Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Depois de ouvir inúmeras queixas de amigas, colegas, conhecidas de banheiro e afins, cheguei a seguinte questão: por que é tão difícil se libertar de um relacionamento amoroso que te faz mal? Claro que ninguém começa algo já pensando no fim, mas o nosso instinto de sobrevivência deve estar sempre alerta porque quase tudo na vida tem um ponto final.

É comum ouvirmos falar que queremos quem não nos quer! Mentira! Não queremos a pessoa em si, o que a gente não quer é carregar o “fardo” de não ter conseguido “êxito” em um relacionamento. Como se um fim fosse um carimbo na testa afirmando nossa incompetência para finais felizes!

Encarar sem retoques que um namoro acabou, sim A-C-A-B-O-U!, seja por falta de respeito, amor ou afinidade é a melhor solução! Poupa sofrimento e economiza vida. Não tente encontrar um motivo para o suposto fracasso! Se você fez o seu melhor e não foi o suficiente, a culpa, definitivamente, não foi sua. Mantenha o que for saudável, o que te acrescenta, mande pro espaço o que te aprisiona!

PARTICIPE: Não sei se vou embora de vez ou tento mais uma vez
PARTICIPE: Falei que a amava, mas ela não reagiu muito bem…

Vejamos: seu namorado te troca todo sábado à tarde para tomar umas ou todas com os amigos enquanto você está em casa, se corroendo por dentro e não fala nada por medo de parecer invasiva ou controladora? Você tem medo de expor o que sente por medo do outro falar que não te quer mais? Seu pedido de atenção é um fardo para seu companheiro? Eu afirmo e pergunto: o namoro já acabou faz tempo, então, pra que se autoflagelar?

Muito melhor do que manter um pseudonamoro é manter uma vida feliz! Um coração livre para conhecer um amor de verdade vale muito mais que um “status” em rede social. Pois quando você se desconecta, o que resta é uma sensação de vazio porque apenas cada um de nós sabemos a realidade das nossas vidas. Terminar um relacionamento não quer dizer que você não seja uma pessoa “namorável”, quer dizer que você é corajosa o suficiente para querer uma vida amorosa plena e não migalhas! Pois sendo uma pessoa inteira você não vai querer nada pela metade, não é mesmo ?

O momento em que você descobre que não tem obrigação nenhuma de fazer uma relação dar certo é algo fenomenal! Você se liberta, joga fora quilos e quilos de cobranças da sociedade, da amiga que nem é tão amiga assim, da sua tia-avó, de você mesma…

MAIS: DESCULPA, CRUSH, MAS NÃO VOU SENTIR SUA FALTA
MAIS: POR QUE EU NÃO SEI DIZER ADEUS?

Que medo é esse que te move? Ou melhor, que te paralisa? A vida é única, curta e excepcional, então, não há motivos para desperdiçá-la com alguém que provavelmente sequer quer estar ao seu lado. Liberte-se! Não tenha medo de olhar para as infinitas possibilidades que o universo tem para você!

Se permita… Vire a página! Recomece um capítulo novo em sua vida! Se abra para uma infinidade de oportunidades coloridas, com riso e leveza que chegarão até você só com este pequeno grande passo de seguir em frente. Simples assim!

Imagem: Pinterest

@ load more