Guadalupe Sampaio

Advogada por natureza e por formação, servidora pública pelas mãos do destino, mãe de dois bebês bulldogues, amante de decoração e entusiasta e (auto)descobridora do empoderamento feminino. Sou alguém que não consegue ser imune ao que se passa ao meu redor. A vida, a meu ver, deve ser vista, ouvida, tocada, sentida. E isso faz com que eu sempre tenha interesses novos todos os dias (sim, sagitariana, obrigada!). Gosto de ler, de apreender o meu entorno e falar sobre minhas conclusões – acertadas ou não – sobre o que vivencio. E escrever é a minha válvula de escape de tudo que absorvo do mundo. Escrever para mim é se soltar por um mundo só seu e permitir ao leitor embarcar e, talvez, se reconhecer nele. E assim você se descobre pertencendo a quem te lê e quem te lê a você em alguma medida maravilhosa de identidade.