O que você procura?

O corpo fala. Às vezes, sussurra. Às vezes, grita em alto e bom som. E a gente nem sempre ouve. Eu sou do tipo de pessoa que tem pavor de ir ao médico, odeia tomar remédios e morre de medo de doenças (leia mais aqui). Quer dizer, que não, né? Mas isso não me impede de passar por essas três situações, especialmente quando reluto em escutar o que meu corpo tem a dizer. Nos últimos dias, fui obrigada a ouvi-lo.

Primeiro quando uma dor chata nas pernas e nas costas não me largava. Fui ao médico e descobri que parar de fazer exercícios em casa (leia mais aqui) e ficar sentada o dia inteiro estava me fazendo muito, muito mal. E outra prova disso é que qualquer andadinha já me cansava muito, como se eu tivesse corrido quilômetros! Depois, me veio uma gastrite, algo que nunca tinha tido e que não imaginava como doía, queimava, incomodada.

Voltei ao médico e levei outra bronca. A falta de exercícios, novamente, a alimentação toda errada e poucas vezes aos dia foram fundamentais para eu desenvolver este problema. Fora a ansiedade constante também ajudou a causá-lo. Algo que me assustou foi perceber que eu vinha sentindo tudo isso aos poucos, sabe? O meu corpo estava falando comigo que tinha algo errado e que eu precisava fazer alguma coisa a respeito antes que ele começasse a gritar. Não fiz. E ele gritou muito alto. Me deixando de molho, com dores e desconfortável por uns bons dias!

A gente vive num mundo louco. A nossa geração é maluca por imediatismo e para conseguir “tudo que quer antes dos 30” (leia mais aqui), a gente faz as maiores loucuras, como dormir menos de 5 horas por dia, trabalhar muito mais do que o normal, esquecer de comer, querer colocar mil e um projetos em pauta num mesmo minuto… Estou mentindo? Eu faço tudo isso, mas e a minha saúde? Ótimo, posso conseguir fazer tudo que quero, mas e se meu corpo não aguentar?

Depois dessas duas experiências e com a ansiedade constante do dia a dia, vejo que preciso me cuidar mais. Internamente digo, porque a casca, a gente sempre quer manter em ótimo estado, né? Mas não adianta um sorriso no rosto, um está tudo bem saindo dos lábios, se por dentro é puro remédio, dor e desconforto. Juro, não desejo isso a ninguém. Por isso, estou aqui pedindo para você escutar o seu corpo.

Sei que o tempo passa. Que a gente não pode perdê-lo. Que somos intensos, que queremos tudo para agora e que a nossa cabeça está a mil de tantas ideias, sonhos e realizações. Mas, óh, cuide-se direitinho, tá? Se sentir que algo está errado, vá ao médico. Não esqueça de comer. Tente dormir. O seu corpo vai falar e é melhor você ouvir o quanto antes. Ele pode gritar também, e talvez dê tempo de você acudi-lo, mas não espere que ele suspire pela última vez porque, aí, pode ser tarde demais!

Imagem: Cloudy Thurstag / Pinterest


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual tema você gostaria de ver aqui?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)