Receba nossos e-mails incríveis
NOVO App Clube Superela!! ♥
Pergunte e converse anonimamente
Relacionamento Sexo Autoestima Corpo Trabalho&Dinheiro Beleza Estilo Entretenimento Girl Power!
Escreva seu texto
Receba nossos e-mails incríveis

Leia temas do seu interesse:

QUANDO AQUELA MÚSICA LEVA O NOME DE ALGUÉM…

Pietro Mirandez

Colunista Superela

Mais textos

Os sentimentos são a jukebox do cotidiano, minhas caras.

Hábito muito comum, nós gostamos de dedicar uma música com força e vontade para alguém esperando que a pessoa ouça e sinta aquela melodia, letra, verso, refrão e até o fade-out, colocando para repetir se possível. Porque às vezes as músicas traduzem exatamente tudo o que queremos passar, simples assim.

Claro que é um exercício de desapego importante transformar uma canção em “a canção de alguém”, afinal, a música em questão costuma ser uma bastante especial. A partir do momento em que ela é dada, por assim dizer, é difícil desassociá-la. Para o bem e para o mal.

E começo dizendo-lhes a parte ruim disso – e friso que esse é o tipo de coisa que dificilmente acontece com É o Tchan.

Ocorreu com uma de minhas músicas preferidas, e nem fui eu que ofereci, foi o destino.

Certa vez encontrei uma garota perfeita com gosto pela música e cinema alinhados ao meu, frequentadora dos mesmos lugares, signo de lanches, mas o outro deveria ter ascendente em gastronomia. Não passei sequer sete dias, quiçá 500 Dias com Ela. Mas… There’s a light that never goes out, não, Morrissey?

PARTICIPE: Como esquecer o que não deu certo ?
PARTICIPE: O que fazer para esquecer alguém?

Uma simples coincidência é o bastante para esquecer a composição por um tempo; todo o significado anteriormente dado se apaga diante de uma novidade tão impactante como uma paixonite.

Inclusive, é mais ou menos baseado nisso o 11º mandamento do mundo: “Não colocarás tua música preferida como toque do despertador.” Em algum momento, por mais que goste, ela poderá se tornar incrivelmente insuportável, passando de amada para odiada.

(E que bela bosta era The Smiths quase sucumbindo ao meu próprio hype; por sorte, o indie permaneceu vivo em mim).

Só que ligamos muito para as regras, não? Agradeçamos pela vida não ser só essa rádio FM noite adentro. Insistimos, e de tal insistência pode haver algo bom.

A verdade é que esperamos alguém para dizer “escuta isso aqui que é sua!”; sonhamos com o momento de abraçar alguém durante o Lollapalooza.

As canções do amor e da amizade tocam muito mais alto nos nossos ouvidos – e friso novamente que esse é o tipo de coisa que dificilmente acontece com É o Tchan.

Algo que sempre faço é recostar a cabeça, por exemplo, na janela do metrô e fazer dela paisagem reflexiva enquanto acompanhado de uma trilha sonora.

Esse background musical se torna uma dedicatória involuntária muitas vezes, pois se encaixa perfeitamente ao momento passado. Os pensamentos vão tão longe a ponto de encontrar a pessoa que dista léguas. Há uma fusão entre imagem e som.

A partir do momento em que uma canção nos é oferecida, a simplicidade de tal gesto costuma nos ganhar tão fácil quanto se fosse Brasil x Alemanha.

Especialmente no caso do amor, aquela música adentra todas as listas possíveis, não importando o ritmo, algumas vezes vira até favorita, ainda que nem goste tanto da banda ou da música em si! E falando como alguém que já recebeu, guardamos como um presente dado com muito carinho, já que aquilo representa uma parte do sentimento da outra pessoa.

As lembranças se potencializam diante de um acorde, nota, sample ou coisa que valha.

MAIS: QUEM DISSE QUE AS MULHERES PREFEREM OS CAFAJESTES?
MAIS: NÃO PRECISA SER ETERNO PARA SER AMOR

E em tempos digitais, aliás, adequamo-nos: playlist nomeada é serenata debaixo da varanda, lembrem-se sempre.

Fato é que a música segue nos tocando vida a fora, dando toda uma série de interpretações e sendo mágica em sua subjetividade.

And after all… Dedique Wonderwall.

Imagem: Pinterest

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Amor

Pietro Mirandez

Colunista Superela

Mais textos

Leia temas do seu interesse:

Leia temas do seu interesse:

E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada!

Recebemos seu pedido de cadastro e enviamos a você um email com o link para você confirmar o recebimento dos nossos emails.

Por favor, acesse seu email e click no link de confirmação.


Click aqui para voltar ao site.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
OS MELHORES conteúdos do Superela
uma vez por semana no seu email!
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)