O que você procura?

É óbvio que já tinha me sentido confortável com alguém me abraçando. É óbvio que já tinha deitado em outros peitos. É óbvio que já tinha beijado outros caras, mas nada se comparava com aquela vez no táxi às 04h30 da manhã de um domingo, nada se comparava a você e seu jeito carinhoso de dizer “vem cá”.

Eu me acomodei no seu peito, ignorei o mundo lá fora e fechei os olhos, tudo que eu sentia era sua mão firme me fazendo carinho na cabeça e, ao mesmo tempo, me segurando quando o carro passava por alguma lombada. Não me recordo de me sentir tão protegida com alguém como naquela noite. Foi o primeiro “vem cá” seu e a primeira certeza que você poderia fazer tudo igual, mas mesmo assim seria diferente.

pequenos detalhes 2

A cama era de solteiro, e você sempre gostou de ter muito espaço, mas eu percebia que você se encolhia para eu ter mais espaço, sempre tinha um esquema para dormir certinho. Primeiro você deitava e depois eu me encaixava, nunca foi tão gostoso dormir com pouco espaço, mas o melhor estava em ouvir quase toda noite o “vem cá” que você falava sonolento. Dormir assim me fazia crer que paixão aguenta pouco espaço, porque dentro do seu abraço era o melhor espaço.

A vida nunca foi perfeita, a gente nunca fez o tipo casal de comercial, sempre fomos bagunceiros e duros na queda, cada um no seu orgulho e teimosia, cada desentendimento você quebrava minha muralha de medo com seu “vem cá” e, mesmo depois de tanto tempo e muitas coisas terem mudado, você ainda é a melhor sensação de começo que meu coração já sentiu.

Era início de novembro, já passava das 22h30 de um domingo, levemente tarde para estar sozinha na estação da Sé, mas você estava lá comigo, mesmo com nossas mãos separadas, seu olhar me deixava segura. Uma frase fria minha, alguns segundos em silêncio e então você falou “vem cá” e consertou o que estava quebrado, em seguida só me lembro da sua mão na minha cintura e sua voz calma dizendo que sentiu minha falta e que tudo ficaria bem, na manhã seguinte tudo estava bem.

pequenos detalhes 1

Vem cá amor, as palavras vão faltar em certos momentos, todas as juras de amor e promessas não vão valer de nada quando estivemos distraídos vivendo na cidade barulhenta. Às vezes, o som do cotidiano estará alto demais para eu conseguir te ouvir. Às vezes, as luzes fortes dos trabalhos acumulados vão simplesmente me cegar temporariamente e me impedir de reparar em você, mas saiba que, mesmo com o mundo vindo abaixo, eu sempre vou sentir você em meu coração.

Porque durante meu dia corrido e complicado eu te sinto comigo, porque você sempre dá um jeitinho de aparecer em meu pensamento, seja numa mensagem simples no Whatsapp, seja em uma simples postagem no Facebook. Meu coração está programado para me lembrar de você, seja no simples ato de mexer a mão e sentir a aliança, seja em ouvir baixinho seu “vem cá”. Meu amor por você está nesses pequenos detalhes, e eu estou louca para ouvir o seu “vem cá” hoje.

Imagem: Pexels


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤