O que você procura?

É sério, menina! Sexo anal é uma delícia. Poucas coisas na vida são certas como, por exemplo, filme com Denzel Washington é filmaço. Daqueles que você assiste e pensa “puxa vida”. Parece até que ele escolhe cada roteiro a dedo. Então… Sexo anal é que nem filmes com ele: coisa boa. Infelizmente, a maioria de nós, cresce ouvindo que é ruim, que dói. Há até quem diga que dar a entrada dos fundos “é fortalecer o machismo”. Se fosse, eu seria a maior apoiadora do machismo (leia mais aqui).

Pense, por favor, no seu melhor sexo. Aquele que quando vem à sua mente, você até fica excitada de tão bom que foi. Pois bem. Agora multiplique o prazer que você sentiu nesse sexo perfeito por quatro! Esse é o mínimo de prazer que você pode sentir no sexo anal. Vou te contar umas coisas que talvez você não saiba e que vão te ajudar a tentar o sexo anal.

Primeiro, algumas informações essenciais:

– O ânus não tem a lubrificação natural como a da vagina, portanto precisa de um auxiliar;

– Se o homem souber fazer o anal, não dói;

– Se você estiver relaxada, não precisa beber álcool;

– Não é errado fazer, pelo contrário: errado é não fazer;

– O prazer que o sexo anal pode te proporcionar é muito maior que o do sexo convencional.

O auxiliar do sexo anal é o KY (leia mais aqui). Ele faz a lubrificação necessária para a região do ânus e ajuda na penetração do pênis. E sim, você precisa ter a sorte de achar um homem que saiba comer um cu com excelência. Não é fácil! Infelizmente, eles querem logo enfiar a piroca rabo adentro e aí sim, é dor na certa. O ânus tem uns anéis, que se estimulados com jeitinho, carinho e paciência, usando KY, vão se desprendendo e o pênis pode entrar maravilhosamente bem e até, foder com força, caso você queira. No sexo anal, quem comanda é a mulher. Se o cara tiver a inteligência de obedecer ao que ela diz, vai fazer um sexo anal divino – se é que essas duas palavras, anal e divino podem aparecer na mesma afirmação –  e vai ouvir ela pedir pra fazer.

Há quem diga que pra fazer o sexo anal a gente precisa estar bêbada. Só precisa de álcool quando o sexo é ruim, né, miga! Convenhamos! De cara cheia, a gente transa rápido e fica livre. Mas um sexo anal de qualidade, só pede confiança, tesão e vontade. Se você estiver relaxada e a fim de fazer, tendo esse parceiro boy magia que segue as suas instruções, não tem o porquê de beber. O sexo corre com maestria.

Algumas mulheres dizem que é errado fazer sexo anal e que é uma forma de fortalecer o machismo. Menina, pense comigo, se é um sexo que te deixa roca de tanto gritar – sim, amore! É impossível segurar o grito… É tanto tesão, que você pira, te dá um prazer absurdo, te destrói no bom sentido e te proporciona orgasmos inesquecíveis; é pra fortalecer o machismo ou a sua autoestima?

O sexo anal é o que te permite sentir penetração na vagina e no ânus. Olha, é de gozar pirando… Tudo o que eu tentar te explicar sobre o prazer que o sexo anal pode te proporcionar é inútil. Só fazendo pra você saber do que estou falando. A dupla penetração pode ocorrer com o dedo dele, se vocês estiverem de frente ou com um vibrador, se fizerem com você de costas.

As minhas dicas pra quem vai começar a fazer é:

– Fazer sexo convencional antes, para relaxar;

– Tentar com um cara que você confie mesmo, não aquele ficante da balada da noite que você acabou de conhecer e quer surpreender – surpreenda-o com um belo boquete que é muito melhor;

– Pedir que seu parceiro beije as suas costas e a sua nuca – temos áreas exógenas e essas duas, se bem provocadas vão de te deixar maluca;

– Ir dirigindo o seu parceiro. Dizer se ele deve continuar, ir devagar, parar um pouco – isso é normal até o músculo do ânus relaxar;

– Não use travesseiro se estiver de costas pra ele. Ideal é ficar o mais reta possível;

– Só faça se realmente estiver a fim.

De costas pra ele, para intensificar o prazer, você pode usar um vibrador na vagina. Nem precisa ser nada grosso, só precisa vibrar e manter-se lá dentro enquanto ele trabalha em seu bumbum. Depois que fizer e gostar, gozar feito uma maluca e ver o quanto é bom, vale variar a posição! Tente fazer de frente pro parceiro. Assim, você pode gozar enquanto ele te beija e ele pode colocar o dedo na sua vagina enquanto está penetrando a sua entrada dos fundos.

Quanto aos gritos, se eu descobrir uma forma de abafá-los que não seja gritando com a cara no colchão, eu te conto. Abafa pouco, mas abafa. É muito difícil controlar, porquê o tesão é demais. Ah, vale um lembrete sobre a quantidade de KY: não pode ser muito, pois atrapalha diminuindo o prazer. Tem que ser pouca quantidade, de forma que auxilie na penetração. E se prepare para os melhores orgasmos da sua vida! Tô te dizendo… É demais! Tenta e me conta o quanto pirou, moça!

Imagem: Pinterest

Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!
Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha

@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)