O que você procura?

É impossível não saber quem é o Homem de Ferro. Em um mundo repleto de quadrinhos que se tornaram verdadeiros blockbusters, o personagem como Tony Stark, interpretado nas telonas por Robert Downey Jr., virou referência no mundo dos super-heróis.

Porém, fazendo jus a uma discussão bastante atual, é verdade que esses personagens são homens em sua maioria e nomes como o da Viúva Negra, por exemplo, que poderiam ser verdeiros representeantes das mulheres nesse meio, aparecem apenas como coadjuvantes.

A Marvel, criadora do Homem de Ferro, decidiu virar esse jogo. A empresa anunciou que com o fim dos quadrinho Guerra Civil II, Tony Stark deixa a armadura do Homem de Ferro para trás e dá espaço para Riri Williams, uma mulher negra.

O Homem de Ferro agora é uma mulher negra

A personagem, segundo a revista Times, é um gênio da ciência que se matriculou na renomada universidade MIT aos 15 anos. Ela chama atenção de Tony quando cria a sua própria armadura do Homem de Ferro no quarto do seu dormitório na faculdade.

Brian Michael Bendis, roteirista do estúdio de quadrinhos, comentou que mesmo os fãs mais assíduos das histórias originais se mostraram abertos à personagens tão diversos e variados como Riri. Aos poucos, a empresa tem apostado na diversidade: ela recentemente anunciou Miles Morales, um jovem negro e hispânico que é o novo Homem-Aranha, e também Jessica Jones, uma personagem forte e que virou um símbolo feminista.

“Alguns dos comentários online, eu não acho que as pessoas têm noção do quão racistas eles são. Eu não estou dizendo que se você criticar, você é racista, mas se alguém pergunta ‘Por que precisamos de Riri quando já temos o Miles?’ é muito estranho. Eles são indivíduos como o Capitão América e o Ciclope. Tudo o que eu posso fazer é mostrar a importância da personagem e talvez eles percebam que esse não é um tipo de pensamento progressista”, contou para a publicação.

Brian, porém, percebe que as coisas já estão mudando porque tanto a aceitação de Riri quanto o surgimento da Thor mulher receberam uma onda de amor e carinho nas redes sociais, além de revelarem novos fãs que a empresa não alcançava antes por falta de representatividade.

O Homem de Ferro agora é uma mulher negra

O roteirista até mesmo comentou sobre a mudança em quadrinho como Os Vingadores, um verdadeiro sucesso nos cinemas, e que originalmente era formado apenas por homens brancos, mas agora conta com uma variedade de personagens muito maior.

“Conversando com qualquer um dos antigos criadores, é o tipo de coisa que eles gostariam de ter feito mais, refletir sobre o mundo ao seu redor. Mas o mundo não estava nesse momento naquela época. Agora, quando você vê uma jovem mulher em uma sessão de autógrafos falando como está feliz por ser representada nesse universo, você sabe que está indo na direção certa”.

Mesmo em ambiente tão machista quanto o dos quadrinho – e da cultura nerd, como um todo – é muito bom ver que, aos poucos, as mulheres estão recebendo o espaço que merecem.

Imagem: Time / Pinterest


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual tema você gostaria de ver aqui?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)