Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Em 2011 tive meu primeiro contato com os produtos eróticos e fui “inocente” ao pensar que seria só uma coisa bobinha para apimentar o relacionamento. A verdade é que essa surpresa foi tão boa, que mudou minha vida para sempre e eu tenho certeza que ela vai mudar a sua tambémTodo mundo tem uma primeira vez, certo? E essa é a minha aqui como colunista do Superela. Seguindo o tema, escolhi compartilhar com vocês uma história sobre primeira vez – a minha primeira vez. A história de como conheci os produtos eróticos e como eles mudaram minha vida.

Minha primeira vez com os produtos eróticos

Ainda na faculdade, descobri que a amiga de uma amiga vendia além de trufas e brigadeiros, os tais produtinhos eróticos. Fui falar com ela e saí com um monte de coisas legais – géis, bolinhas, velas – tudo para experimentar numa viagem que iria fazer. Como toda primeira vez, elas teve pontos positivos e negativos.

Positivos:

  • Os produtos funcionaram bem;
  • Não tive problemas com o meu parceiro;
  • A gente se divertiu muito;
  • Foi uma noite inesquecível.

Negativos:

  • Comprar os produtos eróticos foi esquisito;
  • Não senti confiança na explicação dos produtos;
  • Na hora, esqueci como usava metade dos produtos;
  • Usei alguns de forma inadequada;
  • Alguns sabores eram enjoativos.

Não me entenda mal, o saldo geral foi positivo, mas podia ter sido bem melhor. Naquela época eu ainda não sabia, mas os produtos eróticos iriam mudar a minha vida.

Como os produtos eróticos mudaram a minha vida 1

Eu e ele estávamos empolgados querendo experimentar tudo deste mundo novoAssim que voltamos da viagem, estávamos ansiosos. Combinamos ir a uma sex shop para conhecer tudo e assim podíamos escolher algo juntos.Este foi um dos maiores enganos da minha vida! Se essa tivesse sido nossa primeira vez com os produtos eróticos, com certeza, não estaria escrevendo sobre eles hoje.

Nos sentimos mal desde a chegada na sex shop – que mais parecia uma inferninho. Cheguei até ficar na dúvida se estávamos fazendo algo errado, cogitando tampar a placa do carro. Vai que somos reconhecidos por alguém! Aparentemente, todos na rua olhavam para gente. Lá dentro, a pessoa que nos atendeu também não estava preparada. Ela não tinha conhecimento sobre os produtos e nem tão pouco estava afim de nos ajudar.

– Eu: queríamos conhecer alguns produtos para apimentar nosso relacionamento.

– Sexshop: que tal este vibrador ultra plus size turbo advanced. Custa Cinco Mil Reais.

– Eu: huuummm… na verdade nós estamos procurando algo mais para casal (e bem mais barato).

– Sexshop: esse aqui é bom, foi feito no molde do Kid Bengala. Custa Mil Reais.

– Eu: não moça, olha queria algo para usar com ele, um gelzinho.

– Sexshop: Mmas esse strap-on também dá para você usar nele. Custa só Quinhentos Reais.

Fizemos a coisa mais sensata naquela situação, despistamos a atendente, o que não foi muito difícil depois que ela entendeu que não queríamos gastar mais que um salário mínimo em produtos, e saímos correndo, desesperados acelerando o carro. Desistimos!

Como os produtos eróticos mudaram a minha vida 2

Nunca mais falamos, nem usamos produtos eróticos depois disso. Eu não queria ver, nem ouvir falar sobre eles. Estava traumatizada. Até que o inesperado aconteceu. Pouco antes de visitar a sex shop, eu tinha contado para minha melhor amiga sobre minha primeira experiência com os produtos eróticos na viagem e que eu tinha adorado. Então, em um barzinho com outras amigas e alguns casais, ela puxou o assunto.

O que começou como uma conversa baixinha e só entre as meninas, logo virou uma discussão em grupo e os meninos estavam bem interessados. Aí que contei a história da sex shop e todo mundo respondeu que não tinha coragem de ir. Percebi que não estava sozinha, o sentimento de todos era igual em relação as sex shop e os produtos eróticos. Foi neste momento que os produtos eróticos mudaram a minha vida.

Uma lâmpada acendeu sobre a minha cabeça: ninguém queria passar a vergonha de ir numa sex shop, porém TODOS queriam comprar produtos para melhorar o seu relacionamentoEureca! Desde então eu resolvi me especializar. Criei um blog para discutir o assunto, assim como comecei a testar produtos eróticos de diferentes marcas. Descobri que, embora grande parte tenha a mesma função esquenta, esfria, diminui sensibilidade, aumenta sensibilidade, vibra (sim, alguns vibram), todos eles são diferentes.

Assim como os vibradores. Embora a finalidade seja a mesma – o ORGASMO – cada modelo, cada formato, cada velocidade proporciona uma estimulação diferente. Não existe uma fórmula ideal, é preciso conhecê-los. O prazer é diferente para cada um!

O blog virou uma lista de produtos favoritos e que virou um e-commerce, onde vendemos os produtos que mais gostamos e que confiamos na qualidade. Se você busca informação sobre os produtos eróticos ou tem interesse em encontrar aquele que é o melhor para você, continue acompanhando nossa coluna aqui no Superela. Vamos dar várias dicas e confie em mim: os produtos eróticos também vão mudar a sua vida!

Imagem: Pinterest

Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!
Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha
@ load more