O que você procura?

Dica: Leia esse post ao som de Survivor na voz da Clarice Falcão

 

Todos os dias Luana sai para trabalhar no mesmo horário, sempre com sua bolsa a tira colo e seu batom vermelho inconfundível, que já se tornou sua marca registrada, pega o mesmo ônibus e o motorista já a cumprimenta com um bom dia, e algumas vezes até para fora do ponto para que ela não perca a condução. Luana um dia perdeu o ônibus. Nesse dia ela tentou agir normalmente, deu bom dia ao motorista e na hora de passar a roleta sorriu ao cumprimentar o cobrador.

Por sorte, mesmo com o ônibus cheio, ela conseguiu sentar-se, o lugar vago era na cadeira ao lado do cobrador. Com seus fones de ouvido e música alta ela não conseguia escutar muito ao seu redor, mas percebeu que o cobrador falava algo com ela, abaixou a música para tentar entender, mas assim que ouviu aumentou o volume o máximo que pode, observou um pouco o que acontecia ali, e percebeu então que não foi exclusividade dela, o cobrador estava “cantando” todas as mulheres, as que passavam por ele dentro do ônibus e até mesmo as que passavam na rua.

Luana sai de casa todos os dias com o pensamento de que é melhor colocar músicas no último volume a ponto de estourar os tímpanos, do que ouvir as coisas que pessoas como aquele cobrador falam. E não é só ele não, diariamente ela passa por ruas menos movimentadas e os homens sentem no direito de pronunciar coisas para ela apenas por ela estar passando na rua sozinha.

Luana sou eu, é a minha vizinha, é a minha irmã, Luana é você.

PARTICIPE: Por que homens se assustam com mulheres independentes?
PARTICIPE: Homens tem medo de mulheres que tem atitude?

Todas que já passaram pelas ruas e ouviram as famosas cantadas de pedreiros, todas que saíram de casa com fones de ouvido, óculos de sol e se possível um lenço, tudo que evite que elas sejam “vistas” e ouçam o que não querem. Luana é qualquer mulher que já sofreu assédio verbal e ouviu que isso não é nada demais, pelo contrário, é bom para elevar a autoestima, afinal de contas quem não gosta de ouvir que tá gostosa quando ta andando pela rua, não é mesmo?

Luana é uma metáfora, mas a história é real. Ainda vivemos em uma sociedade onde homens olham para mulheres como olham para uma picanha mal passada. Mas ai eu pergunto, como pode alguém achar que ao falar “vem cá minha linda”, às 2 horas da tarde vai fazer ele conseguir alguma coisa com essa mulher? Nem se fosse em uma balada as chances dele aumentariam.

Então fica um recado aos amigos pedreiros, advogados, engenheiros, médicos e todos os outros que soltam cantadinhas e palavras agressivas a nós mulheres apenas porque somos mulheres: o seu fiu fiu não ajuda na nossa autoestima, pelo contrário, em alguns casos faz com que a gente se sinta pior e nos culpemos por escutar o lixo que sai da sua boca.

Nós não precisamos ser assediadas diariamente para sabermos que estamos bonitas, que somos “gatas”, que somos mulheres. Nós só precisamos do seu respeito, que não nos olhe apenas como um par de seios e bunda.

MAIS: MACHISMO NA BALADA: O GAME OVER DO PATRIARCADO
MAIS: A DURA REALIDADE SOBRE SER MULHER

Quando nós desejamos um bom dia a um desconhecido, queremos realmente que ele tenha um bom dia, e não abrir margem para que ele se ache no direito de nos assediar e achar que estamos “a fim” dele. A única coisa que nós queremos é poder tirar o fone de ouvido e ouvir o mundo sem nos assustarmos.

Imagem: Pinterest

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Vida


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)