Receba nossos e-mails incríveis
NOVO App Clube Superela!! ♥
Pergunte e converse anonimamente
Amor Sexo Autoestima Corpo Vida Carreira & Finanças Beleza Estilo Vídeos
Escreva seu texto
Receba nossos e-mails incríveis

Leia temas do seu interesse:

SOBRE BEIJO, QUÍMICA, PELE E TESÃO

Raquel Lopes

Colunista Superela

Mais textos

Olho no olho: está lançado o desafio. Ele te olha, você olha de volta, fica sem graça, desvia. Dá um tempinho e procura de novo. Lá está ele te fitando… O que nos atrai em alguém quando isso acontece, já parou pra pensar? Na maioria das vezes atributos físicos, mas pode ser um olhar, um sorriso, uma maneira de mexer no cabelo. Dá vontade de chegar junto, mais perto, de encostar, de sentir o cheiro, de beijar. E com isso mais um turbilhão de vontades que a mente vai se encarregando de imaginar.

Será que tem química? Será que tem pegada? A mente vai insistentemente fazendo essas perguntas e nos tentando a tirar logo a prova dos nove. A vontade é algo que não passa se a gente não resolver matar. Diferentemente da Química Ciência, a Química dos corpos não se aprende na escola ou faculdade. Só se estivermos falando daquele cantinho escondido do prédio da aula, hahaha. A Química Ciência envolve algumas reações entre os compostos… Ah, mas a Química dos corpos também envolve reações, só que entre dois corpos. Desesperados para se encontrarem, diga-se de passagem.

A famosa Lei de Lavoisier da Química Ciência já diz: na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma. Na Lei da Química dos corpos, toda vontade vira tesão, todo tesão vira energia e toda energia vira ação.

Antes do contato em si, a mente vai te carregando para o mundo libidinoso do tesão. Aquilo de só ao olhar para a pessoa e sentir seu sangue literalmente esquentar. Alguém vai ter que tomar a iniciativa. Ai que agonia. E hoje num mundo tão das mulheres quanto dos homens, muitas vezes somos nós que damos o passo à frente. Não se assustem boys, queremos tanto quanto vocês. Aí vem aquele medinho: e se não tiver a bendita da química? E se o beijo for ruim? Bom, as chances são remotas, mas existem. Mas vamos falar aqui das chances maiores. Quando há aquela química já no ar, aquela atração já no olhar mútuo fuzilante, o beijo vai ser bom. Ah, se vai.

PARTICIPE: Sobre beijo que não dá tesão, não esquenta a relação…
PARTICIPE: Primeiro beijo antes da relação

Beijo bom é aquele dado com a alma da boca (e boca lá tem alma?). A boca trabalha muito mais que uma simples boca. É aquele delicioso toque dos lábios onde as duas estão se apresentando como num verdadeiro show. Sim, não estou falando aqui daquele beijo de amor romântico e apaixonado, mas sim do beijo “com pegada”, com vontade, com desejo, que pode sim também ser dado em quem amamos. Esse beijo de desejo vem acompanhado de respirações ofegantes, cheiro, toques, apertões, mordidas. Que me desculpem os modernos namoros virtuais de hoje em dia, mas ainda não inventaram nada que substitua o toque e o contato físico. É esse toque que faz o tesão nos tirar do chão com um único beijo. As mãos tocam as costas, o rosto, o cabelo (ahhh e o que falar quando os dedos percorrem a raiz do cabelo, bem na nuca?), o peito, as partes íntimas, e o que mais a gente se sentir à vontade pra tocar. É como estar de olhos fechados “tateando” o corpo do parceiro e sentindo tudo que aquela boca nos provoca a descobrir.

Beijo bom é aquele que não termina, que não cansa, que parte da boca para o pescoço, percorre a orelha e volta para a boca. Sabe beijar aquele que beija como se não existisse amanhã, que curte, que não tem pressa para o que vem depois. Ok, sabemos que o que vem depois de um beijo (ou de muitos beijos) de tirar o fôlego é o sexo. Aliás o beijo é uma prévia do que vamos encontrar quando o toque for possível de ser feito já com as roupas espalhadas pelo chão.

O tesão de um beijo bem dado é aquele arrepio involuntário. É aquela vontade de arrancar as roupas logo, sem desgrudar as bocas. E o que falar da nossa protagonista de um beijo com pele, química e tesão? Isto mesmo que você pensou, ela, a língua. A língua provoca uma reação da Química Ciência chamada combustão espontânea falando de Química de corpos. A língua provoca, a língua desenha o formato da boca de quem estamos beijando, a língua suga a língua da outra boca como se estivesse fazendo um sexo oral. Nesse momento ocorre um conjunto de fenômenos da Química Ciência conhecido como eletromagnetismo, onde todos os campos elétricos e magnéticos destes dois corpos interagem, mantidos pelas duas bocas que não se desgrudam.

Como é delicioso, gostoso e excitante este tipo de beijo, duvido alguém achar o contrário. E se os dois corpos dominados pelo tesão e pela química puderem e quiserem continuar as descobertas e reações, é hora de partir para o sexo. E olha, as chances são mais remotas ainda desta foda ser ruim. As bocas já se apresentaram, já descobriram o poder e química que tem juntas, agora é a vez de usá-las em outras partes do corpo. De também dar beijos onde a imaginação mandar. De ter um orgasmo como prêmio enquanto os corpos se sobrepõem e as bocas ainda continuam grudadas.

MAIS: AQUELE TIPO DE SABOR QUE SÓ O SEU BEIJO TEM
MAIS: 5 ATITUDES DE UM HOMEM APAIXONADO

A química verdadeira, de “coisa de pele”, tesão e tudo mais é aquela que te faz sentir aquele arrepio e desejo horas depois, dias depois, em um momento ou horário em que a pessoa nem está junto. É lembrar e sentir os pelos eriçando um a um, é sentir o sangue começar a esquentar e a respiração voltar a ficar ofegante.

Bom amigos, aí é hora de reencontrar o par e sentir tudo aquilo de novo. E o melhor, quantas vezes o desejo permitir…

Imagem: Pinterest

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Amor & Sexo

Raquel Lopes

Colunista Superela

Mais textos

Leia temas do seu interesse:

Leia temas do seu interesse:

E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada!

Recebemos seu pedido de cadastro e enviamos a você um email com o link para você confirmar o recebimento dos nossos emails.

Por favor, acesse seu email e click no link de confirmação.


Click aqui para voltar ao site.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES conteúdos do Superela.
Você vai adorar ❤
Vamos ser amigas? :)
Warning: Unknown: Failed to write session data (wincache). Please verify that the current setting of session.save_path is correct (D:\local\Temp) in Unknown on line 0