Receba nossos e-mails incríveis
NOVO App Clube Superela!! ♥
Pergunte e converse anonimamente
Amor Sexo Autoestima Corpo Vida Carreira & Finanças Beleza Estilo Vídeos
Escreva seu texto
Receba nossos e-mails incríveis

[+18] CURANDO O TÉDIO

Thayse Lopes

Colunista Superela

Mais textos

Coloquei uma roupa qualquer, fui a uma reunião de amigos. Chegando lá, conversei com uns e com outros, alguns rostos novos, mas nada que me chamasse atenção. Comi, ri, bebi alguns drinks e estava ali, curtindo a “festinha” mas sem muita empolgação. Uma música ao fundo, vários grupinhos de pessoas naquele salão de festa do condomínio e eu comecei a ficar entediada. Estava me sentindo deslocada, talvez porque minha vontade era estar em casa comendo brigadeiro.

tedio

De repente, alguém veio a mim e perguntou:

– Você é a Keila?

Respondi que não e dei de ombros. Mas ele continuou:

– Me falaram que você era a Keila e que eu poderia perguntar a você onde deixar as bebidas que eu trouxe.

Dei um sorrisinho e informei a ele que a informação estava errada mas apontei para o freezer à direita de nós e falei que era só deixar lá. Ele foi, deixou e retornou.

– Então, qual seu nome? – ele perguntou.

Respondi e mais uma vez, dei de ombros.

– Por que está aqui sozinha? – ele quis saber

Falei que o tédio me consumia e continuamos a conversar. A conversa fluiu, algumas boas gargalhas e, de repente, eu estava adorando aquela reunião. Ele? Bem mais alto que eu, cabelo preso estilo rabo de cavalo, sorriso fácil, muitas tatuagens (o que já me atrai muito) e uma inteligência fora do comum. Se eu quisesse falar sobre a crise no Sudão, por exemplo, ele discorria o assunto com maestria. Ufaaa! Inteligência + esperteza + toda aquela beleza, era um combo que realmente me atraía demais e ele percebeu isso.

Já era de madrugada, nossos amigos em comum continuavam por ali rindo alto e contando piadas e nós continuamos conversando sobre vários assuntos. Até que ele me chamou para continuar o papo na casa dele, me disse que era barman e que me prepararia alguns drinks. Confesso que fiquei na dúvida sobre ir ou não mas, como ele era amigo de grandes amigos meus, aceitei.

Chegando lá, entrei e sentei no sofá meio acabado de uma sala grande. Ele disse que eu ficasse à vontade e perguntou o que eu gostava de beber. Respondi que qualquer coisa. Ele trouxe whisky. Eu nem era acostumada com isso mas, pelo jeito, era a bebida preferida dele, já que existiam várias garrafas lá. Ele colocou uma música, era uma banda de rock que não lembro o nome, mas que gostei. Continuamos a conversar, só que dessa vez sobre nossos amigos em comum.

Ele levantou, pegou mais whisky e, dessa vez, sentou bem mais perto de mim. Mexeu nos meus cabelos, disse que não tinha como não olhar para mim e não me desejar. Eu senti o sangue correr forte pelo corpo. O seu cheiro era tão bom. Ele colocou os dedos dentro dos meus cabelos, puxou minha cabeça para trás de modo que meu pescoço e decote ficassem expostos, e encostou os lábios sobre eles como se estive cheirando ou lambendo. Senti apenas a respiração quente dele sobre minha pele, senti os pelos do meu corpo levantarem como quem acorda num susto, mas um susto bom.

Respirei mais fundo e senti seu beijo quente, molhado, com gosto de whisky.  Suas mãos começaram a deslizar pelo meu corpo e escorregarem por baixo da minha saia, seu corpo magro e cheio de muitas tatuagens começou a suar e o meu também. O tesão começou a aumentar. Ele me puxou para ainda mais próximo do seu corpo e me colocou de pernas abertas encaixadas em seu colo. Uma apertada na minha cintura, umas sutis mordidas na minha pele e os beijos mais quentes e molhados que eu já tivera, eram dele.

Nuss Passos-2

PARTICIPE: Desejo sexual intenso
PARTICIPE: Como surpreender o homem na hora do sexo pra ser inesquecível?

Tirei sua camisa, ele tirou minha blusa. Sua barba por fazer arranhava meu decote que ele fazia questão de lamber e beijar ao mesmo tempo. A força com que ele me tocava me fazia suspirar e sussurar palavras do mais baixo calão ao pé do seu ouvido.

– Me come – pedi instintivamente.

– Estou preparando para fazer isso – ele respondeu.

Me colocou em pé, em cima do sofá, em frente a ele, subiu minha saia e começou a beijar minhas pernas e foi subindo, ao mesmo tempo apertava minha bunda e começava a colocar os dedos dentro da minha calcinha que, nessa altura, já estava encharcada. O suor descia e sua boca finalmente chegou na minha boceta, latejou cada parte do meu corpo, sua respiração por cima da minha calcinha já me fazia revirar de tesão.

Ele me pegou no colo e fomos para a cama dele. O desejo por foder já exalava em nossos corpos. Soltei seus cabelos longos que caíram sobre meu rosto, o que me fez perceber ainda mais como ele era bonito.

– Quero te chupar toda – ele falou no meu ouvido.

– Então, faça isso – eu respondi, já sem forças para recusar qualquer pedido dele.

Tirou meu sutiã, chupou meus peitos como quem estivesse desesperado. Paralelo a isso, enfiou seus dedos na minha boceta fazendo com que eu gemesse alto e ele pedisse:

– Geme mais, quero ver você gritar de tesão e me pedir mais.

Eu pedi, de novo:

– Me come!

Ele puxou minha calcinha com tanta força que rasgou, abriu bem minhas pernas e disse:

– Vou te chupar como nunca ninguém fez.

E assim fez!

Sua língua foi deslizando pela minha boceta. Uma leve lambida, pra cima e pra baixo, senti sua respiração, pulsava o tesão. Ele, com os dedos, abriu bem minha boceta e chupou, depois enfiou a língua dentro de mim. Aquele entra e sai de língua e dedos me faziam estremecer e desejar ser fodida por ele. Mas eu estava aproveitando. Abri ainda mais minhas pernas para que ele pudesse chupar tudo o que quisesse, sua língua não parava, sugava tudo que saía de mim.

Então, novamente, pedi:

– Me come!

Ele disse que eu teria que pedir mais. Não pedi!

Levantei, tirei sua calça e cueca e me deparei com aquele pau pulsando na minha mão. Não tive como resistir, chupei, passei minha língua nos mínimos detalhes por uns longos minutos, até que ele disse:

– Vou gozar na sua boca se você continuar me chupando assim.

Claro que não ia deixar isso acontecer agora, mandei ele sentar e sentei de costas me encaixando no seu pau. Olhei para trás e vi a cara de prazer que ele fazia e os cabelos molhados de suor.

– Quero você rebolando em cima do meu pau – ele me falou

Nem precisou pedir duas vezes, eu já estava fazendo isso. Ele pedindo que eu rebolasse mais, com as mãos encaixadas na minha bunda. Sentia sua saliva escorrer pela minha nuca. Que trepada mais suja! Mas, eu gostava disso, e muito.

Me tirou de cima dele, me colocou de quatro e encaixou seu pau na minha boceta. Gritei! Ele gemeu. A cada metida, nossas gemidas emitiam sons em sincronia. A mais cretina e deliciosa melodia. Duas, três, várias vezes naquela posição e com as mãos no meu cabelo, puxando-os para trás. Uns tapas na minha bunda, uma segurada firme na minha cintura e ele perguntou:

Nus Passos-2

– Você quer mais?

– Claro que quero, quero que você me foda com toda sua força – respondi no auge do meu tesão e com vontade de pedir todas as sacanagens possíveis.

Enquanto ele metia bem firme, ele falou:

– Por que você quer que eu te foda?

– Porque quero ser sua puta hoje – já sem pudor algum, respondi.

Ele meteu ainda mais e não se saciava, queria mais.

MAIS: [+18] FODER PODE SER TÃO BOM QUANTO FAZER AMOR
MAIS: [+18] ME SUJANDO COM GRAXA

Se deitou na cama e me colocou sentada encaixada no seu pau, me fez cavalgar por um longo tempo ali, naquele sobre e desce, rebola mais um pouco, enfia mais um pouco, chupava meus peitos mais um pouco. O meu suor caiu em cima dos seus cabelos, puxei-os contra meu corpo, tremi, senti o corpo dele junto ao meu, gozamos juntos, assim, no mesmo minuto.

– Você é foda! – ouvi dele, enquanto nossas respirações sugavam pelo o ar ainda em falta depois daquela trepada.

Após isso, acho que não tive mais tédio naquela noite!

Ilustração: Nus Passos

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Sexo


Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!

Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha

Thayse Lopes

Colunista Superela

Mais textos

Leia temas do seu interesse:

/ / /

E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada!

Recebemos seu pedido de cadastro e enviamos a você um email com o link para você confirmar o recebimento dos nossos emails.

Por favor, acesse seu email e click no link de confirmação.


Click aqui para voltar ao site.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES conteúdos do Superela.
Você vai adorar ❤
Vamos ser amigas? :)
Warning: Unknown: Failed to write session data (wincache). Please verify that the current setting of session.save_path is correct (D:\local\Temp) in Unknown on line 0