Receba nossos e-mails incríveis
NOVO App Clube Superela!! ♥
Pergunte e converse anonimamente
Amor Sexo Autoestima Corpo Vida Carreira & Finanças Beleza Estilo Vídeos
Escreva seu texto
Receba nossos e-mails incríveis

Leia temas do seu interesse:

/

A desigualdade salarial entre mulheres brancas e negras existe?

Renata Lopes

Coach Executiva & Negócios

Atendimento: por Skype e no Rio de Janeiro/RJ

Primeira sessão de 30 mints sem custo

Entre em contato

Estava pensando sobre a semana da Consciência Negra e a desigualdade salarial entre mulheres brancas e negras. Então nessa semana que visa a reflexão sobre a introdução dos negros na sociedade brasileira e a questão da igualdade racial, quero expor algumas reflexões.

O dia 20 de Novembro foi escolhido como o dia da Consciência Negra por ter sido o dia da morte de Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo dos Palmares, que dedicou sua vida à luta contra a escravatura na época do Brasil Colonial.

Mas hoje será que mudou alguma coisa? Tenho muitos amigos e amigas negras, meu esposo é negro e ao ouvi-los em suas jornadas profissionais, acabo descobrindo que ainda temos muito para avançar. Pense que apenas em 2003 o dia da Consciência Negra entrou no calendário escolar, mas sendo parte de uma reivindicação que nasceu em 1971. Que demora para instituir um dia de reflexão?!

O professor e pesquisador gaúcho Oliveira Silveira foi quem propôs essa data, idealizada para marcar e abrir o debate sobre as políticas de ações afirmativas para o acesso dos negros, ao que um Estado democrático de direito deve oferecer a todo e qualquer cidadão. Infelizmente isso não tem acontecido com ninguém, seja de que raça for. Mas o déficit social e a carga de preconceito que três séculos deixaram ainda é grande.

Então se esse é um dia de reflexão, lanço mão de alguns estudos do meu amigo e professor Marcelino Tadeu de Assis sobre esse assunto para dizer que se há ainda uma desigualdade salarial entre homens e mulheres. É assustador verificar que ainda há essa desigualdade salarial entre mulheres brancas e negras.

O quanto de desigualdade salarial estamos falando?

Segundo seu estudo de 2013 realizado com base nos dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) e da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) e disponibilizados pela Fundação Instituto de Pesquisa Econômica da USP (FIPE/USP). Analisando os dados do setor de serviços, notou que as mulheres negras apresentam salários 45% inferiores aos praticados para as mulheres brancas. Na indústria cai para 28% a diferença e no comércio 17%.

Por isso pensar em oferecer oportunidades as mulheres negras ainda é fundamental para que essa desigualdade desapareça. Com as cotas nas universidades podemos ter a redução das diferenças em educação que ainda vemos. O que garante a elas maior acesso as universidades públicas, já que muitas são oriundas das classes C e D, e não possuíram as mesmas oportunidades educacionais das demais.

Tenho uma amiga que é integrante de organizações de apoio e empoderamento feminino, que me colocou uma vez de forma bem objetiva, que sendo pobre, tanto a mulher negra quanto a branca sofrem os mesmos preconceitos. Concordo plenamente com ela, pois também sofri os preconceitos de não ser de uma família abastada e tendo de trabalhar desde os meus 10 anos de idade para estudar.

Sei que ter um bom nível educacional para qualquer um é fundamental para estar em pé de igualdade na briga por uma boa colocação profissional. Eu batalhei muito pelas oportunidades que tive e ainda batalho. Conheço profissionais negros bem-sucedidos que conseguiram se formar sem precisar de cotas e entrar em boas organizações. O que não significa que isso acontecerá com todos.

Observo que em algumas empresas onde atuei, o número de negros era de um para cada mil empregados. Em muitos casos essa desproporção era gerada pelo preconceito. Já passei pela situação de ouvir de um gestor um comentário de que a candidata não tinha condições de fazer parte da equipe, pela aparência. Sendo honesta, não tinha nada errado com a aparência da pessoa, era a cor da pele mesmo.

Em posições de diretoria a grande maioria ainda é formada por homens brancos. Negros em posições de diretoria, não conheci nenhum. A não ser os que decidiram abrir seu próprio negócio.

Eu acredito que ações afirmativas nos processos de contratação minimizem esses aspectos, não que os eliminem, particularmente quando pensamos em curto e médio prazos, mas nos levam a refletir sobre como reduzir essa desigualdade salarial.

Como mulher vejo poucas em cargos de gestão, no nível de diretoria menos ainda, e negras menos ainda. As que já ouvi falar e li em artigos, eram mulheres que decidiram empreender e chegaram a um patamar rentável que lhes garantiram o nome no comando das empresas. Então se a jornada é longa para as mulheres, as negras ainda precisam caminhar mais para estarem nos níveis mais altos de gestão.

Vamos refletir e começar a mudar essa trajetória por nós. Acredito que mulher deve apoiar mulher, chega de ciúmes e preconceitos. Se sua colega de trabalho é boa, elogie e motive ela. Está em posição de gestão, apoie outras mulheres para promoções. Contrate mulheres, use as ações afirmativas, fale com seu RH sobre isso. Juntas somos mais fortes e podemos começar a reduzir a desigualdade salarial entre mulheres brancas e negras, e futuramente, entre mulheres e homens.

desigualdade salarial 2

Imagem: Pinterest
Fonte: Tecnologia Humana

Renata Lopes

Coach Executiva & Negócios

Atendimento: por Skype e no Rio de Janeiro/RJ

Primeira sessão de 30 mints sem custo

Entre em contato

Leia temas do seu interesse:

/

Leia temas do seu interesse:

/

E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Um email por semana só com o melhor conteúdo do Superela
Você vai adorar ❤
Obrigada!

Recebemos seu pedido de cadastro e enviamos a você um email com o link para você confirmar o recebimento dos nossos emails.

Por favor, acesse seu email e click no link de confirmação.


Click aqui para voltar ao site.
Não perca mais nenhuma novidade!
PGlmcmFtZSBzcmM9Imh0dHBzOi8vd3d3LmZhY2Vib29rLmNvbS9wbHVnaW5zL3BhZ2UucGhwP2hyZWY9aHR0cHMlM0ElMkYlMkZ3d3cuZmFjZWJvb2suY29tJTJGU3VwZXJlbGFPZmljaWFsJTJGJnRhYnMmd2lkdGg9NTIwJmhlaWdodD0yMjAmc21hbGxfaGVhZGVyPWZhbHNlJmFkYXB0X2NvbnRhaW5lcl93aWR0aD10cnVlJmhpZGVfY292ZXI9ZmFsc2Umc2hvd19mYWNlcGlsZT10cnVlJmFwcElkPTE3MTExNDI3NjM4MDkzNiIgd2lkdGg9IjUyMCIgaGVpZ2h0PSIyMjAiIHN0eWxlPSJib3JkZXI6bm9uZTtvdmVyZmxvdzpoaWRkZW4iIHNjcm9sbGluZz0ibm8iIGZyYW1lYm9yZGVyPSIwIiBhbGxvd1RyYW5zcGFyZW5jeT0idHJ1ZSI+PC9pZnJhbWU+
Curta o Superela no Facebook ❤
teste
teste
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Obrigada!

Seu nome e email foram enviados com sucesso.

Desejamos boa sorte!


Click aqui para voltar ao site.
Queremos te enviar OS MELHORES conteúdos do Superela.
Você vai adorar ❤
Vamos ser amigas? :)