Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Reflexões sobre contar (ou não) que o marido da amiga está em busca de “aventuras amorosas”

Acho que uma grande maioria das mulheres já viveu esse doloroso dilema: contar ou não que o marido ou namorado trai? E isso pode acontecer de várias formas. O dito-cujo pode dar em cima de você, pode pegar alguém numa festa, pode dar em cima de uma amiga sua, você pode vê-lo animadinho em uma festinha ou mesmo você pode encontrá-lo no Happn livre-leve-e-solto.

E o que fazer nessas horas? Contar para a amiga ou segurar a onda e não se intrometer na vida do casal? É realmente uma decisão bastante difícil para tomar, né? Afinal, ela envolve alguns riscos:

Risco 1: sua amiga ficar com ódio de você

Na boa, essa já aconteceu comigo. Contei pra uma amiga o que eu sabia e ela não dirigiu a palavra a mim por uma semana. Até digerir o que aconteceu, ela me soltou: homem é assim mesmo, né? E perdoou a escapadela do dito cujo.

Risco 2: o cara descobrir e tirar satisfações com você

Você contou pra miga e o namorado/marido descobriu. Aí já viu, né? Aí vai de você como agir. Vale uma conversa, um toque, um “respeita minha amiga, seu vacilão” ou mesmo uma ignorada básica. Apenas cuidado com atitudes violentas, se elas existirem.

Risco 3: o casal virar as costas para você

Essa pode acontecer e é bem chata. Sabe aquele lance de que a “ignorância às vezes pode ser sábia”? Acontece! E o casal pode simplesmente ignorar o que houve e a sua existência por tentar alertar a sua amiga.

É claro que cada caso é uma situação específica. Até tenho o meu próprio código de conduta com relação a isso. Reservo o “contar para uma amiga o fato” apenas para amigas que sou muito, mas muito íntima mesmo. Afinal, essa “verdade” pode demandar um abraço bem apertado depois e um apoio incondicional para aquele e para os outros momentos que virão.

Quando eu não tenho muita intimidade, confesso que rola aquela dúvida. Mas, na maioria das vezes, prefiro ficar na minha, afinal, eu não entendo o nível de relacionamento deles e nem das condições que foram pré-estabelecidas para a saúde da relação dos dois.

Agora, de coração, é muito triste ver que uma pessoa que você conhece pode estar sendo enganada. Dá realmente vontade de tentar entender as coisas. Mas elas podem não estar sob a sua alçada no que diz respeito a poder ajudar e remediar a situação.

No mais, de longe, basta desejar que as coisas fiquem bem para ambos. Afinal, quem já foi traído sabe o quanto essa situação é dolorosa e pode afetar para sempre uma relação. Lembrando apenas, e novamente, que cada caso é um caso. Para mim, acho sempre mais importante descobrir em primeira mão. A sensação de estar sendo enganada, para mim, é sempre a pior parte.

Já rolou com vocês essa indecisão? Se sim, me conta aí! Vamos confabular. Fiquei meio perdida quando vi o marido de uma amiga no Happn. E na dúvida, confesso que decidi ficar na minha.

Imagem: Pinterest

@ load more