Receba nossos e-mails incríveis
Amor Sexo Autoestima Corpo Vida Carreira & Finanças Beleza Estilo Vídeos
Escreva seu texto

Leia temas do seu interesse:

/ / /

6 grandes lições de estilo e vida com Iris Apfel

Priscila Citera

Consultora de Estilo

Atendimento: por Skype e no Rio de Janeiro/RJ

Entre em contato

Ontem foi aniversário da Iris Apfel (95 anos), uma mulher singular e entusiasmada por moda e arte. Ela cresceu nos EUA, mas apaixonou-se cedo pelas roupas e acessórios que não cheiravam a Ocidente, iniciando uma coleção que ela mostra com orgulho no documentário “Iris, uma vida de estilo”, gravado em 2014 e ainda disponível no Netflix e que eu assisti ontem, para comemorar e me inspirar.

Licenciada em História de Arte, ela trabalhou como editora no jornal Women’s Wear Daily, onde descobriu que gostava de redecorar as casas dos outros. Já adorava moda, mas ainda estava longe de ser a “starlet geriátrica” (expressão dela) em que viria a tornar-se anos mais tarde. Iris gastaria as décadas seguintes a viajar com seu marido Carl, que morreu no ano passado. Juntos, não perdiam um bazar, onde caçavam pechinchas. Entre as viagens, ela ajudou várias primeiras-damas americanas a decorarem a Casa Branca, com coisas que ela tinha comprado mundo afora. E é claro que trabalhar com arte e decoração interferiu no seu estilo – e vice-versa!

Iris foi descoberta pelo mundo da moda aos 84 anos, e passou a ser reverenciada pelo seu estilo irreverente e criativo, tornando-se um ícone fashion. Mesmo que a decoradora nova-iorquina nunca tenha sido estilista, modelo ou editora de moda, tem mais de 320 mil seguidores no instagram e é inspiração justamente por não seguir regras ou tendências, e ter um estilo único e marcante! Ela cria acessórios e sapatos e apesar de cada peça ser linda sozinha, a graça está na forma como ela as usa juntas, cada vez de uma forma diferente.

Selecionei algumas falas do documentário para mostrar a forma inspiradora que ela vê as coisas:

1. Envelhecimento

“Envelhecer não é para maricas, vou te contar. É muito engraçado”, ela diz. Mesmo com dificuldade para andar e muitas vezes em cadeiras de rodas, vemos que ela faz questão de fazer compras em lojas de rua e manter seu dia com a agenda lotada. Para ela, se você deixa de fazer aquilo que está acostumado por causa da idade, simplesmente vai ficar esperando morrer, sem poder se divertir. É como cair numa armadilha. “Quando sua mente está ocupada, você não sente tanta dor. Graças a Deus eu amo fazer coisas. Eu me sinto abençoada por ter todas essas oportunidades nessa fase da vida”.

2. Beleza

Ela não se acha bonita, mas é feliz por ter se tornado uma pessoa que ela mesma considera interessante. “Quando não se é bonito você é instigado a fazer algo diferente para se destacar”, diz. Se ela não pensou em fazer alguma cirurgia plástica? “Eu sou contra. Você não sabe qual vai ser o resultado, pode ser pior e você sair parecendo uma pintura de Picasso”.

Ela também não concorda muito com o conceito de “bonito”, e acha que a maioria das pessoas não concordam com ela. Ela não liga muito pra isso, e a gente também não deveria, né?

3. Moda

“Odeio quando as peças parecem combinadas, elas precisam parecer únicas”, a frase explica seu estilo e sua excentricidade. Em controvérsia do que muitos esperam dela, Iris não gosta de regras “eu as quebraria” e acredita mais no instinto, então, se é bonito para ela, mesmo que não seja bonito para os outros, tudo bem.

Ela acredita ter sido a primeira mulher a usar uma calça jeans (que ela adora!!) nos anos 1940, principalmente pela dificuldade que foi para conseguir comprar a peça masculina. “Não me venderam. Eu voltei na loja mais de três vezes até conseguir”. Aliás, ela acredita que toda compra é importante e que a gente deve comprar o que gosta: “Eu gosto de coisas incomuns, eu tenho pouquíssimos itens comuns. Tenho muitas peças que são de outras épocas e que você não encontra normalmente”. Tudo que ela compra ou usa tem uma história, e ela faz duras críticas aos estilistas que não respeitam a história para criar roupas novas!

4. Casamento

Ela não queria casar “queria fugir pra casar, preferia o dinheiro”, mas como a família queria uma cerimônia, ela casou e fez uma cerimônia pequena mas luxuosa. Seu vestido de noiva foi de renda rosa: “eu sou muito prática e queria um vestido que eu poderia usar depois do casamento, e não apenas guardar numa caixa”. As demonstrações de carinho, cumplicidade e amor entre os dois é uma beleza a parte no filme!

Carl e Iris Apfel

5. Estilo

Uma das frases mais conhecidas dela é “Pra ter estilo você precisa saber quem você é”. Eu também já falei isso por aqui! Ela acredita que a forma como nos vestimos é uma forma de expressão e de fazer a nossa personalidade brilhar: “Eu acho que as pessoas deveriam se expressar mais, e não só pelo o que está na moda. Pode ser muito bonito e vestir você perfeitamente, mas eu tenho certeza que não veste todo mundo da mesma maneira. Eu gosto de pessoas que se expressam e são individualistas”. Mas, apesar disso, ela não julga a forma como as pessoas se vestem: “É melhor estar feliz do que bem vestido. Então se ela está feliz assim…”

autoconhecimento iris apfel

6. Acessórios

“Aprendi com minha mãe que apenas com um vestido preto, mudando os acessórios, você pode ir a qualquer lugar, incluindo uma festa de gala”, e foi um acessório que virou a sua marca pessoal “Eu comprei os meus óculos em um mercado de pulgas e comecei a usá-los quando precisei. Na verdade, eu gostei tanto deles que, às vezes, eu os usava sem lentes, só como um acessório, já que eles são fantásticos”. Sua coleção de bijuterias virou exposição no Met em 2005 (a primeira exposição sobre uma única mulher!!!), e não foram expostas como arte, mas sim da forma como ela usava para transformar as suas roupas. Não é isso, afinal, que a difere dos outros?

iris apfel 2

Certa vez numa palestra ela disse “Abram seus olhos e suas mentes. Sejam curiosos. Não olhem, mas enxerguem!”. Ela estava falando de moda, mas serve pra vida também! Vida longa a ela! <3

Priscila Citera

Consultora de Estilo

Atendimento: por Skype e no Rio de Janeiro/RJ

Entre em contato

Leia temas do seu interesse:

/ / /

Leia temas do seu interesse:

/ / /

E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!