Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Sei que é inquietação demais para uma cabeça, uma alma e um corpinho só. Ainda mais quando o assunto é amor, desejo e tudo que imaginamos ter necessidade de fazer ou não para prolongar suas validades ou torná-los eternos.

Baseada em anos de pesquisa, estudo e escuta, posso contar que duas coisas podem ser capazes de tornar duradouro o desejo de um homem: sua capacidade criativa de fazê-lo produzir endorfina (e ou outros hormônios do prazer) e ele sentir que você pode, mas não quer viver sem ele.

Então começando bem do começo; amor é uma coisa e desejo é outra. Em incontáveis momentos eles podem estar tão acoplados que chegam a nos confundir. Mas passada a cegueira da paixão ofegante e das promessas eternas, o amor se separa do desejo e cada um toma seu rumo. E a gente tem que rebolar para não passar a fazer um sexo “amigo”, solene que só dá prazer pelo hábito.

Por favor se anime; o amor e o desejo podem caminhar juntos sim, a não ser que a intimidade, a segurança ou a distração de algum deles os distancie pra sempre.

Amor tem tudo a ver com afeto, zelo, cuidado, romance e previsibilidade. Enquanto o desejo é cobiça, libido, apetite e mistério.

O amor pode ficar garantido por um par de filhos, pelo respeito mútuo ou pela intimidade, que são o aconchego seguro em forma de vida.

PARTICIPE: Fim de relacionamento
PARTICIPE: Autoestima baixa, como superar a insegurança?

E você pode fazê-lo ter prazer com outras coisas bem mais simples, como por exemplo: sementes de abóbora que ajudam o corpo a produzir dopamina, assim como castanha do Pará, exercício e fazer tricô a produzir endorfina.
Se é isso que você pretende, estão aí as dicas. Mas se seu objetivo é fazer com que seu homem tenha por você um desejo erótico com picos incontroláveis de dopamina, que ele produza serotonina ou qualquer outro hormônio do prazer até se embriagar, vai precisar mais que cambalhotas na cama.

Olha o perigo: a garota está aqui lendo este texto, fica tão ansiosa que interrompe a leitura na metade, porque amanhã vai encontrar o rapaz, quer seja ele um “ficante”, namorado de 6 meses ou marido de 15 anos e só se lembra das palavras grifadas acima “apetite” e “mistério” e resolve inventar uma fartura de novidades:

– Daí a pura romântica coloca camisola branca transparente, com rendas do pescoço aos pés; uma calcinha cheia de bordados, apaga toda a luz da casa e quando ele entra no quarto dá um susto com voz de bebezinho;

– A danadinha-provocante compra calcinha com sininho fosforescente e abertura porta camisinha comestível com sabor de açaí-pimenta; fica escondida atrás da cortina e sai com um chicote na mão;

– A esotérica-crédula pendura uma pirâmide de cristal no teto em cima da cama, coloca o rapaz embaixo, mirando “tudo” que ele tem de precioso, para ser energizado pela ponta aguda da pirâmide e sugere que façam sexo tântrico 3 dias seguidos sem chegar ao orgasmo;

– A enóloga-rica escolhe 1 garrafa de vinho Francês Margaux(caríiissimo) e quando ele abre a porta exausto depois de 12 horas de trabalho, ela nua com o rótulo da garrafa pregado no peito, nem espera que acabe de entrar e começa a jogar vinho na cabeça dele, no pescoço, escorrendo pela gravata Hermès ( gravata francesa mais cara que o vinho) e lambe a testa, o olho, a boca e o pescoço.

Gente, para tuuuudo!

Novidades são maravilhosas; essas ou toda e qualquer outra que possa valer o esforço de sua criatividade. Mas me responde você: como é que se vai querer com a mesma volúpia e desejo carnal, aquilo que você já tem?

Se você ama chocolate e come “unzinho”, você se delicia e produz endorfina, mas se devora 6 barras seguidas, nas 5 restantes estará na verdade tentando buscar o prazer inicial que sentiu, pois o cérebro só libera dopamina no início da estimulação

E é exatamente disso que estou falando, de trazer de volta ou tornar vitalício o apetite enquanto vitalícia for sua vida a dois.

Amor lembra: “na saúde e na doença”, “na riqueza e na pobreza” e tudo que é permitido, traz paz, segurança e proteção.

Desejo? É ruidoso, ávido, proibido, deleite, prazer e gozo. Amor e desejo podem fazer um par perfeito e imbatível, mas nenhum é garantia para o outro.

De forma simples e cientificamente falando: a região do cérebro que é ativada pelo amor é a mesma ativada pela dependência de drogas, por isso os sintomas de abstinência de drogas e a insuportável dor de amor são parecidos; enquanto que a ativada pelo desejo sexual também é ativa com outras coisas que produzem prazer, como o chocolate.

Se te dá gosto o carinho do amor confortante, uma convivência cuidadosa pode garantir essa alegria, ou não. Mas se também te interessa ver de novo nos olhos dele o gosto e desejo sedento do “primeiro” chocolate, não será jamais você submissa ou pendurada no lustre com aquela calcinha fio dental que vai ressuscitar o que já não tem vigor, se dentro dessa calcinha estiver uma mulher, que não tem mistérios por viver atrás dos segredos dele; que perdeu o brilho por não ter mais vida própria; que ao invés de “possuída” deu todo poder ao outro; que saiu do “palco” para ficar “em cima do muro”; que se esqueceu dos “nãos” para concordar com pouco; que por aceitar tanto os hábitos viciados perdeu a exuberância; que pela falta de cerimônia ficou íntima do anonimato e que apesar de tudo, ainda o perdoa e se culpa por não ser mais feliz!

Se dentro dessa calcinha tiver hoje um coração apagado; um sorriso obediente; uma vida conformada e todas as vontades divididas.

MAIS: EU QUERO QUE VOCÊ AME A SI MESMO
MAIS: O QUE É AMOR?

Amiga, acooooorda!

Ainda há tempo de voltar à tona, retomar o tesão pela sua vida, rebentar de amor e extasiar de novo com sua vida única e seus objetivos próprios.

Amiga acorda agora!!!!!

A cobiça dele, sua ou de quem quer que mereça, precisa da vitalidade de sua autoestima; do desassossego de uma conquista permanente; da insegurança de uma distância confortável entre os dois; do egoísmo de um espaço só seu, do brilho que te ilumine por si própria independente dele.

Se por hábito, você se acostumou com pouco, mereça mais.
Se por engano, não se permitiu; repense.
Se por medo; não se excedeu; revele-se.
Se por demora ainda não se apossou; retome!

Sobe no palco de novo e volte a fazer muito ruído com suas escolhas!!!!!

Imagem: Pinterest


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual conteúdo você gostaria de ver no Superela?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)
Recomendado para você...