Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

A fase de divórcio é realmente muito delicada e exaustiva. Nos suga todas as energias e bom humor, e é muito comum nos sentimos perdidas, inseguras e enchermos nossa cabeça de dúvidas e mais dúvidas.

Como falo no meu livro (Set/2017) “eu nunca quis um marido eu sempre quis um companheiro“, descasar requer mais comprometimento e esforços do que casar. Porque nos juntarmos a alguém que amamos é fácil! Difícil é admitirmos que esse amor não existe mais, que o sonho chegou ao fim e que é chegada a hora de cada um seguir seu caminho.

Eu passei por isso, me separei do meu ex-marido com quem fui casada por quase 10 anos, com 2 filhas pequenas. Apesar de não sentir mais amor, ainda sim, sofri horrores e por isso escrevi o livro que é o meu relato verdadeiro, escrito durante meu divórcio, e faço questão de tentar dar uma luz às amigas que estão passando por isso!
Então respira fundo, nós somos fortes e capazes de darmos a volta por cima! Aqui vão algumas dicas que sempre falo para a mulherada e que funcionaram pra mim:

 5 dicas práticas para sobreviver ao divórcio

divórcio

1. Viva seu luto

Por mais que você esteja aliviada em ter terminado uma relação já desgastada, ainda sim precisamos juntar os caquinhos após a separação. Afinal, não sofremos unicamente por saudade do ex, mas sim por tudo. Tudo que poderia ter sido e não foi. Todos os planos que tínhamos e agora deixaram de existir. Todos os sonhos que sonhamos juntos. E não é fácil enterrar os sonhos. Dói. O divórcio é um renascimento e, para algo renascer, é preciso “morrer” primeiro.

O divórcio é a “morte” de quem éramos: da esposa, da parceira e, agora, renasceremos como mulheres, como seres individuais. Por isso, eu repito: viva o seu luto. Chore o que tem que chorar. Se alivie. E então, seque as lágrimas.

Uma vida nova te espera.

2. Se perdoe

Mesmo nos casos onde houve uma traição por parte do companheiro, onde supostamente não temos culpa, ainda assim esse sentimento é perfeitamente normal e compreensível. Por isso, você precisa de perdoar. Deixar as suas culpas irem embora. Elas não vão mudar o passado, nem ajudar no futuro. Portanto, são inúteis.

A relação não deu certo porque um casamento não se faz sozinho. São necessárias 2 pessoas, logo, acredito eu que para tudo ter desandando e se chegar ao fim, 2 pessoas também são necessárias. Ambos tem suas parcelas de culpa no processo.

Não adote as que não te cabem!

3. Desabafe 

Desconheço maneira melhor de esgotarmos um assunto do que…FALANDO DELE! Portanto, fale! Bote pra fora a sua ira, sua revolta, sua tristeza. Você tem esse direito! Falando conseguimos fazer uma boa auto-análise e isso ajuda muito na catarse necessária pós-separação!

Se não quer incomodar os outros com seus problemas, sugiro que você escreva! Isso mesmo! Escreva! Finja que esta escrevendo uma carta sincerona pro ex, ou que está narrando sua trajetória para alguém. Escreva! Escrever alivia a alma!

Não guarde pra si, senão seu coração continuará cheio disso.

4. Não tema a solidão 

É comum ficarmos ansiosas para começar logo essa nova fase, para conhecermos logo outras pessoas, para engatarmos logo em um novo relacionamento. Mas eu sou da teoria de que transferir sentimentos não é a melhor escolha. Então, isso é o que eu falo para todas as minhas amigas recém separadas: SE DÊEM UMA TRÉGUA!

Calma!  Não tema a solidão, aprenda a fazer dela uma boa companhia.Tenha complacência consigo mesma. Deixe seu coração recuperar o ritmo. Não tente exterminar as lembranças do ex, afinal, ele fez parte da sua vida. Se você apagá-lo, estará apagando a SUA história!

Então ao invés de rasgar todas as fotografias e jogar fora tudo que lembre seu ex, guarde. Guarde em caixas bem escondidas, e acredite que um dia você conseguirá olhar para tudo isso sem dor. Nesse dia, então, você saberá que terá acabado completamente o amor. Mas, até lá…se dê um tempo.

Deixe a vida fluir naturalmente. O mundo é cheio de gente interessante, e você vai conhecer muitas dessas pessoas. Não caia na sua própria armadilha de se atirar nos braços do primeiro que aparecer. Você não precisa disso, gata. Ficar sozinha é bom para nos conhecermos. Afinal, já passamos por muita coisa.

Você agora vai ESCOLHER, vai selecionar muito bem sua próxima companhia. Saiba o que você NÃO quer em um relacionamento daqui pra frente! Isso é mais útil do que saber o que se quer.

5. Se ame

Já choramos, já botamos pra fora, já descemos ao fundo do nosso poço e nos livramos do excesso de culpa. Então, é chegada a hora de dedicarmos todo o nosso amor à pessoa mais importante de nossas vidas: NÓS mesmas!! Uhu!

O bom de se passar por um divórcio é que aprendemos muito. Aprendemos que por mais dolorido que seja, ninguém morre por amor e que o amor, só pelo outro, não basta. Não podemos nos doar integralmente e absolutamente para um outro ser. Aprendemos a nos preservar um pouco e vimos a falta que podemos fazer para nós mesmas.

Então, está na hora de renascer! Se mime!

Compre lingeries novas! Isso parece bobagem mas nos dá um empoderamento e auto-confiança incrível! Palavra de quem já passou por isso! *risos* Mude o cabelo, corte ou pinte. Acho que sempre que nós, mulheres, passamos por mudanças muito significativas, nós exteriorizamos ao mundo através dos cabelos! É ou não é?! Então não considero mesmo futilidade, considero utilidade! Mudar faz bem! É um presente que você se dá!

Quando me separei do meu ex-marido, eu não me aguentava! Sério! Tive uma fase de revolta comigo mesma. Não aguentava mais minhas roupas “azul marinho-marrom-cinza”, não aguentava mais minha falta de confiança em mim mesma, minha baixo autoestima, as mesmas músicas de sempre e as mesmas comidas.

Eu queria amigos novos! Sabores novos! Lugares novos. Eu precisava me reciclar, me reinventar. E foi o que eu fiz: Troquei SP pela Bahia, deixei o cabelo crescer “all natural”, fui ler e praticar sobre Lei da Atração, fiz 2 tatuagens novas e descobri a beleza das pequeninas coisas da vida. Descobri que a real felicidade vem de dentro. Não é proveniente do que nós “temos”, mas sim do que nós “somos”. E que às vezes precisamos perder “tudo” para perceber que o “nada” é importante.

Aprendi a amar meu cotidiano singelo e descobri coisas que eu jamais saberia ao meu respeito! Descobri que eu gosto de música folk e comida indiana! E que água de coco faz milagres! Também descobri que eu consigo matar baratas, desentupir pias e consertas telhas quebradas. Foi uma jornada complicada, mas agora se tornou deliciosa.

Acredite em mim, existe vida BOA após divórcio!

divórcio

Para todo fim existe um novo começo.

Imagem: Pexels


Falando em divórcio, o que você diria para ajudar a essa nossa leitora aqui abaixo para fazer com sua transição de casada para solteira seja mais tranquila?

 

 

 


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual conteúdo você gostaria de ver no Superela?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)
Recomendado para você...