O que você procura?

Esses dias, andando pelo nosso Clube Superela, eu me deparei com uma pergunta interessante: como lidar com a barriga flácida pós-gravidez? Eu não sou mãe, nunca engravidei, mas sei que a barriguinha é um problema para muitas mulheres (e já foi para mim também).

Fui logo pesquisando o que poderia ser feito para ajudar nesse assunto e percebi que, como tudo na vida, a melhor forma de lidar com a barriga flácida pós-gravidez é evitando que ela aconteça. Parece coisa de maluco, né? Mas faz sentido.

É assim, a gravidez, por si só, é um período em que o corpo da mulher muda muito. Ele se adapta a esse novo momento (os quadris alargam, a barriga expande e você passa a comer por dois) e é óbvio que ele não será o mesmo de antes – a gente até já comentou por aqui como a pressão para ‘voltar ao corpo pré-gravidez’ é absurdo. Mas, se você cuidar direitinho do seu corpo e entender que essas mudanças tem uma função, não tem porque ele afetar a sua autoestima.

A gente sabe que muitas mulheres usam a gravidez como uma ‘permissão’ para fazer de tudo: comer tudo o que tem vontade, abandonar a academia e passar todos os dias deitadas no sofá. E essa for a sua escolha, tudo bem, isso não é errado. Mas, a não ser por recomendação médica, você precisa seguir com a sua vida normalmente enquanto está grávida e prestar atenção nas mudanças que o seu corpo está passando. Cada ação tem uma reação, quando falamos sobre o funcionamento do corpo, afinal de contas.

Quer você já tenha uma barriga flácida pós-gravidez, quer você esteja grávida e quer evitá-la, a gente separou algumas dicas:

1.Hidrate-se

Beber água é sempre essencial em qualquer estágio da vida, ainda mais quando você está grávida. Muitas mulheres evitam a ingestão porque sentem vontade de ir ao banheiro com muito mais frequência do que é considerado normal (a bexiga fica bastante apertada com um bebê logo ao lado), mas a desidratação deixa a pele flácida e frágil, com um aspecto muito ressecado e quebradiço. Tomar água é um aliado para evitar e contornar a flacidez.

2.Faça exercícios físicos

Não adianta. Seja antes, durante ou depois da gestação, os exercícios físicos são muito importantes para deixar o seu corpo saudável e funcionando direitinho. Além de aliviar (muito!) o estresse, ele funciona para queimar as calorias extras ganhadas na gestação e também a manter o corpo ativo enquanto você está grávida. O ideal é consultar um médico para saber exatamente o que está liberado (caminhadas e yoga são ótimas opções!) e quanto tempo você precisa ficar longe das academias depois do parto, para que a sua recuperação aconteça sem problemas e os exercícios não afetem a lactação.

3.Cuide da alimentação

Só porque você está comendo por dois, não significa que pode comer tudo o que quiser assim, indiscriminadamente. Evitar a barriga flácida pós-gravidez significa ter uma alimentação que seja saudável como um todo (afinal, flacidez não tem nada de saudável, certo?). Consulte um nutricionista para saber a melhor dieta para ajudar nesse processo e como a alimentação pode ser uma aliada na sua vida no geral – nada de seguir dietas restritivas e da moda durante um período tão importante quanto o pós-parto, em que o bebê depende do leite da mãe para se alimentar. Aqui, como nos outros casos, o cuidado com a alimentação pode começar muito antes do parto, no começo da gravidez (se não antes ainda!), para você ter certeza também que está comendo o que é essencial para o seu bebê crescer bem e forte.

 

Deu para perceber que esses cuidados não são nenhum segredo, certo? E servem para qualquer estágio da vida, não só no pós-gravidez. O principal, porém, é você não se pressionar tanto a ‘ficar em forma’ logo depois de uma gestação. Cada corpo reage a esse período de uma maneira e, às vezes, mesmo com todos os cuidados você pode perceber um pouco de flacidez depois de ter o bebê. O principal é tentar se manter saudável e focar no momento em que você está: aprendendo sobre ser mãe e como cuidar, junto com o seu parceiro, de uma criança.

A amamentação é um processo natural que ajuda na perda de peso da gestação (diz-se que o normal é ganhar até 14 quilos nessa fase) e com o passar do tempo, o seu corpo vai se readaptando e voltando ao ‘normal’. É só ter paciência e cuidar do seu corpo com carinho. Afinal, ele foi (e continua sendo) a sua ferramenta mais importante em todo esse processo.

Imagem: Reprodução / Instagram / Tarah Chieffi


Que tal ajudar a nossa leitora, que está lidando com a barriga flácida pós-gravidez?


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)