Kezia Martins

Considero a minha cidade o fim do mundo, mas foi aqui que aprendi a decorar versos de Tati Bernardi e Caio Fernando. Pretendo cursar Jornalismo até o ano que vem e escrever um livro no qual ainda não achei o final. Gosto de analisar tudo que está em minha volta e fazer questionamento dos mais diversos assuntos. Fui inspirada pelo meu tio a escrever e hoje conheço um mundo que até agora poucos se atreveram a entrar. O meu.