Quem somos Termos / Política de Privacidade Contato
< Superela.com
Você está em:
Clube Superela
+18
home recentes populares temas relacionamentosexoautoestimabelezaestilotrabalhoentretenimento perguntar

O que vocês pensam sobre feminismo?

Raphaella . 5 anos

8 Respostas

LarissaaAlvees . 5 anos
É tão chato e ridículo quanto o machismo!
0 arrasou
Anitta . 5 anos
Acho que é um mal necessário.
O ideal seria não haver o machismo,  e então consequentemente não precisaríamos do feminismo.
Mas em uma sociedade que oprime as mulheres,  é uma maneira de lutar pelos próprios direitos. Acho que alguns movimentos mesmo  sendo criticados, (como as marchas, por exemplo),   são válidos a partir do momento em que trazem à tona temas importantes como violência sexual, aborto etc.
Eu particularmente não gosto muito das feministas extremistas, pois acho que a forma como colocam muitas coisas se torna agressiva, e faz com que várias pessoas se posicionem contra o feminismo,  pois acabam achando que feminismo é o contrário de machismo, e isso não é verdade.
Acredito que na essência o feminismo não é contra os homens,  e sim a favor da igualdade da mulher.
+2 arrasou
Aline Xavier . 5 anos

Sou feminista há relativamente pouco tempo (dois anos), e me assumir como tal foi uma das melhores decisões que já tomei na vida.

O feminismo tem várias vertentes e algumas delas discordam em umas (ou inúmeras) pautas. 

A ideia principal do feminismo, a premissa básica, é a igualdade de direitos e oportunidades entre homem e mulher. A melhor forma de adquirir conhecimento é acessando bons blogs, acompanhando perfis de feministas mais influentes e fanpages com conteúdo relacionado. As blogueiras feministas tornam o conteúdo muito transparente através da narração de suas vivências diárias (e isso vale mais do que qualquer teoria). 

Ao contrário do que o senso comum prega, feminismo não é o oposto de machismo. O machismo prega a supremacia masculina sobre a mulher e o feminismo visa a equidade.

Espero ter ajudado, Rapha! Se quiser saber mais sobre o assunto, é só dar um oi no Facebook! <3

+4 arrasou
QB . 5 anos
Eu não posso me considerar uma feminista por completo, pois não me aprofundo muito no assunto!
Mas se tem uma coisa que eu sei, é que de ridículo não tem nada!!! As pessoas hoje em dia, nem se informar pelo menos sobre o conceito básico do feminismo tenta e já vai julgando, não é assim não! Eu vejo como um jeito de nos defender e melhor NOS UNIR, contra os abusos do machismo, seja ele sexual, verbal, agressão tudo isso.Uma forma de nos ajudarmos umas as outras, a abrir os olhos e bater de frente com os machistas.Uma forma de nos defender e evitar dores futuras.
Basicamente falando lutamos pelos direitos iguais, tanto na vida, quanto no ambiente de trabalho....Claro que tem as "radicais" que levam tudo pelo lado do feminismo, fica analisando cada comentário ou atitude de um homem e vai lá agir de forma agressiva, sem um motivo mais relevante. Mas essas são poucas, existe muitos outros blogs, sites legais sobre o assunto. Só saber diferenciar as situações e olhar ambos os lados com justiça, que tudo dá certo! bj
+2 arrasou
tmb super apoio o movimento..é uma luta por nós,assim como tem grupos lutando pelos direitos dos negros,gays,pobres...ainda há quem ache q no brasil não tem mais racismo,e feminismo é bobagem..qnd a verdade é q a maioria dos jovens pobres assassinados e no crime são negros..um negro dirigindo um carrão já é visto com desconfiança,qnd não é desrespeitado..e mulheres sendo mortas,assediadas e humilhadas pela mídia,nas ruas,por namorados e maridos q julgam ser donos delas..se feminismo fosse coisa pouca,não teria uma lei do feminicidio,aprovada recentemente..penso q quem não conhece,deveria procurar saber,mulheres principalmente..mas nunca menosprezar..olhe como foi o passado das mulheres,qnd nossas avós mts vezes não tinham leias q as protegiam,a própria família as obrigava a ficar com um marido agressor,havia até uma lei q permitia q um marido traido lavasse a honra,assim justificando espancamentos e homicidios...um tempo q não tínhamos voz e q nosso destino era casar e procriar...a luta está longe de acabar,da nossa vizinha oprimida ás mulheres árabes q sofrem horrores..do véu cobrindo o rosto como se elas fossem um animal doméstico á mutilação genital,a obrigação de casar com seus estupradores pra salvar a honra da família..aqui são os crimes covardes contra nós,o salario desigual,a nossa imagem na mídia,q nos mostra como meros símbolos sexuais,ao mesmo passo q qualquer coisa q diga respeito a nossa sexualidade ou qq comportamento nosso,já é motivo pra sermos desrespeitadas,xingadas,como se apenas valêssemos na mídia mostrando nossa bunda sem estria pra alegria da macharada...enfim,a luta feminista aqui e no mundo é tmb uma luta feminina,pra nós sermos nossas donas,das nossas vidas e dos nossos corpos..não os homens,nao a mídia,não a sociedade
+2 arrasou
Alcione J. Silva . 5 anos
Eu não sou ativista, comecei a conhecer os pilares do feminismo recentemente. E neste pouco tempo posso dizer que tenho sido ajudada.
Não pretendo ser radical, pois nada ao extremo faz bem. Mas entenda que o feminismo não é ódio aos homens. Feminismo é a mistura de conhecimento sobre as dificuldades que enfrentamos ao longo da história junto com o empoderamento, ou seja, nossa autoafirmação.

Quem diz que toda feminista não se depila ou não se maquia... MENTE!
Quem diz que toda feminista ODEIA homens... MENTE!
Quem diz que toda feminista é ou precisa ser lésbica... TAMBÉM MENTE!

Ser feminista é ter consciência de que MERECEMOS direitos iguais e não nascemos para ser dominadas. Estamos em pé de igualdade, não somos superiores nem inferiores.

Caso tenha dúvidas (como eu tenho muitas), a solução é estudar, ler e absorver. O feminismo nasce de dentro, é instinto que merece ser atendido. Eu apóio à minha maneira!
+1 arrasou
Suzana Franco . 7 meses
Na minha opinião, o constante ataque aos homens pela ideologia retórica feminista tem de parar. Foi o homem que construiu este mundo com seus escritórios, empresas, organizações e permitiu que as mulheres fossem financeiramente autossuficientes pela primeira vez na história. Isso não só no passado. É também o homem que está constantemente fazendo o trabalho sujo que mantém esse mecanismo fantástico da moderna sociedade industrial e pós-industrial. Essa falta de gratidão ao homem é um veneno terrível no feminismo contemporâneo. A liberdade moderna das mulheres vem deste mundo que o homem criou. Então, para mim, a grande resposta é que o feminismo precisa parar de atacar o homem. Há homens que se comportaram mal, eu acho que eles são uma minoria. Eu sou uma feminista da equidade, eu quero que o mundo público seja estruturado de uma forma que permita às mulheres avançarem igual aos homens nos campos profissional e político. É sobre isso que o feminismo deveria tratar. O feminismo não deveria tentar mudar as pessoas em suas vidas privadas, foi aí que ele deu errado. Eu quero que esse limite seja estabelecido para que se torne racional de novo e seja respeitado novamente. Para isso, o feminismo não pode permitir que mulheres loucas, realmente neuróticas, se tornem o rosto do movimento. Isso está afastando as mulheres racionais modernas. O feminismo não pode ser um lugar para as mulheres que têm ódio ao homem e problema terríveis em suas vidas privadas. Movimentos políticos costumam atrair pessoas loucas e fanáticas e, a longo prazo, isso tende a ser uma praga. Isso realmente aconteceu na primeira onda do feminismo. As pessoas em geral tendem a se afastar dos movimentos quando esses atraem fanáticos.
0 arrasou
Gabiisoares . 7 meses
gente onde é fanatico querer equidade do mundo? voces estão falando de femistas, não é o movimento que me encontro desde os 8 anos não
0 arrasou

Sua resposta AQUI

Que bom que vai responder!! Só lembrando que estamos aqui para realmente AJUDAR outras pessoas, então pense nisso! Obrigada! :)
relacionamentosexoautoestimabelezaestilotrabalhoentretenimento
Resposta atualizada
🙋 Editar resposta 🙅 Excluir resposta 👀 Ocultar resposta 👀 Republicar resposta 😠 Denunciar resposta 😠 Remover denúncia
...