Giselle F.

Pernambucana por nascimento e paulista por consequência da vida. Mora na terra da garoa há 15 anos e aprendeu a ver beleza nas pequenas coisas, em tudo que passa despercebido pelo olhar da maioria. Essas coisas ela chama de miudezas e decidiu, então, colocar todas elas no papel. Quando sente demais, transborda palavras. Quando sente demais, transborda em palavras.