O que você procura?

Quantas juras de amor nos são feitas durante a vida? O amor me foi jurado várias vezes e quantas vezes já ouvi ou já disse “eu te amo e vou te amar para sempre”…  Foram filhos planejados, muitas promessas de uma eternidade que existe naquele momento apenas, sonhos engavetados pelo tempo e, um dia, chegou a hora de dizer adeus, mas o amor ficou.

Não mandamos no nosso coração. Ele é independente e tem vida própria. Como dizia Cazuza, “o nosso amor a gente inventa pra se distrair e quando acaba a gente pensa que ele nunca existiu”. E isso é uma verdade. Muitas vezes usamos o tal amor para distrair a cabeça, para apimentar a vida, para dar emoção nessa montanha russa que cada um carrega dentro de si. Tem uma frase que diz muito sobre esse amor inventado: mulher não ama, mulher cisma! E quando cisma, acredita naquela verdade que ela mesma lhe impõe e aí, vive, experimenta e sente o amor e também morre por ele.

Quantas vezes já se morreu por amar alguém que não deu certo? Paradigmas da vida, vivemos morrendo todos os dias! Dentro de nós findam sentimentos, verdades secretas, desejos, sonhos, tudo isso vai se perdendo e tornando arquivo morto – o que não é diferente quando um amor chega ao fim. É um luto, mesmo que ele tenha sido inventado só porque é amável a ideia de amar. E, muitas vezes, ama-se mais a história de amor que vivemos, que são os planos futuros, os carinhos trocados, o afeto e o cuidado. É como se você estivesse assistindo o seu próprio filme, gostasse do que está na tela e precisasse colocar um fim, seja por falta de amor de um ou de dois, é sempre muito triste.

Mas para toda regra há uma exceção e, assim, nem tudo está perdido nos amores. Existem aqueles relacionamentos que fortalecem o amor fazendo ele durar enquanto vida existir. É muito lindo, talvez uma das mais belas coisas da vida, comemorar uma boda de prata, de ouro ou de diamante. Não importa, mas comemorar aquele amor de duas pessoas, aquela eternidade de carinho, de troca, de afeto, é uma energia que não se explica. Não existe receita, mas quem consegue manter um relacionamento duradouro, hoje em dia, não conta com a sorte ou destino, mas são pessoas que cultivam um tesouro, que fazem um relacionamento valer a pena ser vivido, aprendem com os erros, firmam acordos amorosos, entendem o outro através da empatia.

Enfim, para um romântico, uma história de amor nunca acaba. Fica ali, guardada num cantinho escondido, esperando que talvez um dia ela possa ser contada, revivida ou continuada. Certa vez ouvi uma frase que nunca esqueci: “é preciso escolher bem a pessoa que você quer passar o resto da vida. Você pode namorar vários e descobrir que o primeiro ou segundo namorado é que é o certo e aí você pode voltar atrás e fazer com que dê certo”.

eu-gosto-de-namorar

Quem pode saber o final dessa história? Eu? Você? A vida é tão cheia de surpresas, os sentimentos nos pregam tantas peças, as emoções podem ser tão passageiras… Como você pode prever algo que é tão inconstante?

Não existe fórmula do amor, tão pouco promessas de que vai dar certo para sempre. É no improviso que acontece e pronto. Não temos manual de instruções, nem termo de garantia ou prazo de validade. Simplesmente acontece! E quando chega esse momento a gente quer é ser feliz e aproveitar, viver intensamente o amor, a paixão e se entregar de corpo e alma à relação.

Acredite no amor, mas esqueça as promessas que ele traz, viva o momento e não se preocupe tanto com o amanhã. Às vezes, você está no começo tão gostoso de uma relação, tudo é lindo, mágico e colorido, mas existe aquela parte sua que cria um alerta luminoso porque ela insiste em querer cuidar tanto do que seu coraçãozinho, que já foi machucado tantas veze. Mas esse alerta não deixa você viver a melhor fase do amor simplesmente porque ele faz você sofrer com medo de sofrer. O fato é que o amanhã virá. Não alimente sua ansiedade com medo e sofrimento, alimente seu amor com horas de cuidado e carinho.

Deixa acontecer hoje e se não acontecer o amanhã, você saberá como curar seu coração. A gente sempre encontra uma saída. Apenas não crie expectativas, mas viva o melhor que você tem agora. O amor é um antídoto contra a tristeza, então, ão crie monstros só porque daquela vez não deu certo. Como você vai saber se essa é a vez de dar certo? Apenas se permita viver essa história que é apenas sua, de mais ninguém. Seja dona de si, não permita que os seus medos internos detonem a sua felicidade do presente.

Cuide de você, cuide do seu amor, um dia sempre acontece. Você saberá quando chegar essa hora e, talvez, se você não tentar fazer tudo certinho, ele dure a vida toda, quem pode saber? Aproveite o momento!

Imagem: Pinterest


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)