Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Agora eu já estou bem acostumada com a ideia de autoaceitação e amor próprio, mas pouco tempo atrás, eu não sabia ‘como amar esse corpo que eu odeio’.

A ideia toda era muito abstrata pra mim. Tá, tenho que amar, entendi. Mas COMO? Como deixar de odiar? Como substituir um sentimento?

Se me contassem antes que seria isso que eu acabaria fazendo da vida, ajudar mulheres a fazer a transição entre a preocupação extrema com corpo e alimentação para uma vida livre e feliz, eu não acreditaria. Na minha cabeça, era absolutamente impossível viver sem pensar no peso o tempo todo.

Eu sequer sabia que sofria de transtorno alimentar. Eu achava que o que eu tinha era falta de força de vontade e só anorexia ou bulimia eram problemas. E como eu não era super magra, nem vomitava, eu era ‘normal’ – falta de informação total! Transtorno alimentar é quando seus comportamentos alimentares impactam negativamente a saúde, as emoções e a qualidade de vida em áreas importantes da vida.

Nós super complicamos o ato de comer e o que mais me preocupa é que mesmo a coisa sendo muito maluca, parece que poucas pessoas percebem. Ninguém vê que comer é só comer, assim como qualquer outro mecanismo do corpo.

Vou usar o exemplo de fazer xixi.

Quando você sente vontade de fazer xixi, você sabe que tem que ir ao banheiro. Quando está com fome, você tem uma sensação de “eu preciso de comida” e é como se seu corpo dissesse: ‘por favor, me dê alimento, eu preciso de energia’.

É a mesma coisa. Quando você quer fazer xixi, você vai ao banheiro. Você não fica pensando sobre o assunto – ‘eu só posso ir ao banheiro algumas vezes no dia e nas outras vezes eu não posso fazer xixi’. Ou: ‘eu só posso fazer xixi em determinadas horas e nessas vezes só vou fazer uma quantidade determinada e mesmo se eu tiver um pouquinho mais de xixi pra fazer, eu não posso porque isso faz mal pra mim e eu tenho que segurar o resto até a próxima vez que eu for’. Não, você não faz isso.

girl

PARTICIPE: Enjôo matinal. O que será?
PARTICIPE: Aparência física e baixa estima

Quando você quer ir ao banheiro, você vai e fica de boa. Com comida é a mesma coisa. Quando você tá com fome, você come e se satisfaz. E come de novo quando quiser comer de novo.

A sacada é que não tem muita coisa pra pensar, você não fica pensando, problematizando, escolhendo o melhor lugar, hora, quantidade ou jeito de fazer xixi. Você faz. Com comida e respiração é a mesma coisa, você come, você respira porque esse é o jeitinho do seu corpo funcionar. A humanidade não sobreviveu a todos esses milhares de anos pensando obsessivamente em comida. Minha avó não comia de três em três horas, nem sentia culpa.

Além da comida, a fome é outra vítima da estigmatização. Ninguém sabe mais o que é fome. Estou falando de fome física e não estou dizendo que é pra alguém passar fome ou prejudicar a saúde, claro que não. Mas existe toda uma ficção, todo um medo de sentir fome, como se ela fosse nos matar em dois minutos e tudo está acabado, a vida toda vai virar um caos, o metabolismo vai desregular e deixaremos de ser saudáveis para sempre. Não, né. O que vem assim de repente, com essa urgência toda EuPrecisoComerAgoraOuVouMorrer é a fome emocional. A fome física vem devagarinho, vai aumentando gradualmente, vai chamando sua atenção, ela sinaliza. Eu acredito que conhecer seu corpo, reconhecer seus sinais de fome, seus níveis de saciedade faz parte de conhecer seu próprio corpo e conhecer você mesma. De novo, estou falando de autoconhecimento, observar e conhecer o corpo, não em passar fome ou se sentir mal.

Voltando ao xixi, tem hora que você quer ir ao banheiro e não tem opção. O que você faz? Você fica atenta, busca, dá um jeitinho e tudo dá certo. Com comida é a mesma coisa, é uma função corporal normal e não esse terrorismo alimentar que a gente vive. É muito triste estar nesse ponto em que as pessoas nem sabem mais como comer e tem medo de comida.

Ninguém sabe mais o que é comer normalmente, sem neura, sem cálculo, só se alimentar mesmo. Todo mundo está tão confuso criando esse tipo de regras: eu tenho que comer xxxx calorias por dia (o seu corpo nem sabe o que é caloria); eu só posso comer tal tipo de comida; eu só posso comer em tal e tal horário; eu tenho que comer de 3h em 3h; não posso comer depois de tal hora; não posso comer antes de tal hora; eu tenho que tomar café da manhã porque é a refeição mais importante do dia… E comer deveria ser natural.

Você pode ouvir todos experts de alimentação do mundo mas não adianta, só você sabe o que é melhor pra você. Só você habita seu corpo e pode escolher o que faz bem pra ele. Cada corpo é um corpo, não existe certo ou errado, só existe esse nosso veículo na terra para viver muitas emoções e que precisa de alimento. E que é naturalmente saudável mas que sofre com todas essas restrições e dietas. Falando em saúde, ela é o resultado da forma como cuidamos do nosso corpo, ela não muda de uma hora pra outra, e viver no efeito sanfona, com certeza, não é saudável.

MAIS: POR QUE O “MANUAL DA MULHER LIVRE” É TÃO PREJUDICIAL PARA A NOSSA LIBERDADE
MAIS: 78 PEQUENOS PRAZERES QUE VÃO TE FAZER MAIS FELIZ

É SÓ comida e é SÓ o ato de comer. Às vezes, a gente come exclusivamente por prazer, é normal. E outras a gente escolhe em nome da saúde e TODO MUNDO SABE o que é saudável: o que for menos industrializado e mais natural. Resumindo, o segredo é:

  • Comer o que gosta;
  • Não comer o que não gosta;
  • Comer quando estiver com fome;
  • Parar quando se sentir satisfeita;
  • Não comer quando não estiver com fome;
  • E jamais deixar de comer estando com fome;
  • Não contar caloria;
  • Não ficar calculando o quanto comeu no final do dia.
  • É só comer.

Então pare de tentar ser uma nutricionista, pare de estudar, de se preocupar, pare de tentar controlar o que você come e simplesmente coma. Coma quando estiver com fome e pare quando estiver satisfeita. E vai cuidar da sua vida, dos seus relacionamentos, vai viajar, estudar e ter um emprego foda. Vai porque não é dieta, é VIDA.

Imagem: Pinterest

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Beleza e Vida ♥

@ load more