O que você procura?

Amanda e Carlos já namoravam há meses, era um domingo normal de verão, quando decidiram fazer um programa a dois, como qualquer outro casal faria em um tedioso domingo. Foram a um shopping mais próximo, compraram as entradas para um sessão de um filme nacional, nada muito especial, tomaram um café aguardando a hora da sessão, conversaram amenidades, beijos, carinhos. Eles eram assim, pombinhos apaixonados, quem os olhava provavelmente deveria achar que o sexo deles era tipo algodão doce de cor rosa. Principalmente por Amanda ter um rosto inocente, e uma voz meiga.

Entraram na sessão, sentaram nas cadeiras mais altas da sala, distante do telão, a fileira estaria vazia se não fosse por eles, diferentes das que ficavam na frente que estavam lotadas.

Abraçavam-se e assistiam ao filme, comendo pipoca, fazendo cafuné e dando selinhos inocentes um no outro.
Carlos acariciava o joelho de Amanda, a amostra devido sua saia acima do mesmo. Nessa brincadeira Amanda aproveitou a ocasião e sussurou no ouvido do namorado:

– Amor, tô sem calcinha, não quer subir um pouco essa sua mão, não? Ele a olhou surpreso e sorriu.

– Abre um pouco as pernas então que eu quero conferir.

tumblr_md8celb3of1rhzi7ho1_500

Carlos, subiu lentamente a mão pelas coxas de Amanda, com medo de que alguém da fileira da frente olhasse para trás. Ele passava a mão até o meio da coxa e voltava ao joelho, avançava, chegava próximo a virilha de Amanda e voltava acariciando a coxa até o joelho novamente. E nessa brincadeira, Amanda já estava molhada e arrepiada.

Sussurrando no ouvido de Amanda, Carlos perguntou:

– Tá molhadinha? Vejo seu corpo todo arrepiado.

Carlos com a mão ágil, tocou a púbis de Amanda, sentiu sua buceta molhada, e passou um dedo pelo clitóris e desceu até a entrada da vagina. Amanda se contorceu e mordeu o lábio para não gemer, um dedo a invadiu, depois dois, Carlos a beijou e começou a enfiar os dois dedos de forma delicada dentro dela. Amanda se contorcia e controlava a vontade de gemer e pedir pra ser fodida. Carlos continuava sua tortura tirando os dedos de dentro dela, e acariciando o clitóris de forma pontual. Amanda sentia ondas de prazer subir até a sua cabeça, de repente o condicionador de ar da sala de cinema não dava mais conta do calor que a possuiu. Carlos fazia círculos no seu clitóris e ela se deliciava.

No momento seguinte ela tirou a mão de Carlos de dentro de suas pernas, alcançou o zíper da calça dele e colocou o pau dele pra fora, ali na sala de cinema lotada, sem pudor algum e com o coração a mil com medo de serem pegos, se mexeu na cadeira e ajustou a boca na altura do quadril dele, e chupou o pau dele, uma, duas, três, quatro vezes.

Fechou o zíper dele, ajustou a saia, e sussurou no ouvido do amado:

– Amor, eu quero te dar, mas não aqui, vamos sair!

Arrastou Carlos pela mão até o banheiro no corredor da saída das salas do cinema, entrou no masculino e, por sorte, não tinha ninguém lá dentro, pareciam dois adolescentes se aventurando, entraram em uma das cabines, e rapidamente ele subiu a blusa dela, puxou o sutiã de lado e começou a chupar os peitos dela e a encostar na parede. Chupava um seio, o outro e roçava o pau, já fora, na vagina dela.

– Eu vou te comer agora!

Amanda virou de costas colocou as mãos sobre a parede, empinou a bunda e sorrindo disse:

– Vêm, amor, e come a sua puta.

Carlos louco de tesão enfiou de uma única vez o pau dentro dela e começou a meter forte, o salto de Amanda fazia eco no chão a cada bombada dada dentro dela. Ela queria ser fodida, ela estava louca de tesão, ele nunca imaginou que ela faria algo assim, ela queria mais disso.

Ele entrava, saia, e esfregava o pau nela.

– Amor, quero seu cú, me dá?

– Come, amor, come

Carlos cuspiu bem no meio do reguinho entre as nádegas e começou a esfregar o pau lentamente ali na entrada do cuzinho dela, ela gemia e tremia, e devagar ele empurrou a cabeça do pau no cu dela. Meteu uma, duas…cinco… dez…

– Vou gozar, gostosa, goza comigo também.

E Carlos gozou bem dentro dela, e Amanda não se contentando, acariciou o clitóris sensível e, em segundos, chegou no céu com ele.

Minutos depois de uma transa nada normal, ambos saíram do banheiro, com o mesmo aspecto de casal pudico de sempre.

Imagem: Pinterest

Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!
Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha

@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)