Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Tá com vontade de experimentar ideias diferentes para usar na cama? Então essa é uma dica super quente! O beijo grego – também conhecido anilíngua ou cunete – surgiu na Grécia antiga… por isso o nome “beijo grego”.

Ele nada mais é do que um “beijo” que faz o intercurso da língua até o ânus de alguém. Sim, imagino agora que você está pensando besteiras, ou até mesmo pensando que o ato de beijar ou passar a língua no ânus de alguém é um ato homossexual. Porém, nada disso é verdade. O beijo grego pode ser praticado por parceiros homossexuais ou heterossexuais. Isso simplesmente depende muito de cada um. É importante que você fuja de tabus e consiga vencer todo o preconceito, para buscar ter mais prazer! Aqui vão algumas dicas pessoais para que você pratique de uma forma segura e prazerosa.

3 dicas para um beijo grego de arrasar!

1. A preparação para o famigerado beijo grego

Como em qualquer prática oral, o beijo grego exige uma higienização impecável. Para ter certeza que tudo está bem limpinho do jeito que você quer, convide seu parceiro para um banho relaxante e capriche na higienização do ânus, assim você terá mais confiança para iniciar o anilíngua. Responda essa pergunta no Clube Superela: Quero fazer um ménage mas tenho medo da outra ser melhor que eu, o que faço?

2. Ter suavidade é essencial

Não pense em ir colocando a língua diretamente no ânus dele, ele pode não gostar e se fechar para você. Comece com um sexo oral normal e vá se aproximando da região aos poucos com calma e suavidade. Dê atenção ao escroto, com lambidinhas suaves e vá devagar para o ânus, continue com lambidinhas suaves e molhadas e espere a reação dele, se ele não puser objeções e demonstrar que gosta, siga em frente. Para intensificar o prazer, use um gel para sexo oral com sabor. Vai esquentar o local e o sabor é muito bom!

 

beijo grego

3. E, finalmente, sem preguiça: língua e mãos em ação

Depois que ele estiver relaxado e adorando as lambidinhas, comece a introduzir só a pontinha da língua devagar. Enquanto isso, passe as mãos e unhas no bumbum dele. Se a posição permitir, faça uma masturbação. Ele com certeza não resistirá muito tempo a esses carinhos.

Talvez você realmente esteja lendo esse post apenas por curiosidade…

mas se resolver que quer tentar se aventurar por essas regiões, siga essas dicas e comprove que o beijo grego é uma prática tão natural como todas as outras que são praticadas na cama. 😉

Créditos de imagem: www.pinterest.com/superelaoficial


 

Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!
Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha
@ load more