e conseguisse meditar calmamente, ao invés de fazer mil tarefas ao mesmo tempo e ainda falar como uma gralha. Mas, infelizmente, minha única proximidade com esse grupo de pessoas é a admiração pela prática (deles), pois nunca esbarrei na calmaria da #gratidão nos caminhos trilhados até então, embora seja verdadeiramente grata a muitas coisas e pessoas nesta incrível jornada que chamamos de vida.

Então, esqueçamos quem adotou a expressão, em busca de um vocabulário influente na internet, sem perceber ou se importar que seus efeitos dependem muito mais do que o emissor vibra nela, como seus pensamentos, emoções e propósitos, do que a própria palavra em si, e vamos tentar ver o assunto pela ótica da singularidade humana e refletir sobre a dose de equilíbrio particular que nos cabe, permitimos ou buscamos, exatamente como uma medicação ou uma dieta: cada um com sua. Uns a encontram numa religião, outros na família, outros nos amigos e alguns no amor… Ontem, por exemplo, eu encontrei o equilíbrio do meu dia na calçada da minha rua em um dia de chuva, e não foi fazendo a loca da invertida, plantando bananeira no meio da avenida.

19118c3bdd8310dceff517af263cbc9d
Foi quando eu mal pus o pé (esquerdo) na rua, e tudo começou a dar errado. Logo percebi que estava com um humor péssimo, o que felizmente não é de costume, mas deve ter sido desencadeado pela chuva que me pegou desprevenida, pelo trânsito na chuva, que parece imbecilizar 90% das pessoas ao volante, ou pela minha falta de habilidade em acordar um pouco mais cedo e tomar um café da manhã decente…Vá saber porque eu estava mais chata do que uma segunda-feira cinzenta num emprego odiado, mas o fato é que nem eu estava me aguentando naquela primeira hora do dia.

MAIS: DIÁLOGO: A SOLUÇÃO DE TODOS OS PROBLEMAS
MAIS: O QUE DEUS TEM A VER COM SUA FOME?

Porém, o destino em sua infinita sabedoria, me deu uma oportunidade de mudar aquela “prosa energética” com o universo. Com a sutileza inerente aos sinais, uma senhora que me viu na chuva, pediu para me levar até o outro lado da rua e disse que era o dever dela me proteger de pegar uma gripe e que ela tinha certeza que eu faria o mesmo por ela, caso um dia ela precisasse de ajuda para atravessar a rua. #FOFA

E assim, sem sequer termos nos apresentado, num breve e valioso percurso, fui acometida por um sentimento de gratidão, misturado com entusiasmo e paz, despertados pela gentileza gratuita de quem não tinha a menor obrigação de ser tão doce comigo.

Sentimentos conscientes e legítimos, despertados por uma senhorinha com cara de vó que faz broa de milho com café fresco. Uma senhorinha que pensando em me proteger da chuva, me defendeu de mim mesma. Que, sem querer, me fez agradecer pela vida ser tão fantástica no que é comum e simples. Que pôs um sorriso besta no meu rosto, digno de quem meditou e surfou ao mesmo tempo na Indonésia. E que, provavelmente sem saber os preceitos do Yoga, presenteou o meu dia, com uma “hashtag gratidão” para chamar de minha, guardada até então, embaixo daquela sombrinha.

vovoImagem: Pinterest

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Vida


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual conteúdo você gostaria de ver no Superela?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)
Recomendado para você...