Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

A arbitrariedade é tão inflexiva que chega a doer, -“Meu Deus, ele está acima do peso. ” – “Nossa, a minha vizinha depois que teve filhos, nunca mais voltou ao seu peso normal”. – “Caramba, você viu a moça que mudou para o seu prédio? Ela está completamente acima do peso. ” – Desculpe, mas estamos buscando para nossa campanha publicitária, jovens com mais qualidade de vida e que estejam dentro dos padrões”.

Se você realmente acha que essas falas são fortes, eu te convido para analisar pelo menos por alguns minutos o impacto que elas podem causar na vida de quem as ouve. A sociedade é tão impositiva para atingir o seu padrão, que esquece pelo caminho a sua humanidade, deixa para trás valores que são realmente importantes e que mais do que um corpo esteticamente moldado é necessário fazer notar no outro o seu verdadeiro valor, aquele que vem do coração.

Dia 10/09 é comemorado o Dia do Gordo. Não sei muito bem se poderia ser taxado como uma data de felicitação porque o que mais vemos, não somente no dia 10/09, mas em todos os outros dias do ano, é a ridicularização, opressão e insensibilidade que são despejados nessas pessoas que são vistas como “fora do comum” (leia mais aqui). Recentemente a C&A fez uma jogada de marketing que viralizou na internet. “ Sou gorda & Sou sexy”, com uma modelo incrivelmente linda vestindo 44.

A divisão começou exatamente na padronização da modelo. ao meu ver é a tal da hipocrisia mascarada em publicidade convidativa apenas para vender seu produto, sem ao menos importar como sairiam de suas lojas aqueles que realmente não se encaixam no “Sou gorda & sou sexy, ” que ali está sendo vendido.  E quem também é gordo com seu nº 52, ou 54? Não teria o mesmo privilégio de ser sexy também? Então tiremos as máscaras e coloquemos todas as cartas na mesa: quer honrar uma pessoa gorda? Comece por trata-la exatamente como todos os outros seres humanos que você conhece.

Quer fazer a diferença na vida dessa pessoa? Pare de falar que ela precisa emagrecer para ser bonita, pare de falar que ela precisa emagrecer para ter mais qualidade de vida, para isso existem psicólogos, médicos e pessoas muito mais capacitadas e interessadas em realmente ajudar do que apenas se meter na vida alheia – e isso se a pessoa realmente a sim desejar. Quem é gordo, não deve se sentir diferente ou menosprezado por não estar dentro de um manequim 38.

Se você realmente quer fazer um gordo feliz, não o trate diferente em seu dia, (10/09). Trate ele normal em todos os outros dias do ano, isso fará uma diferença que você não será capaz de medir o tamanho. Nós não sabemos as cicatrizes que o outro pode trazer em sua pele, não sabemos por quais lutas diárias o outro passa, não sabemos quais são as causas de suas dores da alma, mas podemos enxergar uma pessoa gorda como ela realmente é: uma pessoa comum, propicia aos mesmos erros e acertos, amores e desilusões, dúvidas e certezas, que qualquer outra que possamos vir a conhecer, se pudermos fazer isso, então seremos pessoas que possuem realmente algum resquício de dignidade.

Não vamos encarar isso como obrigação, porque não deve ser, é apenas o nosso lado do bem que deveria ser maior do que o ego inflado de uma pessoa que possa vir a se sentir melhor do que outra apenas por sua condição física. E a todos os meus leitores “Gordos”, eu os felicito. Não me importa a numeração de sua roupa, e tão pouco o quanto a balança diz que você pesa. A única coisa que espero que tenham, é uma educação melhor do que aqueles que conseguem ver diferença entre todos nós.

E que sejam seres humanos muito melhores do que aqueles que escolhem suas campanhas publicitárias com o foco de fazer apenas um tipo de público se sentir bem. Alguém decidiu que hoje é o seu dia, então eu lhe convido a fazer algo totalmente diferente: se olhe no espelho, se ache incrivelmente linda (o). Não importa o que os outros venham pensar sobre você, desde que em si tenha a plena certeza do quanto você é maravilhosa ou maravilhoso, e quando for amanhã? Faça exatamente o mesmo, e assim consecutivamente.

O único ser humano que deve se sentir incomodado com o seu corpo é você mesmo – e espero que não chegue a essa opinião influenciado por pessoas de pensamentos preconceituosos ou desprovidos de inteligência. Se algo lhe incomodar, mude, mas mude por você. Feliz Dia do Gordo para todos nós!

Imagem: Pinterest

@ load more