O que você procura?

Desde pequenos somos submetidos a cobranças desnecessárias que nos tiram o sono e, se a gente deixar, viram responsabilidade. Se a gente não se policiar e se prevenir contra a fiscalização alheia, dever vira obrigação e a gente vira escravo dos rótulos, vivendo de aparência (leia mais aqui).

São tantas cobranças nos sugando e tirando nossa disposição, que um simples ato, como levantar da cama, se torna um fardo. E viver tem que ser leve! Tem que ser bom! Afinal, a gente não pede para nascer, né?! E também não pede para morrer. Não temos controle sobre o nascimento e a morte, mas temos controle sobre a nossa vida – sobre a NOSSA vida.

Para que se consumir com esses padrões surreais que fazem a gente enxergar o mundo de uma maneira distorcida, não é mesmo?

Você não é seu vizinho que virou gerente de uma multinacional e também não é aquele seu primo que se graduou em medicina em uma federal, mas pode comemorar sinceramente pela conquista alheia, em vez de se inferiorizar por não ser um feito seu.

Você não é aquele seu amigo que ficou desempregado com dois filhos para criar e também não é aquele tio que descobriu recentemente um câncer, mas pode estender a mão e se sensibilizar pela dor do outro, em vez de se sentir melhor por não ser você.

Você não é só seus fracassos, mas também suas conquistas. Você não é só seus planos que nunca saíram do papel, mas também aqueles que aconteceram sem planejamento algum. Você não é só seus sonhos, mas também a sua luta por eles. Você não é o que os outros dizem. Você é o que você vive. Ponto final.

enquanto uns vivem, outros existem 1

As cobranças sempre existirão, mas isso não significa que temos de atender as expectativas que os outros depositam em nós sem o nosso consentimento. A gente tem é que ligar o foda-se e mandar cada um cuidar da sua vida manter a calma e respirar fundo, pensar positivo e deixar as pessoas falarem (leia mais aqui). Eu sei que não é fácil esse lance de ignorar o que as pessoas dizem a respeito de nós, mas quando isso não nos acrescenta, ignorar é um bom exercício a ser praticado.

Muitas dessas cobranças são reflexos de fracassos dos cobradores. Não que eles sejam fracassados, mas foram rotulados assim e, infelizmente, aceitaram a definição.

Por exemplo: tenho um tio que queria muito ter um filho médico, mas nenhum dos filhos quis cursar medicina e, em um churrasco de família, ele me questionou sobre o que eu pretendia cursar. Quando eu disse que queria fazer teatro, ele logo me disse: “Imagina, você vai passar fome! Larga mão dessas coisas! Por que você não faz medicina? ”. Isso é sério!

Medicina é totalmente diferente de teatro, mas, ainda assim, ele me sugeriu. Passaram-se mil e uma respostas pela minha cabeça, mas tudo o que consegui dizer foi “Não tenho vocação“.

Ele rebateu falando de salário, de status social, em como minha mãe se orgulharia em ter uma filha médica e o caralho a quatro. Eu sinto muito por esse desejo reprimido que ele carrega, mas a culpa não é minha e faço questão de deixar que ele a carregue sozinho (leia mais aqui). Apenas ouvi e, com muito esforço, ignorei. Não valeria a pena estragar aquele momento família discursando sobre satisfação pessoal, até porque, devido as circunstâncias, acredito que ele não saiba o que é.

A vida da gente não é baseada em profissão, bens, classe social. E nenhuma dessas falsas bases são marcas que a gente exibe por aí. Nenhum dos meus amigos cursaram o que disseram que cursariam, por influência da família, e no grupo sempre rola aquele chororô sobre a semana de prova, sobre trabalho, sobre valor do xerox… Mas quem sou eu para opinar na vida de alguém? Cada um é responsável pelos seus atos. Cada um vive sua vida.

Se você deixar que alguém decida sua vida por você, só vai ser mais um humano manipulado nesse mundo. As pessoas podem até invejar seu cargo, sua roupa, sua casa, mas nunca você. Ninguém inveja o interior do outro – e não estou falando de órgãos – porque, se for parar para refletir, isso não tem valor – infelizmente. Qual frase tem mais impacto: “Ela é uma boa pessoa” ou “Ela ganha R$ 5.000,00 por mês”? Seja sincero! Não é pra ser assim! Não tem que ser assim!

enquanto uns vivem, outros existem 2

Eu procuro pensar que as pessoas querem nos ver bem e por isso nos cobram tanto. É claro que querem nos ver bem! Não melhor do que elas, mas bem. E querem mérito por isso. A gente já tem que ralar tanto para vencer nossos próprios limites. E a gente se subestima o tempo todo. As coisas já são, por si só, difíceis. Para que complicar mais?

Sempre vai ter alguém pra te dizer que você está fazendo errado. SEMPRE! Mas se o certo e o errado são uma questão de crença, quem pode afirmar algo com convicção? A gente tem um ciclo de vida e ele não tem pausa pra você decidir prioridades. Seja sua prioridade e faça da felicidade a tua companhia (leia mais aqui). Se for bom, a gente repete. Se for ruim, a gente aprende. Os erros são necessários para nosso crescimento.

É complicado manter nossa integridade atualmente, mas não é impossível. Ainda existem causas para lutar. Ainda existem sonhos para a gente realizar. Deixa fluir. Deixe que te digam o que você deve fazer, mas não o faça se não achar correto. Deixe que te cobrem um diploma, você não se resume em um papel. Deixe que te digam que você está errado, se você achar que está certo, continue, as consequências das suas escolhas serão suas mesmo. Deixa o povo fiscalizar, porque felicidade incomoda, a gente sabe.

Já que estamos aqui, vamos marcar presença e deixar legado. Enquanto uns existem, outros vivem. No fim os vermes vão comer todo mundo mesmo – pelo menos eles não vão te cobrar nada – então pra que economizar tempo? Eu não vou cursar medicina e SÓ LAMENTO pela frustração que causei ao meu tio. Eu vou cursar a vida, e aprender na prática aquilo que as escolas não ensinam nem na teoria. Eu vou viver! E você também.

E quando te perguntarem o que você anda fazendo da sua vida, só responde em alto e bom tom: “UM NEGÓCIO MARAVILHOSO: TÔ VIVENDO!”

Imagem: Pinterest


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤