Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

A vida é algo tão complexo que consegue ser dura e frágil ao mesmo tempo. Rígida na forma de ensinar e doce na hora recompensar nossos esforços. Por vezes reclamamos tanto do que estamos vivendo e esquecemos de olhar para o lado, olhar os outros seres em nossa volta, outras vidas ali presentes. A nossa dor só pode ser sentida por nós mesmos e não podemos desvalorizá-la, mas quando dividimos o peso do que nos aflige, fica sempre mais fácil de encarar.

Se um cuidasse do outro nunca estaríamos desamparados. Devemos parar de querer competir uns com os outros, acabar essa lógica de que há um conhecimento melhor. Ninguém é mais do que ninguém, ninguém é melhor, as pessoas só tem experiências e conhecimentos diferentes. Cada um aprende aquilo que lhe é necessário pra seguir em frente – e isso não significa que o conhecimento do executivo é melhor do que o do morador de rua.

Somos todos peças feitas de vidro nesse jogo chamado vida (leia mais aqui), se ficarmos sempre tentando jogar os outros pra fora do tabuleiro com a intenção de quebrá-los corremos os risco de também acabarmos trincados.

Conheça o significado da palavra empatia, que é diferente de simpatia, comece hoje a colocá-la em prática. Quando nos empatizamos com o próximo, estamos colocando nossas almas em sintonia como forma de auxilio e conforto. E quando nos sentimos perdidos, nada melhor do que ter alguém para dividir a dor e as angustias. Saber que não estamos sozinhos. Aprender a ouvir sem julgar é difícil, mas além de um grande aprendizado, também é uma forma de ajuda. Você não precisa ser ou ter a solução dos problemas do outro. Por vezes, apenas ouvir e acolher já é melhor que muito remédio por ai.

Por vezes, tudo que o nosso “inimigo” precisa é deu um abraço, alguém que olhe pra ele, lhe estenda a mão e diga: estamos juntos! Aliás, vamos abolir essa palavra hoje de nossos dicionários. Inimizades só causam preocupações desnecessárias e um vinculo ruim. Se a vida já se encarrega de nos mandar lições pesadas, pra que dificultá-la ainda mais cultivando o que não nos faz bem? O inimigo do meu amigo não é meu inimigo, é só mais um humano com problemas e que precisa de compreensão.

Exerça a empatia e aprenda a perdoar. O que o outro faz não é problema seu. Você não pode controlar as atitudes e ações do outro. Se ele errou, o problema está nele e não em você que acreditou. Você só pode controlar as suas ações, por isso não importa se o outro faz mal, você tem a escolha de não repetir os erros dele. Opte, independentemente do outro, por fazer o bem. Opte por manter seu coração limpo e livre de rancor (leia mais aqui). Eu acredito muito que sempre atraímos aquilo que emitimos e que  mais cedo ou mais tarde  o jogo chamado vida se encarrega de ensinar o outro. Não preciso tomar essa missão pra mim.

Vamos apoiar mais, entender mais, empatizar mais e principalmente amar muito mais!

Imagem: Pinterest

@ load more