Receba nossos e-mails incríveis
Amor Sexo Autoestima Corpo Vida Carreira & Finanças Beleza Estilo Vídeos
Escreva seu texto

Leia temas do seu interesse:

/

É fácil amar de novo

Raquel Lopes

Colunista Superela

Mais textos

É fácil amar de novo quando você se liberta do passado, quando se desprende do que te faz (ou fez) mal. É fácil amar de novo quando você consegue se enxergar, se amar em primeiro lugar antes de amar outra pessoa. Quando você entende que ninguém entra na nossa vida para ocupar espaço, para substituir um lugar antes ocupado por outro, para suprir sua carência nas noites frias e nos dias cinzentos, mas sim para acrescentar, para caminhar ao seu lado e evoluir junto com você.

É fácil amar de novo quando você não liga para a opinião dos outros. Quando você não tem dúvidas e quando sabe muito bem o que quer, mas, principalmente, o que não quer. É fácil amar de novo quando os objetivo principais são ser feliz, compartilhar alegrias com alguém e também tristezas e encontrar na companhia do outro um dos melhores lugares para se estar.

É fácil amar de novo quando você aprende que amar é um risco e que nenhum dos dois tem garantias de não sair machucado no final. Mesmo sabendo disso você se atira, pula de cabeça. É fácil amar assim, quando você deixa o medo na gaveta. Quando você aprende que as pessoas são diferentes, e só porque você sofreu por amor no passado, não quer dizer que as histórias irão se repetir.

É fácil amar de novo quando você aprende a diferença entre amar e fazer joguinhos (leia mais aqui). Quando você entende que amor é um sentimento, que junto com ele andam carinho, cumplicidade, cuidado e atenção, e que nenhum deles deve ser cobrado, tampouco mendigado. Quando a gente tem que cobrar por isso, não é amor. É carência, dependência, falta de amor próprio ou qualquer outra coisa, menos amor.

É fácil amar de novo quando você tem a sorte de encontrar alguém que te respeita. Alguém que te compreende, te apoia e te faz sentir segura. É fácil amar quem te cuida, quem te ama de volta e fica feliz com a sua felicidade. Quem não mente, não te engana e não brinca com o que você está sentindo. É fácil amar de novo quando existe uma palavrinha linda chamada reciprocidade. Quando você pode ser exatamente quem é, sem precisar fingir nem impressionar.

Amar tem de ser fácil. Tem de ser leve, fluido, simples. Quando machuca, aperta, sufoca, não é amor. Sei que você tem medo. Já amou, já se dedicou, já imaginou uma vida junto com alguém e esse alguém te feriu, te magoou. Sei que a partiu disso você se fechou para o amor. Blindou o seu coração, evita se envolver, se apegar, para evitar assim qualquer possível futuro sofrimento.

Será que você não está deixando o amor passar pela sua porta? Será que não está na hora de abrir? O amor é sim essa coisa boba que os casais apaixonados vivem, e por mais que o final não seja às vezes como a gente espera, a gente sempre aprende. Aprende para o próximo amor, aprende a não cometer os mesmos erros, aprende a evoluir.

Torço para que aquela pessoa incrível que você imagina esbarre com você por aí. Ela vai te ensinar a amar de novo. Vai te mostrar que o amor é simples e que você é capaz sim de amar de novo (e dessa vez ser amada de verdade). Vai dançar na chuva com você, pois o amor não é só feito de dias ensolarados.

Olha, deixa eu te contar uma coisa: ninguém nasceu para viver eternamente só (leia mais aqui). Tem períodos da vida em que a gente precisa ficar sozinho, é momento de cuidar da gente, de se autoconhecer, mas esse momento é finito. Esse tempo é diferente para cada um, mas para todos um dia termina. Chega uma hora que a gente precisa dividir a vida, o dia-a-dia, o sorvete, o sofá e a cama.

Amar é gostoso, colore os dias, ilumina. Não tem nada de errado nisso, em querer amar e ser feliz. Não é porque você sofreu que não sabe amar. Talvez a outra pessoa não estava preparada para receber o seu amor. Às vezes as pessoas estão em fases diferentes, não tem nada de errado nisso também. E o coração da gente é uma fênix. Pode se reerguer e amar nessa vida quantas vezes a gente quiser, acredite. Essas feridas que você bem conhece um dia cicatrizam. Você precisa confiar e acreditar, deixar o medo de lado e guardar as suas armas, parar de andar tão na defensiva.

Costumo dizer que o amor anda à solta por aí, procurando corações distraídos para fazer bagunça. Quando você menos esperar, ele esbarra com você por aí. Enquanto isso não acontece, cuide da sua alma, do seu coração e de você. Quanto mais feliz consigo mesma, mas fácil vai ser receber esse amor de braços abertos. Lembre, nosso coração é a terra, quanto mais fértil, adubada e fresca estiver, mais lindas serão as flores.

Cuide de você e os jardineiros logo aparecem. Ame, ame muito. Se permita ser feliz, você merece. Vou ficar aqui na torcida pra você amar de novo!

Imagem: Pinterest

Raquel Lopes

Colunista Superela

Mais textos

Leia temas do seu interesse:

/

Leia temas do seu interesse:

/

E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Um email por semana só com o melhor conteúdo do Superela
Você vai adorar ❤
Obrigada!

Recebemos seu pedido de cadastro e enviamos a você um email com o link para você confirmar o recebimento dos nossos emails.

Por favor, acesse seu email e click no link de confirmação.


Click aqui para voltar ao site.
Não perca mais nenhuma novidade!
PGlmcmFtZSBzcmM9Imh0dHBzOi8vd3d3LmZhY2Vib29rLmNvbS9wbHVnaW5zL3BhZ2UucGhwP2hyZWY9aHR0cHMlM0ElMkYlMkZ3d3cuZmFjZWJvb2suY29tJTJGU3VwZXJlbGFPZmljaWFsJTJGJnRhYnMmd2lkdGg9NTIwJmhlaWdodD0yMjAmc21hbGxfaGVhZGVyPWZhbHNlJmFkYXB0X2NvbnRhaW5lcl93aWR0aD10cnVlJmhpZGVfY292ZXI9ZmFsc2Umc2hvd19mYWNlcGlsZT10cnVlJmFwcElkPTE3MTExNDI3NjM4MDkzNiIgd2lkdGg9IjUyMCIgaGVpZ2h0PSIyMjAiIHN0eWxlPSJib3JkZXI6bm9uZTtvdmVyZmxvdzpoaWRkZW4iIHNjcm9sbGluZz0ibm8iIGZyYW1lYm9yZGVyPSIwIiBhbGxvd1RyYW5zcGFyZW5jeT0idHJ1ZSI+PC9pZnJhbWU+
Curta o Superela no Facebook ❤
teste
teste