O que você procura?

O inverno só tem duas semanas e ainda que eu more no Rio de Janeiro e algumas pessoas digam que aqui nem tem inverno (tem sim!!), eu já estou sofrendo. Já estou sentindo a pele mais seca, e acabei de me recuperar da primeira gripe de algumas que ainda virão por aí.

Mas, o que me faz sofrer MESMO no inverno é pensar nas pessoas que moram nas ruas e não conseguem se proteger das temperaturas mais baixas, e por isso pensei em fazer esse texto.

Como consultora de estilo e colunista de moda, desde 2015 eu venho aqui falar sobre o que tem de novidade nas vitrines, e dar dicas de estilo, mas sempre tento equilibrar com textos mais conscientes, que façam as leitoras pensarem no nosso papel no mundo, já que somos todas engrenagens de uma máquina só – e que precisa da nossa ajuda pra funcionar bem!

Eu já falei aqui várias vezes sobre consumo consciente, e já dei muitas dicas pra você perceber que não precisa comprar mais peças e sim olhar de uma forma diferente para as peças que já tem no guarda-roupas, e esse texto de hoje vai unir todas essas informações para fazer você desapegar de roupas que não usa mais para aquecer quem precisa delas de verdade.

O que doar?

doar_muitas roupas

Quando eu conheço o guarda-roupas da cliente e proponho essa “faxina” a gente separa as roupas em pilhas, e a pilha de descarte inclui peças manchadas, rasgadas, com o prazo de validade vencido. Numa outra pilha, a gente coloca peças em bom estado e que não servem PARA ELA, por conta do estilo dela, do corpo dela ou da mensagem que ela quer passar, mas que ela pode dar ou vender para outras pessoas. Descartar é diferente de doar, e as peças que servem para doar são diferentes das peças que devem ser descartadas.

É muito importante ter essa consciência na hora de avaliar as peças, para não humilhar ainda mais as pessoas que estão em situação de rua, dando peças que estão ruins demais para serem vendidas ou trocadas com uma amiga, por exemplo. Isso também deve ser avaliado quanto à funcionalidade da peça. A mulher que mora na rua não vai conseguir costurar um botão, ou um rasgado, por exemplo, e se ela não conseguir consertar, você só vai ter repassado o problema pra ela: A roupa que antes ficava parada no seu guarda-roupas agora vai ficar parada no canto da calçada ao lado dela.

É óbvio que no frio, ela vai preferir usar algo manchado que não usar nada, porque pelo menos ela vai ter isso. Essa é a diferença entre precisar e querer. Você tem um guarda-roupas lotado de peças que não usa porque quer ter variedade (não tem nada de errado em ter quantidade, desde que você use tudo que tem!!), e essas pessoas precisam de uma, apenas uma peça, para se protegerem do frio. E quanto melhor a peça estiver, melhor. Você vai ter a sensação de que fez o bem para alguém e não apenas desentulhou o seu guarda-roupas, eliminando peças que não serviam mais pra você.

Doar é um exercício de empatia e de amor ao próximo, mas você não precisa doar algo que ainda sirva pra você, ou que não vai servir pra mais ninguém, e para te ajudar nessa triagem, eu preparei um e-book gratuito, que você pode baixar acessando esse link aqui, no meu site. Nele eu explico como avaliar cada roupa, o que se perguntar antes de tirar ou manter uma peça, e se ela deve ser doada ou descartada e dicas para fazer compras assertivas, e só comprar peças que (ao contrário dessas que você vai doar), não vão ficar paradas no armário.

Para quem doar?

Se você conhecer alguma ONG de confiança, ótimo. Mas você não precisa pesquisar onde tem uma ONG ou posto de arrecadação de agasalhos perto da sua casa ou se a igreja mais próxima está recebendo doações.

doar_campanha-do-agasalho

Se você colocar o agasalho numa sacola plástica e encontrar alguma mulher na rua no seu caminho de casa para o trabalho, é só entregar a ela. Os shoppings costumam fazer campanha do agasalho nessa época, e sempre tem alguém que conheça quem está precisando ou arrecadando.

Lembre-se: cabide não sente frio! Se você não usa mais uma roupa, ela pode aquecer alguém!


Agora que você sabe como doar suas roupas, que tal ajudar alguém que quer fazer o mesmo?


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤