Receba nossos e-mails incríveis
Amor Sexo Autoestima Corpo Vida Carreira & Finanças Beleza Estilo Vídeos
Escreva seu texto

Leia temas do seu interesse:

/

4 provas que a Alimentação Consciente e Intuitiva NÃO é mais uma dieta

Lígia Fabreti

Coach de Amor Próprio e Alimentação Consciente

Atendimento: por Skype

Primeira sessão de 30 mints sem custo

Entre em contato

Fique atenta. As palavras a seguir podem te livrar de cair em uma armadilha muito comum!

Desde quando comecei a estudar e ensinar sobre Alimentação Consciente e Intuitiva, percebo uma dificuldade que muitas das minhas alunas enfrentam ao decidir abandonar as dietas e se permitir comer de forma intuitiva: na maioria das vezes, elas não sabem por onde começar.

No começo, muitas comem mais – o que é perfeitamente normal, considerando que passaram tanto tempo em severa restrição e acabam se confundindo ao se deparar com a permissão consciente para comer. Passado esse primeiro momento de euforia, a confusão retorna.

Eu costumo comparar essa situação à de um passarinho, que nasceu e foi criado por toda a vida dentro de uma gaiola. E quando de repente alguém abre essa gaiola, ele não sabe nem como agir. Não sabe como é a vida lá fora.

alimentação consciente

Quando se trata de alimentação, você provavelmente já foi esse passarinho durante muito tempo. Mas, ao contrário dele, você não nasceu assim. Você nasceu se alimentando de forma completamente intuitiva: chorava quando tinha fome, parava de mamar quando estava satisfeita.

Comer era algo natural, e quando você não estava com fome, não estava pensando em comida. Ao longo do tempo a pressão social, os padrões estéticos, a cobrança familiar ou qualquer outro fator externo foram te prendendo aos poucos. Você fez sua primeira dieta, talvez até ainda muito jovem, e o resto da história você já conhece.

Pois é. Agora que sua “gaiola” foi aberta, pode ser que você tenha se deparado com uma realidade perturbadora: Você saiu da dieta, mas a dieta ainda não saiu de você.

Socorro, Lígia! O que fazer agora?

Você tem duas coisas a fazer: 1) Entender de uma vez por todas que a Alimentação Consciente e Intuitiva não é uma dieta a mais e 2) Exercitar sua intuição e confiar nela.

Para eliminar de uma vez por todas qualquer dúvida, a seguir vou te mostrar as quatro grandes evidências que provam que a Alimentação Consciente e Intuitiva não é – nem nunca será – uma “dieta disfarçada”:

Provas que a Alimentação Consciente e Intuitiva não é dieta

alimentação consciente - 2

1) NÃO existem alimentos proibidos

Você pode comer o que quiser. Não existe discriminação entre “comida boa” ou “comida ruim”. Não existe “dia do lixo” (odeio essa expressão!). Quem determina o que você vai comer é a sua intuição, com base nos sinais emitidos pelo seu corpo. E, acredite: seu corpo é sábio o suficiente para te “pedir” os alimentos necessários para sua nutrição/bem estar.

2) NÃO existem horários pré-determinados

Esqueça a orientação de comer de três em três horas. Ou de passar horas em jejum, mesmo você estando com fome. É você (consultando seu corpo) quem decide a hora em que vai comer, com base nas suas necessidades de energia e na sua sensação de fome. Com o tempo, você vai identificar que seu corpo tem seu próprio relógio e vai identificar naturalmente seus próprios padrões.

3) NÃO existem quantidades ou porções definidas

Você vai comer o suficiente para te deixar satisfeita. Não importa se são três colheres de sopa ou um prato inteiro. Você vai comer devagar, prestando atenção à comida e ao ato de comer, e vai parar de comer quando estiver satisfeita. Atenção: durante uma refeição, seu corpo demora alguns minutos para emitir os sinais de saciedade. Se você come sem prestar atenção e devora a comida em 3 minutos, dificilmente conseguirá perceber esse sinal e provavelmente vai comer mais do que precisa, o que fará você se sentir fisicamente desconfortável depois.

alimentacao consciente - 4

4) NÃO existe a negociação constante com a comida

Talvez essa seja a parte mais importante de ressaltar, pois ela tem a ver com a necessidade de você ser honesta consigo mesma e respeitar seu corpo. Não adianta se “permitir” comer um chocolate pensando: “se eu me permitir, vai deixar de ser proibido, então vou perder a vontade”. Não adianta você comer lentamente pensando: “se eu comer devagar, vou ficar satisfeita com menos comida e vou acabar emagrecendo”. Tampouco adianta você pensar “estou me permitindo comer batata frita agora, mas vou comer alface pelo resto do dia”.

O emagrecimento não é o foco principal da Alimentação Consciente e Intuitiva. Isso quer dizer que você vai engordar? Não. Isso quer dizer que você vai emagrecer? Não necessariamente. Alimentação Intuitiva é sobre fornecer ao corpo o que ele precisa, na quantidade em que ele precisa e no momento em que ele precisa. É sobre ser gentil e amorosa consigo mesma. É sobre olhar o corpo de forma completa, sabendo que ele carrega não somente uma parte física, mas uma parte afetiva que precisa de atenção e cuidado.

Muito mais que abandonar as dietas, é necessário abandonar a mentalidade de dietas.

Quando passamos a vida inteira fazendo dieta, sentimos uma necessidade de nos impor regras, de controlar todas as nossas atitudes, porque no fundo não nos achamos suficientemente confiáveis para agirmos por conta própria. Não confiamos na nossa própria intuição. E confiar na própria intuição é o grande segredo.

Então como fazer para confiar na minha própria intuição?

alimentacao consciente - 5

A primeira resposta para essa pergunta seria: Pratique a escuta. Mas, convenhamos, “praticar a escuta” pode soar meio vago. Às vezes a “voz” que fala dentro de nós nos deixa ainda mais confusas. Sabendo disso, vou te contar um segredo: Existem dois tipos de “vozes” falando com você. A voz da mente e a voz da intuição. E é fundamental que você aprenda a diferenciar as duas.

Mas Lígia, como saber qual das duas “vozes” está falando comigo?

É simples. Veja como você se sente depois de ouvir a si mesma. Suponhamos que você consultou a si mesma e pensou em pizza. Olhe de forma crítica para o teor do seu diálogo interno.

A voz da mente faz mimimi, critica, julga. Ela faz você se sentir mal consigo mesma. Ela diz, por exemplo:

“Não vou comer pizza porque estou muito gorda.”
“Não vou comer pizza porque vou à praia no verão e estou horrível”.
“Não vou comer pizza porque as pessoas vão me ver comendo e me criticar”.
“Vou comer pizza porque trabalhei o dia inteiro, estou muito cansada e mereço.”
“Vou/não vou comer pizza porque [insira aqui qualquer outro mimimi].”

alimentacao consciente - 6

Agora, perceba a diferença:

A voz da intuição fala de amor, de cuidado, de compaixão. Ela faz você se sentir em paz consigo mesma e com suas decisões. Ela está intimamente ligada com os sinais do seu corpo e diz, por exemplo:

“Não quero comer pizza agora, porque me sinto inchada depois e quero me sentir disposta durante o dia.”
“Não vou comer pizza porque já comi ontem e agora sinto que meu corpo precisa de algo mais leve”.
“Quero comer pizza, mas está no meio da madrugada e não vou encontrar um lugar para comprar. Não quero me cansar com isso agora. Tudo bem, amanhã eu como, se ainda estiver com vontade.”
“Quero comer pizza. E tudo bem!”

Sempre que for fazer uma escolha, observe quem está falando com você. Mais uma vez, ressalto: observe o teor do seu diálogo interno. Pergunte-se por que você está pensando nisso. E caso você detecte que há qualquer tipo de mimimi, corte-o pela raiz. A intuição não faz mimimi. E é essa a voz que você deve escutar.

Eu tenho um programa online de 33 dias que já ajudou centenas de mulheres a abandonarem o mimimi, ouvirem a própria intuição e assim, acabar com o efeito sanfona e a compulsão alimentar. Ele é especialmente desenhado para mulheres que estão cansadas de esperar o emagrecimento para serem felizes e querem abandonar as dietas de uma vez por todas, sem se preocupar em engordar. Para saber mais sobre o Detox de Dietas, clique aqui.

Espero que esse artigo sobre Alimentação Consciente e Intuitiva tenha te ajudado! Se você gostou, não se esqueça de compartilhar com os seus amigos!

alimentacao consciente - 7

Imagem: Pexels 

Lígia Fabreti

Coach de Amor Próprio e Alimentação Consciente

Atendimento: por Skype

Primeira sessão de 30 mints sem custo

Entre em contato

Leia temas do seu interesse:

/

Leia temas do seu interesse:

/

E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Um email por semana só com o melhor conteúdo do Superela
Você vai adorar ❤
Obrigada!

Recebemos seu pedido de cadastro e enviamos a você um email com o link para você confirmar o recebimento dos nossos emails.

Por favor, acesse seu email e click no link de confirmação.


Click aqui para voltar ao site.
Não perca mais nenhuma novidade!
PGlmcmFtZSBzcmM9Imh0dHBzOi8vd3d3LmZhY2Vib29rLmNvbS9wbHVnaW5zL3BhZ2UucGhwP2hyZWY9aHR0cHMlM0ElMkYlMkZ3d3cuZmFjZWJvb2suY29tJTJGU3VwZXJlbGFPZmljaWFsJTJGJnRhYnMmd2lkdGg9NTIwJmhlaWdodD0yMjAmc21hbGxfaGVhZGVyPWZhbHNlJmFkYXB0X2NvbnRhaW5lcl93aWR0aD10cnVlJmhpZGVfY292ZXI9ZmFsc2Umc2hvd19mYWNlcGlsZT10cnVlJmFwcElkPTE3MTExNDI3NjM4MDkzNiIgd2lkdGg9IjUyMCIgaGVpZ2h0PSIyMjAiIHN0eWxlPSJib3JkZXI6bm9uZTtvdmVyZmxvdzpoaWRkZW4iIHNjcm9sbGluZz0ibm8iIGZyYW1lYm9yZGVyPSIwIiBhbGxvd1RyYW5zcGFyZW5jeT0idHJ1ZSI+PC9pZnJhbWU+
Curta o Superela no Facebook ❤
teste
teste