Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

O ideal da maioria de nós, homens e mulheres, é encontrar aquele(a) parceiro(a) para aprender a gozar junto. E quando acontece, pode ser maravilhoso, mas também pode causar certa angústia existencial. Por quê e quando isso acontece?

Todo casal é capaz de alcançar esse orgasmo conjunto, basta que cada um se livre de suas próprias amarras opressoras, de suas crenças individuais, a respeito de si e do outro,  a respeito do feminino e do masculino para que aconteça o encontro. Porque gozar junto nada mais é do que um encontro íntimo, por que não dizer, inclusive, sagrado. Para isso, é preciso despir-se de preconceitos machistas e femistas, desaprender todas essas receitinhas de bolo que um dia se aprendeu na vida e aprender junto de novo com seu/sua parceiro(a), quem é ele(a), o que ele(a) gosta e espera de uma relação íntima, do olhar e do encontro. Isso acontece nas sublinhas do beijo, do abraço, do amasso… basta abrir suas percepções e ser sensível ao outro.

PARTICIPE: Dor durante o sexo
PARTICIPE: Sem vontade e não sinto falta

Mas e quando o orgasmo a dois é uma angústia? Ele é uma angústia quando um e/ou outro não sabem diferenciar se esse orgasmo foi de um ou do outro. Como se o orgasmo de um fosse o orgasmo dos dois. Isso acontece quando ocorre uma dependência emocional de uma ou ambas as partes. A pessoa sente que precisa tanto agradar a outra que goza simplesmente com o gozo do outro. É lindo? É. Mas também muito triste. Por isso o conflito emocional de não saber se aquele orgasmo foi seu ou foi do outro. É preciso, mais uma vez se livrar das amarras, da dependência emocional, entender que o outro está com você porque ele quer, que você não precisa gozar para agradá-lo. Que o seu gozo tem de vir e jorrar, se for o caso, espontaneamente.

O orgasmo é um presente que damos ao nosso parceiro e vice-versa. Qualquer pessoa, se quiser, é capaz de presentear a outra com um orgasmo. Se você não está se sentindo presenteado com esse orgasmo, é hora de conversar com seu parceiro, descobrir o que está atrapalhando vocês nessa troca e tentar construir algo novo.

MAIS: [+18] CURANDO UM FORA
MAIS: 8 APPS GRATUITOS QUE VÃO TRANSFORMAR SUA VIDA SEXUAL

Um jeito bacana de gozar com o outro é quando você está de saco cheio de fazer sexo fofo e começa a trabalhar no sexo livre. Já ouviu falar de sexo livre? Sexo livre é quando você transa bastante com seu parceiro até ele sentir vontade de gozar. Quando ele sente vontade de gozar, você para de transar, muda de posição e começa a transar de novo bem gostoso até ele sentir vontade de gozar de novo. Quando ele sente vontade mais uma vez, vocês param novamente e mudam de novo para uma terceira posição ou mudam de lugar e começam a transar de novo, mais gostoso ainda até a vontade de gozar vir com força total, e aí ele vai gozar em você ou dentro de você. Ele vai achar isso tão gostoso, que não vai resistir e vai te dar um orgasmo mais gostoso ainda de presente! Este é o sexo livre, ele é capaz de acabar com a sua angústia de estar ou sentindo orgasmo seu ou do outro. Nele, cada um tem seu orgasmo e todos terminam a transa felizes, serelepes e saltitantes!

Beijos, bom sexo e até a próxima!

Imagem: Pinterest

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Sexo

Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!
Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha
@ load more