Login ou
Não publicaremos NADA no seu Facebook. Pode confiar! : )

O que vocês pensam sobre feminismo?

160 visitas
Não tenho contato com ninguém do meu convívio que seja feminista, só acompanho pela internet. Cresci em uma família bem estruturada, e super mente aberta. Apesar de ter pais super protetores, tenho bastante liberdade de escolher como e quem eu devo ser. Então eu mesmo me considerando uma pessoa mente aberta, e não me considerando machista não entendo a opinião de feministas por aí, por exemplo acabei de ler uma pergunta de uma moça dizendo que não sabia se era virgem, e queria um conselho sobre o que responder ao novo namorado quando ele questionasse ela sobre isso pois queria ser sincera. Vi várias meninas (não sei se tem haver com feminismo ou não) dizer que ele não tinha nada a ver com isso, que o que ela já fez com o corpo dela não diz respeito a ninguém , que ela não tinha que falar nada e etc.. Ou por exemplo aquela moça que apareceu no Facebook , urinando e defecando em uma foto do bolsonaro em um ato feminista. Acredito que no começo feminismo não deveria ser isso né ? O desequilíbrio de algumas pessoas e a completa falta de consideração pelos sentimentos de alguém que não é do mesmo sexo que você ou que não concorda com o que você diz ? Desculpem o texto grande mas queria saber mais sobre o que voces pensam sobre isso..
***** Avatar 14746192790226717926
G
perguntou Mai 2, 2016 em Vida por super Gaaabyy Embaixadora Superela 3 (3,250 pontos)

16 Respostas

O feminismo tem varias vertentes e no caso o ato feminista que você mencionou vem de uma linha mais radical e extremista.

Não faz meu estilo, acho que tudo que é imposto tem uma certa dificuldade pra ser aceito. Mas também não julgo as moças que são radicais, não sabemos que tipo de trauma machista elas passaram para serem tão radicais.

Vou dar um exemplo: uma moça que infelizmente foi estuprada, não podemos julgar caso ela desenvolva misandria (ódio e repudio aos homens), o trauma que ela sofreu foi tão doloroso que seria totalmente justificável o feminismo radical que ela pratica. É nesse caso que praticamos a empatia e tentamos entender o porque dessa atitude e de onde vem isso.

Lembre-se "O machismo mata pessoas todos os dias, o feminismo não". Quantas mulheres sofrem até hoje com o machismo? Se você refletir por alguns minutos com certeza vai perceber que em algum momento já sofreu com o machismo. Em alguma balada, em algum debate, por usar uma saia curta, por ter medo de andar a noite sozinha, no emprego. Enfim, não podemos desmerecer -  nem estou dizendo que vc fez isso -  a causa de outras moças que lutam.

Leia mais sobre o feminismo, você vai entender muita coisa. Não sei se sanei sua duvida, mas tentei hahaha

Beijos :*
***** Avatar 6540847204123548084
L
respondida Mai 2, 2016 por super LariLá Embaixadora Superela 7 (7,918 pontos)
O feminismo tem varias vertentes e no caso o ato feminista que você mencionou vem de uma linha mais radical e extremista.

Não faz meu estilo, acho que tudo que é imposto tem uma certa dificuldade pra ser aceito. Mas também não julgo as moças que são radicais, não sabemos que tipo de trauma machista elas passaram para serem tão radicais.

Vou dar um exemplo: uma moça que infelizmente foi estuprada, não podemos julgar caso ela desenvolva misandria (ódio e repudio aos homens), o trauma que ela sofreu foi tão doloroso que seria totalmente justificável o feminismo radical que ela pratica. É nesse caso que praticamos a empatia e tentamos entender o porque dessa atitude e de onde vem isso.

Lembre-se "O machismo mata pessoas todos os dias, o feminismo não". Quantas mulheres sofrem até hoje com o machismo? Se você refletir por alguns minutos com certeza vai perceber que em algum momento já sofreu com o machismo. Em alguma balada, em algum debate, por usar uma saia curta, por ter medo de andar a noite sozinha, no emprego. Enfim, não podemos desmerecer -  nem estou dizendo que vc fez isso -  a causa de outras moças que lutam.

Leia mais sobre o feminismo, você vai entender muita coisa. Não sei se sanei sua duvida, mas tentei hahaha

Beijos :*
***** Avatar 6540847204123548084
L
respondida Mai 2, 2016 por super LariLá Embaixadora Superela 7 (7,918 pontos)
Oi Gaaabyy não entendo muito, mas posso opinar.

Acredito que tenha mais a ver com empoderamento, igualdade sem discriminação, por exemplo: Eu cresci eu uma família extremamente machista, mas  quem trabalhava fora e sustentava a casa era minha vó, e mesmo assim fomos criadas com conceitos errado, minha vó é europeia e sempre teve preconceito com pessoas negras, mesmo hoje já de idade ela não mudou de opinião. Meu primeiro namorado era extremamente machista e sofri muito com isso...hoje acredito que o feminismo mais explicito como está agora esta ajudando muitas mulheres a se empoderar e isso é ótimo....temos mais voz, lutando por um mundo mais justo, mais igual.

Essa é a minha opinião, espero ter ajudado.
***** Avatar 14746192790226717926
D
respondida Mai 2, 2016 por super Dayah Embaixadora Superela 10! (12,307 pontos)
editado Mai 2, 2016 por super Dayah
+2 Arrasou!
Oi Gaaabyy não entendo muito, mas posso opinar.

Acredito que tenha mais a ver com empoderamento, igualdade sem discriminação, por exemplo: Eu cresci eu uma família extremamente machista, mas  quem trabalhava fora e sustentava a casa era minha vó, e mesmo assim fomos criadas com conceitos errado, minha vó é europeia e sempre teve preconceito com pessoas negras, mesmo hoje já de idade ela não mudou de opinião. Meu primeiro namorado era extremamente machista e sofri muito com isso...hoje acredito que o feminismo mais explicito como está agora esta ajudando muitas mulheres a se empoderar e isso é ótimo....temos mais voz, lutando por um mundo mais justo, mais igual.

Essa é a minha opinião, espero ter ajudado.
***** Avatar 14746192790226717926
D
respondida Mai 2, 2016 por super Dayah Embaixadora Superela 10! (12,307 pontos)
editado Mai 2, 2016 por super Dayah
Como as meninas já explicaram o feminismo,vou dá minha breve opinião:
O feminismo é basicamente a luta por igualdade de gêneros.
Exemp: Da mesma forma que nenhum homem fica se explicando pq é virgem ou n. Se é virgem ou n. A garota tbm tem o direito que guardar aquilo pra ela. Se ela é ou não isso só diz respeito a ela. Assim como os homens, ela n tem obrigação nenhuma de se explicar.

Ter seu direito de contar oq fez ou não no seu passado,não é um ato de feminismo desequilibrado pra mim!
***** Avatar 488017855636498806
Q
respondida Mai 2, 2016 por super QB Embaixadora Superela 10! (11,233 pontos)
editado Mai 2, 2016 por super QB
Como as meninas já explicaram o feminismo,vou dá minha breve opinião:
O feminismo é basicamente a luta por igualdade de gêneros.
Exemp: Da mesma forma que nenhum homem fica se explicando pq é virgem ou n. Se é virgem ou n. A garota tbm tem o direito que guardar aquilo pra ela. Se ela é ou não isso só diz respeito a ela. Assim como os homens, ela n tem obrigação nenhuma de se explicar.

Ter seu direito de contar oq fez ou não no seu passado,não é um ato de feminismo desequilibrado pra mim!
***** Avatar 488017855636498806
Q
respondida Mai 2, 2016 por super QB Embaixadora Superela 10! (11,233 pontos)
editado Mai 2, 2016 por super QB
O que penso sobre feminismo?

Penso que é o caminho para vivermos em um sociedade mais justa, onde homens e mulheres sejam iguais!

Triste saber que ninguém do seu convívio seja feminista. Realmente, o machismo ainda predomina na sociedade.

O que vejo nas redes sociais é que quando uma mulher se posiciona contra o feminismo é por pura ignorância, por desconhecer o que é feminismo!

Meninas, estudem o feminismo e lutem por seus direitos, todas nós mulheres já fomos (e continuamos sendo) vítimas do machismo em diversos momentos de nossas vidas e não podemos nos calar, precisamos trabalhar para mudar essa realidade.
***** Avatar 14746192790226717926
M
respondida Mai 2, 2016 por super Me Embaixadora Superela 10! (51,752 pontos)
O que penso sobre feminismo?

Penso que é o caminho para vivermos em um sociedade mais justa, onde homens e mulheres sejam iguais!

Triste saber que ninguém do seu convívio seja feminista. Realmente, o machismo ainda predomina na sociedade.

O que vejo nas redes sociais é que quando uma mulher se posiciona contra o feminismo é por pura ignorância, por desconhecer o que é feminismo!

Meninas, estudem o feminismo e lutem por seus direitos, todas nós mulheres já fomos (e continuamos sendo) vítimas do machismo em diversos momentos de nossas vidas e não podemos nos calar, precisamos trabalhar para mudar essa realidade.
***** Avatar 14746192790226717926
M
respondida Mai 2, 2016 por super Me Embaixadora Superela 10! (51,752 pontos)
Obrigado meninas, entendi um pouco melhor , mas vou pesquisar um pouco mais pra ter uma opinião mais concreta.
***** Avatar 14746192790226717926
G
respondida Mai 2, 2016 por super Gaaabyy Embaixadora Superela 3 (3,250 pontos)
+2 Arrasou!
Obrigado meninas, entendi um pouco melhor , mas vou pesquisar um pouco mais pra ter uma opinião mais concreta.
***** Avatar 14746192790226717926
G
respondida Mai 2, 2016 por super Gaaabyy Embaixadora Superela 3 (3,250 pontos)
A idéia do feminismo é colocar homens e mulheres em um nível de igualdade.
A partir disso é só você observar o número de situações em que a mulher é vista como inferior (e que o contrário não acontece com os homens). Posso te citar algumas:
- Quando ganhamos menos no mercado de trabalho.
- Quando somos julgadas como péssimas mães por trabalhar fora.
- Quando somos temos que dar satisfação do número de parceiros que tivemos antes do atual.
- Quando um homem nos olha como se fôssemos um pedaço de carne.
- Quando somos julgadas por fazer 30 anos e estar solteira.
- Quando somos criticadas por amamentar em locais públicos.
- Quando somos ensinadas a sentar de pernas fechadas porque isso é coisa de mulher de respeito.
- Quando acham que você não é uma mulher de respeito por qualquer motivo.
- Quando você sofre um abuso e tem que ouvir que você que provocou.
- Quando acham que o tamanho da sua roupa é inversamente proporcional ao valor.
- Quando você é ensinada que mulher tem que lavar, passar e cozinhar.
- Quando você tem medo de andar sozinha na rua e ser estuprada.
- Quando um homem grita baixarias para você na rua, achando que você tem que aguentar calada.
- Quando você é estimulada pela família/ pela religião a continuar em um relacionamento abusivo, pois a mulher deve sempre ficar ao lado do seu marido.
- Quando você é diminuída porque não pode ou não quer ter filhos.
- Quando seu namorado se acha no direito de escolher a roupa com a qual você deve sair.
- Quando você ouve que mulher direita não bebe,  não fala palavrão e não tem parceiros casuais.
- Quando acham que você não é capaz de dirigir direito só por ser mulher.
- Quando usamos sempre xingamentos que dizem respeito à conduta sexual da mulher ( filho da pu**, corno,  vadia, vaca, galinha,  rapariga. ..), mesmo quando o xingamento tem como alvo um homem.
- Quando seu parceiro te trai e você culpa a amante ao invés de responsabilizar o seu par que é a pessoa com quem você tinha um compromisso.
- Quando seu filho não pode brincar de boneca pois acham que isso pode interferir na orientação sexual dele.
- Quando você ensina sua filha a fazer serviços domésticos e não faz o mesmo com seu filho.
- Quando você deixa o seu filho dormir na casa da namorada, mas não deixa sua filha dormir com o namorado.
- Quando você deixa de levar sua filha no ginecologista,  ou deixa de dar a pílula ou a vacina contra HPV para "não estimular" que ela faça sexo.

- Etc, etc, etc. ..
Então quando dissemos que a colega não deve satisfação de sua vida sexual ao seu parceiro é por conta disso tudo que eu disse acima. Porque ele (homem
***** Avatar 14746192790226717926
A
respondida Mai 2, 2016 por super Anitta Embaixadora Superela 10! (40,789 pontos)
A idéia do feminismo é colocar homens e mulheres em um nível de igualdade.
A partir disso é só você observar o número de situações em que a mulher é vista como inferior (e que o contrário não acontece com os homens). Posso te citar algumas:
- Quando ganhamos menos no mercado de trabalho.
- Quando somos julgadas como péssimas mães por trabalhar fora.
- Quando somos temos que dar satisfação do número de parceiros que tivemos antes do atual.
- Quando um homem nos olha como se fôssemos um pedaço de carne.
- Quando somos julgadas por fazer 30 anos e estar solteira.
- Quando somos criticadas por amamentar em locais públicos.
- Quando somos ensinadas a sentar de pernas fechadas porque isso é coisa de mulher de respeito.
- Quando acham que você não é uma mulher de respeito por qualquer motivo.
- Quando você sofre um abuso e tem que ouvir que você que provocou.
- Quando acham que o tamanho da sua roupa é inversamente proporcional ao valor.
- Quando você é ensinada que mulher tem que lavar, passar e cozinhar.
- Quando você tem medo de andar sozinha na rua e ser estuprada.
- Quando um homem grita baixarias para você na rua, achando que você tem que aguentar calada.
- Quando você é estimulada pela família/ pela religião a continuar em um relacionamento abusivo, pois a mulher deve sempre ficar ao lado do seu marido.
- Quando você é diminuída porque não pode ou não quer ter filhos.
- Quando seu namorado se acha no direito de escolher a roupa com a qual você deve sair.
- Quando você ouve que mulher direita não bebe,  não fala palavrão e não tem parceiros casuais.
- Quando acham que você não é capaz de dirigir direito só por ser mulher.
- Quando usamos sempre xingamentos que dizem respeito à conduta sexual da mulher ( filho da pu**, corno,  vadia, vaca, galinha,  rapariga. ..), mesmo quando o xingamento tem como alvo um homem.
- Quando seu parceiro te trai e você culpa a amante ao invés de responsabilizar o seu par que é a pessoa com quem você tinha um compromisso.
- Quando seu filho não pode brincar de boneca pois acham que isso pode interferir na orientação sexual dele.
- Quando você ensina sua filha a fazer serviços domésticos e não faz o mesmo com seu filho.
- Quando você deixa o seu filho dormir na casa da namorada, mas não deixa sua filha dormir com o namorado.
- Quando você deixa de levar sua filha no ginecologista,  ou deixa de dar a pílula ou a vacina contra HPV para "não estimular" que ela faça sexo.

- Etc, etc, etc. ..
Então quando dissemos que a colega não deve satisfação de sua vida sexual ao seu parceiro é por conta disso tudo que eu disse acima. Porque ele (homem
***** Avatar 14746192790226717926
A
respondida Mai 2, 2016 por super Anitta Embaixadora Superela 10! (40,789 pontos)
... continuando:

Porque ele (homem) não é questionado sobre sua conduta sexual, se é virgem ou não,  e não é pressionado por isso.  Sendo assim a mulher também tem o direito de não ser cobrada e pressionada por essa questão.

A necessidade do feminismo está nos pequenos detalhes do dia a dia,  e tudo o que citei foram pequenas coisas que me vieram na cabeça agora.  Mas te garanto que tem muito mais coisas.

Quanto à moça da foto do Bolsonaro, acho um tanto quanto radical e acredito que essa vertente do feminismo acaba afastando até mesmo as mulheres.  

Mas enfim,  você não precisa militar para ser uma feminista.  Você só precisa ser a favor da igualdade e dos direitos das mulheres.

Beijo
***** Avatar 14746192790226717926
A
respondida Mai 2, 2016 por super Anitta Embaixadora Superela 10! (40,789 pontos)
... continuando:

Porque ele (homem) não é questionado sobre sua conduta sexual, se é virgem ou não,  e não é pressionado por isso.  Sendo assim a mulher também tem o direito de não ser cobrada e pressionada por essa questão.

A necessidade do feminismo está nos pequenos detalhes do dia a dia,  e tudo o que citei foram pequenas coisas que me vieram na cabeça agora.  Mas te garanto que tem muito mais coisas.

Quanto à moça da foto do Bolsonaro, acho um tanto quanto radical e acredito que essa vertente do feminismo acaba afastando até mesmo as mulheres.  

Mas enfim,  você não precisa militar para ser uma feminista.  Você só precisa ser a favor da igualdade e dos direitos das mulheres.

Beijo
***** Avatar 14746192790226717926
A
respondida Mai 2, 2016 por super Anitta Embaixadora Superela 10! (40,789 pontos)
Penso que é necessário já que, nós, homens, somos privilegiados em vários âmbitos da esfera social.
Precisa haver equilíbrio, e o feminismo está equilibrando as coisas.
***** Avatar 14746192790226717926
R
respondida Mai 2, 2016 por super Ricardo Coiro Colunista Superela (215,245 pontos)
Penso que é necessário já que, nós, homens, somos privilegiados em vários âmbitos da esfera social.
Precisa haver equilíbrio, e o feminismo está equilibrando as coisas.
***** Avatar 14746192790226717926
R
respondida Mai 2, 2016 por super Ricardo Coiro Colunista Superela (215,245 pontos)
Boa noite, vamos pensar o seguinte: machismo e feminismo, dois extremos, duas coisas que não resolvem nada, só complicam. O certo não é ir aos extremos onde uma parte ou outra seja prejudicada de alguma forma... No caso o certo é a igualdade de ambos os sexos, ambos os sexos terem os mesmos direitos, direitos em qualquer circunstância, seja ela qual for, direito de você ser do jeito que você é sem ser julgado(a) e não um querer sempre ser superior, no caso do machismo o homem ser superior a mulher, no caso do feminismo a mulher ser superior ao homem, ninguém é superior a ninguém, somos todos seres humanos, somos todos iguais, portanto, o certo é a igualdade em qualquer circunstância e qualquer situação. Não é com extremos que vamos resolver qualquer situação, é com igualdade... Revolta não leva ninguém a lugar nenhum... Se a pessoa passou por situações de dor e sofrimento não é se vingando em cima de outros que vai resolver... Procure alguém que te ame... Não é porque uma pessoa idiota te fez mal que todos são iguais... Ainda existem muitas pessoas boas no mundo... Inclusive já vi casos em que homens foram violentados por mulheres e foram pedir ajuda... Será que esses homens devem maltratar todas as mulheres porque uma os machucou?? Pensem!!
***** Avatar 14746192790226717926
A
respondida Mai 4, 2016 por super Andréa Lopes (30 pontos)
editado Mai 4, 2016 por super Andréa Lopes
0 Arrasou!
Boa noite, vamos pensar o seguinte: machismo e feminismo, dois extremos, duas coisas que não resolvem nada, só complicam. O certo não é ir aos extremos onde uma parte ou outra seja prejudicada de alguma forma... No caso o certo é a igualdade de ambos os sexos, ambos os sexos terem os mesmos direitos, direitos em qualquer circunstância, seja ela qual for, direito de você ser do jeito que você é sem ser julgado(a) e não um querer sempre ser superior, no caso do machismo o homem ser superior a mulher, no caso do feminismo a mulher ser superior ao homem, ninguém é superior a ninguém, somos todos seres humanos, somos todos iguais, portanto, o certo é a igualdade em qualquer circunstância e qualquer situação. Não é com extremos que vamos resolver qualquer situação, é com igualdade... Revolta não leva ninguém a lugar nenhum... Se a pessoa passou por situações de dor e sofrimento não é se vingando em cima de outros que vai resolver... Procure alguém que te ame... Não é porque uma pessoa idiota te fez mal que todos são iguais... Ainda existem muitas pessoas boas no mundo... Inclusive já vi casos em que homens foram violentados por mulheres e foram pedir ajuda... Será que esses homens devem maltratar todas as mulheres porque uma os machucou?? Pensem!!
***** Avatar 14746192790226717926
A
respondida Mai 4, 2016 por super Andréa Lopes (30 pontos)
editado Mai 4, 2016 por super Andréa Lopes
Amiga Andréa, essa não é definição de feminismo! Feminista: A pessoa que acredita na igualdade econômica, política e social dos sexos. O feminismo não quer dizer que a mulher é superior ao homem!Leia a respeito, você tá com uma ideia errada sobre nós! Aliás, se você busca igualdade, você é feminista! Bem vinda ao clube :)
***** Avatar 6540847204123548084
L
respondida Mai 4, 2016 por super LariLá Embaixadora Superela 7 (7,918 pontos)
+1 Arrasou!
Amiga Andréa, essa não é definição de feminismo! Feminista: A pessoa que acredita na igualdade econômica, política e social dos sexos. O feminismo não quer dizer que a mulher é superior ao homem!Leia a respeito, você tá com uma ideia errada sobre nós! Aliás, se você busca igualdade, você é feminista! Bem vinda ao clube :)
***** Avatar 6540847204123548084
L
respondida Mai 4, 2016 por super LariLá Embaixadora Superela 7 (7,918 pontos)
Andréa, o feminismo não é o contrário de machismo.
O feminismo prega a igualdade entre os gêneros.
***** Avatar 14746192790226717926
A
respondida Mai 5, 2016 por super Anitta Embaixadora Superela 10! (40,789 pontos)
0 Arrasou!
Andréa, o feminismo não é o contrário de machismo.
O feminismo prega a igualdade entre os gêneros.
***** Avatar 14746192790226717926
A
respondida Mai 5, 2016 por super Anitta Embaixadora Superela 10! (40,789 pontos)
Meninas obrigado de verdade por Mr ajudar a esclarecer , concordo com praticamente tudo o que disseram , mas não concordo mesmo com a parte radical das coisas. Gosto da visão de que somos igual a eles e não temos que ser mulheres maravilhas, lavando, cozinhando, cuidando de filhos enquanto o homem toma uma cerveja no sofá , é claro. Mas ainda sim sou a favor da família, e contra o aborto, o movimento feminista inteiro é a favor? Ou só a parte radical?
***** Avatar 14746192790226717926
G
respondida Mai 5, 2016 por super Gaaabyy Embaixadora Superela 3 (3,250 pontos)
0 Arrasou!
Meninas obrigado de verdade por Mr ajudar a esclarecer , concordo com praticamente tudo o que disseram , mas não concordo mesmo com a parte radical das coisas. Gosto da visão de que somos igual a eles e não temos que ser mulheres maravilhas, lavando, cozinhando, cuidando de filhos enquanto o homem toma uma cerveja no sofá , é claro. Mas ainda sim sou a favor da família, e contra o aborto, o movimento feminista inteiro é a favor? Ou só a parte radical?
***** Avatar 14746192790226717926
G
respondida Mai 5, 2016 por super Gaaabyy Embaixadora Superela 3 (3,250 pontos)
Gaaabyy, explique melhor o que de acordo do seu ponto de vista é ser a favor da família... por favor.

Não sei te dizer com certeza se o movimento inteiro apoia a questão do aborto (na verdade ninguém apoia o aborto e sim a descriminalização do mesmo), mas eu acredito que sim, pois isso é uma questão que diz respeito somente à mulher, e faz parte da liberdade de escolha dela.  É um tema um tanto quanto polêmico, e até foi perguntado aqui no clube recentemente. Acho que seria interessante você dar uma olhada no tópico, não porque quero mudar sua opinião, mas para você poder ver o ponto de vista de quem pensa o contrário.  http://superela.com/clube/58738/discucao-pro-vida-x-pro-escolha

Aliás, se você puder me explicar o porquê você é contra,  eu iria gostar de ver o seu ponto de vista.
***** Avatar 14746192790226717926
A
respondida Mai 5, 2016 por super Anitta Embaixadora Superela 10! (40,789 pontos)
0 Arrasou!
Gaaabyy, explique melhor o que de acordo do seu ponto de vista é ser a favor da família... por favor.

Não sei te dizer com certeza se o movimento inteiro apoia a questão do aborto (na verdade ninguém apoia o aborto e sim a descriminalização do mesmo), mas eu acredito que sim, pois isso é uma questão que diz respeito somente à mulher, e faz parte da liberdade de escolha dela.  É um tema um tanto quanto polêmico, e até foi perguntado aqui no clube recentemente. Acho que seria interessante você dar uma olhada no tópico, não porque quero mudar sua opinião, mas para você poder ver o ponto de vista de quem pensa o contrário.  http://superela.com/clube/58738/discucao-pro-vida-x-pro-escolha

Aliás, se você puder me explicar o porquê você é contra,  eu iria gostar de ver o seu ponto de vista.
***** Avatar 14746192790226717926
A
respondida Mai 5, 2016 por super Anitta Embaixadora Superela 10! (40,789 pontos)
Bom anitta, sou da área da saúde, então sou sempre a favor da vida. Se onde eu trabalho eu salvo a vida de bandidos, que as vezes perdão pelas palavras mas nem mereciam viver, acha que eu seria "contra" a vida de um ser inocente? Temos tantos métodos contraceptivos por aí, temos camisinha, temos pílulas , injeções , e se acontecer, e a mãe não tiver condições , ou não quiser (porque ela tem sim o direito de não querer criar), temos os orfanatos. Sou contra porque acho que mesmo que a mulher seja sim dona de seu corpo, teria outras opções antes de matar . Sei que cada caso é um caso,e tem casos mais serios a levar em conta o aborto, por exemplo em casos de estupro, mas não em casos que a mulher pode evitar mas não quis
***** Avatar 14746192790226717926
G
respondida Mai 5, 2016 por super Gaaabyy Embaixadora Superela 3 (3,250 pontos)
+1 Arrasou!
Bom anitta, sou da área da saúde, então sou sempre a favor da vida. Se onde eu trabalho eu salvo a vida de bandidos, que as vezes perdão pelas palavras mas nem mereciam viver, acha que eu seria "contra" a vida de um ser inocente? Temos tantos métodos contraceptivos por aí, temos camisinha, temos pílulas , injeções , e se acontecer, e a mãe não tiver condições , ou não quiser (porque ela tem sim o direito de não querer criar), temos os orfanatos. Sou contra porque acho que mesmo que a mulher seja sim dona de seu corpo, teria outras opções antes de matar . Sei que cada caso é um caso,e tem casos mais serios a levar em conta o aborto, por exemplo em casos de estupro, mas não em casos que a mulher pode evitar mas não quis
***** Avatar 14746192790226717926
G
respondida Mai 5, 2016 por super Gaaabyy Embaixadora Superela 3 (3,250 pontos)
Entendi Gaaabyy, apesar de não compartilhar da mesma opinião, respeito seu ponto de vista. ;)
***** Avatar 14746192790226717926
A
respondida Mai 5, 2016 por super Anitta Embaixadora Superela 10! (40,789 pontos)
+1 Arrasou!
Entendi Gaaabyy, apesar de não compartilhar da mesma opinião, respeito seu ponto de vista. ;)
***** Avatar 14746192790226717926
A
respondida Mai 5, 2016 por super Anitta Embaixadora Superela 10! (40,789 pontos)
Assim como a Gaaabyy, estou cada dia mais buscando informações sobre feminismo. Incrivelmente, até por conversas recentes com a minha mãe, noto que desde pequena sou feminista. Minha mãe, criada pela avó dela, acreditava uma sociedade onde o homem é o chefe da família, responsável pelas decisões na casa e o sustento do lar, enquanto que cabe à mulher às tarefas domésticas. Incrivelmente, minha mãe aos pouco vem afastando sua postura machista, em especial, porque as mulheres da minha família foram quem efetivamente comandavam as casas. Meu pai, embora nordestino (esclarecendo que adoro o povo nordestino, mas muitos tem uma visão bem machista), é menos machista que minha mãe (que é gaúcha) e sem me incentivou a estudar e trabalhar, ser dona da minha vida e escolher o que quero e que me faça feliz.

Acredito que o feminismo vem ganhando maior força atualmente, visto ser cada dia mais injustificável o machismo, aliado a consolidação de inúmeros direitos humanos. Compreender a mulher como um ser humano igual ao homem, titular de direitos e obrigações, protegida de abusos, assédios e discriminações é papel do feminismo. Posturas radicais temos nas mais varias posturas (políticas, religiosas, por exemplo). Não é a mais adequada, na minha visão, mas determinadas situações - raras - exigem posturas mais extremas e condutas mais radicais (exemplo, engrossar a voz e dar um "chega pra lá" em um homem que está se esfregando numa mulher no metrô).

Quanto a questão do aborto, não se trata de ser favorável ou não. Não sei se faria um aborto, a exceção de ser a gestação fruto de um estupro. Só não acho justificável sua criminalização. Decidir por realizar ou não um aborto jamais será uma decisão fácil para a mulher, e acredito que deveria ter um acompanhamento psicológico para toda mulher que optasse pela interrupção da gravidez. Não creio que obrigar a mulher a prosseguir com a gravidez e entregar o filho para adoção seja tão vantajoso, seja porque o feto vai receber uma carga negativa durante a gestação, por ser indesejado, seja por que o sistema de adoção no Brasil é moroso, cruel e preconceituoso.

Acho válida uma pauta no movimento feminista que é aliar a liberdade sexual da mulher com a responsabilidade na atividade reprodutiva, de forma a melhor orientar as mulheres sobre métodos contraceptivos e sexo seguro (não, tenho amigas que são mães porque confiaram em técnicas como tabelinha, teste do muco ou coito interrompido, além daquelas que não usam camisinha porque o parceiro diz que é igual "chupar bala com papel").

O movimento feminista contribui e pode auxiliar ainda mais, na liberdade sexual da mulher, onde ela faz o que ela realmente quer - no caso, sexo com prazer, e não gestação indesejada.

Beijocas!
***** Avatar 14746192790226717926
M
respondida Jan 27 por super MorenaGabriela C. S. P. Batista Top ♥ (348 pontos)
0 Arrasou!
Assim como a Gaaabyy, estou cada dia mais buscando informações sobre feminismo. Incrivelmente, até por conversas recentes com a minha mãe, noto que desde pequena sou feminista. Minha mãe, criada pela avó dela, acreditava uma sociedade onde o homem é o chefe da família, responsável pelas decisões na casa e o sustento do lar, enquanto que cabe à mulher às tarefas domésticas. Incrivelmente, minha mãe aos pouco vem afastando sua postura machista, em especial, porque as mulheres da minha família foram quem efetivamente comandavam as casas. Meu pai, embora nordestino (esclarecendo que adoro o povo nordestino, mas muitos tem uma visão bem machista), é menos machista que minha mãe (que é gaúcha) e sem me incentivou a estudar e trabalhar, ser dona da minha vida e escolher o que quero e que me faça feliz.

Acredito que o feminismo vem ganhando maior força atualmente, visto ser cada dia mais injustificável o machismo, aliado a consolidação de inúmeros direitos humanos. Compreender a mulher como um ser humano igual ao homem, titular de direitos e obrigações, protegida de abusos, assédios e discriminações é papel do feminismo. Posturas radicais temos nas mais varias posturas (políticas, religiosas, por exemplo). Não é a mais adequada, na minha visão, mas determinadas situações - raras - exigem posturas mais extremas e condutas mais radicais (exemplo, engrossar a voz e dar um "chega pra lá" em um homem que está se esfregando numa mulher no metrô).

Quanto a questão do aborto, não se trata de ser favorável ou não. Não sei se faria um aborto, a exceção de ser a gestação fruto de um estupro. Só não acho justificável sua criminalização. Decidir por realizar ou não um aborto jamais será uma decisão fácil para a mulher, e acredito que deveria ter um acompanhamento psicológico para toda mulher que optasse pela interrupção da gravidez. Não creio que obrigar a mulher a prosseguir com a gravidez e entregar o filho para adoção seja tão vantajoso, seja porque o feto vai receber uma carga negativa durante a gestação, por ser indesejado, seja por que o sistema de adoção no Brasil é moroso, cruel e preconceituoso.

Acho válida uma pauta no movimento feminista que é aliar a liberdade sexual da mulher com a responsabilidade na atividade reprodutiva, de forma a melhor orientar as mulheres sobre métodos contraceptivos e sexo seguro (não, tenho amigas que são mães porque confiaram em técnicas como tabelinha, teste do muco ou coito interrompido, além daquelas que não usam camisinha porque o parceiro diz que é igual "chupar bala com papel").

O movimento feminista contribui e pode auxiliar ainda mais, na liberdade sexual da mulher, onde ela faz o que ela realmente quer - no caso, sexo com prazer, e não gestação indesejada.

Beijocas!
***** Avatar 14746192790226717926
M
respondida Jan 27 por super MorenaGabriela C. S. P. Batista Top ♥ (348 pontos)
Oi! Para participar, faça ou Login

Perguntas relacionadas

***** Avatar 14746192790226717926
R
perguntou Abr 23, 2015 em Vida por super Raphaella (35 pontos)
***** Avatar 14746192790226717926
A
perguntou Mai 23, 2016 em Vida por super Anitta Embaixadora Superela 10! (40,789 pontos)
***** Avatar 14746192790226717926
I
perguntou Jun 18, 2015 em Sexo por super ICC Top ♥♥♥♥ (695 pontos)
***** Avatar 14746192790226717926
M
perguntou Set 14, 2015 em Vida por super Michele Almeida (199 pontos)