Sâmela Faria

Acredita na vida, acredita no amor e consequentemente nas pessoas. Mas dispensa os monstros que, às vezes, se enterram nelas. Odeia o dito cujo denominado TEMPO, ele lhe dá calafrios. Odeia também sua parte que chora e odeia mais ainda sua outra parte colaboradora que se entrega à dor. Escreve em busca de salvação e gosta de pensar que salva o dia de alguém também. Na vida aprendeu que, mesmo que inúmeras forças queiram nos derrubar, a única pessoa que pode lutar contra somos nós mesmos. E é nisso que leva fé.