O que você procura?

Eu não nasci feminista. Cresci achando que era errado usar roupa curta, sentar de perna aberta ou falar palavrão. Eu sou mulher, e mulher não podia fazer essas coisas.

Por muito tempo acreditei que a mulher tinha a função de cuidar dos filhos, cozinhar a janta e lavar as roupas. Rotulei uma mulher como vulgar apenas porque ela tinha vontade de ficar com um cara sem compromisso. Pensei que era normal os homens ficarem com várias mulheres ao mesmo tempo, enquanto a mulher devia ser unicamente de um. Pensei que os homens tinham habilidades a mais que as mulheres, por isso tinham todos os privilégios.

A vida me mostrou que eu estava errada.

https-::s-media-cache-ak0.pinimg.com:564x:9b:97:7e:9b977ed85ed89023c658017f66622c18

A vida me ensinou a ser feminista porque nenhuma mulher merece cantada na rua mascarada de elogio. A vida me ensinou a ser feminista porque eu posso sair de casa com a roupa que quiser sem ser rotulada. Eu posso ser mãe solteira, ficar com vários caras, dirigir, ou ganhar mais que meu marido. Posso ter sucesso no trabalho, criar uma família e ser muito feliz, tudo isso sem depender de um homem.

Quero ter a liberdade de terminar meu casamento se não estiver feliz. Quero viajar o mundo sozinha e não ter medo apenas por ser mulher. Quero aceitar meu corpo do jeito que sou, livre dos padrões que o machismo impõe.

A vida me ensinou a ser feminista porque o estupro nunca será culpa da vítima. Não importa se você bebeu, aceitou beijar o cara ou estava com roupa curta. Não é não. O feminismo me ajudou a aceitar que eu sou dona de mim.

A vida me ensinou a ser feminista porque mulher nenhuma deve ser vítima de violência doméstica (leia mais aqui). Mulher não deve ser submissa ao homem, muito menos deixar o batom vermelho de lado porque alguém disse para o fazer.

O feminismo quer mulheres livres para tomarem a decisão que quiserem (leia mais aqui), sem ter medo da sociedade opressora que vivem atualmente. Nós precisamos de mulheres bem-sucedidas, felizes consigo mesmas, longe da imagem de mulher “loira-magra-perfeita” que o machismo vende.

Eu não quero que as minhas filhas, no futuro, convivam com o machismo. Quero deixar uma sociedade livre de preconceitos para as futuras gerações, então é por isso que essa luta se tornou minha também.

A vida me ensinou a ser feminista porque li muitos textos como esse. Textos que me motivaram a ser quem eu sou, independente do que os outros pensam. Textos que alcançarão muitas outras mulheres por aí, que precisam desse toque de vida para perceber a importância do feminismo em nossas vidas.

Como mulher e feminista, espero que a vida continue ajudando muitas outras “manas” por aí. Posso não ter nascido assim, mas a vida me transformou. Pensem e digam o que quiserem, mas não tem como negar: enquanto nosso lugar na sociedade não estiver estabelecido, isso não vai ter fim. A vida me ensinou a ser feminista e eu agradeço profundamente por isso.


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual tema você gostaria de ver aqui?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)