Maria Beatriz Castro

Sou uma luso-brasileira de 22 anos que se dedica a problematizar todo e qualquer sinal de sexismo em nossa sociedade. Antes de nadar de braçada no smokey eye, a militância sempre foi minha praia. E não venha dizer, na minha lata, que não estou no meu lugar, ouviu?! Afinal de contas, feminismo é sobre o empoderamento -- e essa questão também passa pela aparência. Seja na nuance da aceitação ou do questionamento dos padrões. Para quem está acostumada a ser moldada pela sociedade, orquestrar as próprias pinceladas é revolução. Com a fúria no olhar de quem tem que parcelar (e muito!) no crédito, me recuso a mirar o desenrolar da vida no contra-plongée. Ps.: Ah! Sou jornalista e, até o fim do ano, também serei maquiadora profissional. Acredito eu que ainda degustarei um curso de teatro e entrarei em cena nas sonhadas classes de enologia.