Livia Oliveira

Aspirante a chef, tenho pavor de rotina. Amo viajar, e viajo sempre que posso. Amo gatos, mas morro de alergia, luto Muay Thai mas não consigo abrir um (maldito!) pote de palmito. Leio muito e de tudo: de horóscopo à teoria de conspiração. Sou mineira e falo uai, como queijo e tomo pinga da braba. Curiosa na mesma proporção que desastrada, sou intensa. Gosto de escrever e imaginar um cenário, um romance, uma trama e o amor dos meus sonhos. Ouço Cássia Eller, Ritta Lee, Nando (lindo) Reis, Los Hermanos, Pink Floyd, OASIS, Mamonas Assassinas... Amo Cazuza e tatuagens. Não entendo o amor, e é aí que mora o seu encanto: a matemática pode ser entendida, o amor não. Sempre tive uma queda pelo impossível.Pode ser que eu passe minhas horas livres malhando ou dançando cancan, você nunca vai saber.