O que você procura?

OUÇA AO SOM DE:  

Era um sábado qualquer e eu estava com aquela vontade de ficar em casa, assistindo um filme. Somente eu e um pote de sorvete. Mas não podia, pois era aniversário da Aninha. As amigas todas iriam, jamais me perdoariam se eu não fosse.

“Vamos, vamos, não aceito não como resposta!” – As mensagens no meu Whatsapp choviam desde à tarde.

“Ok, estarei lá” – Eu simplesmente não tinha escapatória. Seria crucificada em praça pública se não fosse, afinal, era o aniversário da minha melhor amiga.

Comecei a preparar meu psicológico de que iria me divertir aquela noite. Estava precisando mesmo… Não lembrava da última vez em que havia saído para uma balada. O coração também andava meio capenga, sobrevivendo aos trancos e barrancos em uma vida sentimental um tanto quanto fracassada.

Coloquei “Hands to Myself”, da Selena Gomez, para tocar enquanto tomava um banho caprichado. Aquela música me envolvia em cada célula do meu corpo. Dancei, rebolei no chuveiro. Nem parecia a mesma pessoa que há uma semana chorava por quem não merecia.

conto erótico superela 1

Coloquei meu melhor vestido, aquele que me deixava, como ele costumava dizer, “a mais gostosa de todas”. Realmente me sentia uma deusa dentro da peça Realçava meu bumbum redondinho, deixava meus peitos lindos. Era extremamente sexy e não me deixava vulgar.

Fiz uma maquiagem bem night e me perfumei do pescoço até o pé. Aliás, o esmalte vermelho e a sandália com apenas duas tiras completavam o look de parar o trânsito. Pronto, assim que eu gosto. Estou linda, ou melhor, maravilhosa. Era isso que eu dizia pra mim mesma antes de sair. Se um babaca não quis enxergar um mulherão desses, foda-se.

Peguei a chave do carro. Parei por dois segundos e pensei em como eu ia voltar se bebesse. E certamente eu ia beber, afinal a meta da noite era se divertir. Larguei a chave e peguei o celular. Quer saber, vou chamar um motorista pelo aplicativo, pensei. Tempo de espera: 4 minutos. Perfeito! Logo em seguida apareceu a foto do meu motorista: Diego, Jetta seria o carro. Hummmm, mocinho interessante, pensei. Se a Aninha estivesse comigo, já estaria a estas alturas tentando adivinhar a idade dele somente pela foto, ela adorava fazer isso.

Apareceu o carro, confere a placa, era ele. Fiz sinal para que me avistasse. Diego abaixou o vidro e me avisou que pelo horário eu poderia sentar na frente que seria mais seguro, mas que eu ficasse à vontade.

“Tudo bem”, respondi.

“Que homem lindo, Senhor!”, era só o que eu conseguia pensar. E o perfume? Eu tinha um fraco por perfumes masculinos, entravam como álcool na minha corrente sanguínea. Dei uma suspirada, ele perguntou se estava tudo bem. “Estou ótima”, respondi.

“Você vai no Pub Fortaleza, certo?”

“Sim, vou sim”. Percebi que o trajeto já estava no GPS. Tempo até chegarmos lá: 40 minutos.

Puxa, porque a Aninha escolheu um lugar tão longe? E porque eu me sentia tão desconfortável? Porque meu coração batia descompassado? Ei, ei, Carol, o que está acontecendo?

“Então, você trabalha somente como motorista?”, resolvi quebrar o iceberg do silêncio inebriado de perfume importado.

“Não, não. Trabalho para o aplicativo nas horas vagas. Na verdade sou corretor imobiliário. Está precisando comprar um apartamento?”, perguntou abrindo um sorriso. Deus, que sorriso era aquele?

conto erótico superela 2

“E você, Carolina?”

“Ah, pode me chamar de Carol”, corrigi. “Trabalho com Marketing. Posso fazer uma propaganda dos seus apartamentos”.

“Hahaha, não me ofereça que eu vou aceitar”.

Nosso papo foi fluindo naturalmente, fui ficando cada vez mais à vontade. Diego tinha 35 anos, Aninha diria que era meu número.

Conversamos sobre tudo, vida, hobbies, e nem sei dizer como entramos no assunto relacionamentos. Só sei que quando vi estava ouvindo que ele não namorava fazia 3 anos. E enquanto eu contava que quis namorar, mas não fui correspondida na mesma moeda, percebi que ele olhava minhas pernas disfarçadamente.

Fui sentindo uma sintonia entre a gente, estava sim surgindo um clima. Enquanto um anjinho sussurava no meu ouvido: “Você está louca? Ele é seu motorista! Não pode fazer isso!”, um diabinho do outro lado gritava: “Pode sim! Vai fundo! Ele é solteiro, você também!”.

Empurrei o anjinho pra longe e decidi que ia fazer o que me desse vontade. Foi quando um carro à nossa frente parou bruscamente dando sinal para a direita edecidiu entrar no motel que estava próximo.

Diego comentou: “Nossa, que vontade imediata tiveram eles”, soltando aquele sorriso.

“Sim, este é o tipo de lugar que não precisa marcar pra ir. É só decidir na hora e entrar”, falei junto com um sorrisinho provocativo.

Surpreendentemente Diego diminuiu a velocidade, olhei pra ele fixamente e então me perguntou: “Quer entrar aqui é Carol?”

“Por que não?”, respondi e deixei que ele decidisse.

Rapidamente o Jetta já estava entrando naquele motel. Deus do Céu, não estava acreditando na loucura – a maior de todas da minha vida –  que eu estava prestes a cometer.

Assim que entramos no quarto ele foi direto ao Frigobar e pegou duas long-necks.

“Você está dirigindo. Não pode beber, sabia?”, falei com um sorriso no canto da boca.

“Aos acasos e surpresas da vida”, respondeu fazendo um brinde.

Deu um gole com vontade na cerveja e me segurou pela cintura. Largou a cerveja e a outra mão segurou minha nuca. A vontade que ele tinha de mim era muito maior do que da cerveja gelada.

Me deu um beijo de tirar o fôlego, lambeu meus lábios, sugou minha língua. Beijo demorado, profundo. Flutuei, naquele momento cada célula do meu corpo desejava aquele homem.

conto erótico superela 3

Deitamos na cama e nos descobrimos. Enquanto nos beijávamos com vontade, com tesão, com desejo, nossas mãos percorriam uma o corpo do outro. Coloquei a mão no pau dele, o senti duro, firme, fiquei com mais tesão ainda.

A calcinha estava molhada quando me tocou lá embaixo. Nossa! Colocou um dedo dentro de mim, retirou e lambeu, provando meu gosto. Enfiou novamente, colocou na minha boca para que eu também sentisse.

“Que sabor delicioso você tem, quero mais de você”, sussurou no meu ouvido.

Foi quando desceu sua boca para os meus seios, puxou-os para fora do vestido, sugou, abocanhou um, depois o outro.

Desceu mais, retirou minha calcinha e caiu de boca na minha boceta que, a estas alturas, estava ensopada.

Que língua era aquela? Ninguém tinha me chupado daquele jeito antes. O orgasmo foi rápido, intenso, me contorci de prazer com aquela boca.

“Você é muito gostosa, muito”, dizia repetidas vezes.

conto erótico superela 4

Tiramos nossas roupas e partimos para o segundo ato. Deitada de costas, com aquele homem alto ajoelhado na minha frente me olhando, me desejando, eu somente queria naquele momento era sentir aquele pau dentro de mim.

Diego pegou um dos meus pés e começou a lamber, dedo por dedo, um pé depois o outro. Não acreditava que eu pudessse ficar ainda mais excitada, mas ele estava conseguindo.

Tão logo veio pra cima de mim me penetrando, deu uma, duas, três estocadas. “Sente como meu pau fica duro pra você?”, falou me olhando nos olhos.

“Sinto”, respondi.

Os movimentos ficaram mais intensos, quando no auge do prazer, gozamos juntos. Estremecemos, suamos, as pernas tremeram.

conto erótico superela 5

Minutos depois levantei enquanto ele permanecia em alfa deitado na cama. Tomei uma ducha rápida e me recompus.

“Pode me deixar no Pub agora Sr. Diego?”, perguntei com as mãos na cintura já de cima das altas sandálias.

“Claro, claro, vamos lá”.

Cheguei a tempo na festa. A Aninha não acreditaria no que eu acabara de fazer, nem eu mesma acreditava. Foda-se, todo mundo tem que ter alguma história maluca pra lembrar um dia. Essa foda, além de maluca, foi  inesperada e ao mesmo tempo inesquecível.

Não fiquei com nenhum contato dele, nem email, nem telefone, nem Facebook. Nem o sobrenome eu sabia. Só sei que cada vez que eu pedir um motorista pelo aplicativo, ficarei na expectativa para ver se não será a foto daquele moço loiro safadinho do Jetta. Deixo o acaso decidir se nos veremos um dia novamente. Como motorista e passageira ou, quem sabe, algo mais.

Imagem: Pinterest

Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!
Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha

@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual tema você gostaria de ver aqui?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)